Clique e assine por apenas 4,90/mês

Dez programas imperdíveis neste fim de semana

VEJA RIO selecionou dez atrações para deixar seu fim de semana mais animado. Destaque para o show da banda Arcade fire, na sexta (8)

Por Redação VEJA RIO - 7 dez 2017, 19h45

Musical sobre Renato Russo ao ar livre

Bruce Gomlesvky em “Renato Russo, o Musical” Guga Melgar/Divulgação

Os Arcos da Lapa serão palco de uma gigantesca apresentação para 2 000 pessoas do espetáculo Renato Russo — O Musical. No papel do homenageado, Bruce Gomlesvky impressiona ao incorporar o icônico cantor, com todas as suas afetações e vícios, desde a descoberta do punk rock na adolescência até o sucesso com a banda Legião Urbana. Mauro Mendonça Filho assina a direção da peça, que traz 22 canções, a exemplo dos sucessos Tempo Perdido, Eduardo e Mônica e Ainda É Cedo(120min). 12 anos. Praça Cardeal Câmara. Sábado (9), 19h (cadeiras disponíveis a partir das 18h). Grátis.

Show do Arcade Fire e Baiana System

Arcade Fire: show na Fundição Progresso Guy Aroch/Divulgação

Zé ramalho no Vivo Rio

Continua após a publicidade
Zé Ramalho
Dario Zalis/Divulgação

No embalo das festas juninas, Zé Ramalho exibe seu rock de sotaque nordestino ao lado da banda Z. Do repertório de quatro décadas aparecem Frevo Mulher, Chão de Giz, Avôhai e Admirável Gado Novo. Releituras de Raul Seixas, como Trem das Sete e Medo da Chuva, também entram no roteiro do bardo paraibano. Vivo Rio. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Flamengo. 
Sábado (8), 22h. R$ 100,00

Festival Cervejeiro Carioca

Festival Cervejeiro Carioca: 21 expositores da bebida Gilberto Dutra/FCC/Divulgação

Com seis edições realizadas neste ano, alternadas entre a Casa Polônia, em Laranjeiras, e a Cidade das Artes, o Festival Cervejeiro Carioca volta à Barra para a última do ano, de sexta (8) a domingo (10). Com entrada gratuita, fãs do malte e do lúpulo vão poder se esbaldar com as criações de 21 cervejarias, entre elas Old School, Hija de Punta, Primata, Candanga e 4 Estações. Para matar a fome, há hambúrgueres do Boteco Dona Clara e do El Camino, fish and chips do The Lords e outros quitutes. Repetindo a dobradinha dos eventos anteriores, o Silo Criativo leva ao evento alguns dos principais expoentes da cena da moda independente do Rio, com marcas locais de roupas e acessórios. Atividades infantis, shows e DJs completam o programa. Cidade das Artes. Avenida das Américas, 5300, Barra da Tijuca. Sexta (8), 17h/22h, sábado (9) e domingo (10), 13h/22h.

Danio Braga volta a cozinhar em um barco

Danio Braga - Cozinha Locanda (2)
Danio Braga: chef relança o serviço Locanda Al Mare Locanda della Mimosa/Divulgação

No sábado (9), o chef italiano Danio Braga estreia nova temporada de jantares a bordo do barco Locanda Al Mare (☎ 24 2233-5405), versão móvel da Locanda della Mimosa, na serra. Ele vai preparar, para até 24 comensais, um menu com sete variedades de canapé, três pratos em porção degustação e sobremesa. O valor (R$ 400,00 por pessoa) inclui espumantes, cervejas e bebidas não alcoólicas. Outras saídas estão programadas para os dias 13 de janeiro, 10 de fevereiro e 10 de março, mas o serviço pode ser contratado por grupos. Em tempo: na terça (5) e na quarta (6), Braga elabora, no DOC Ristorante (Avenida das Américas, 3500, Barra, ☎ 3268-2588), um menu de trufas brancas recém-chegadas da Itália (R$ 1 480,00, com cinco etapas, sem bebidas).

Continua após a publicidade

Chefs se juntam por uma boa causa

Thomas, Claude e Rafa Costa e Silva: chefs unidos por uma boa causa Tomás Rangel/Divulgação

No domingo (10), o chef Thomas Troisgros recebe, no Olympe, seu pai, Claude, e o amigo Rafael Costa e Silva, chef e proprietário do Lasai, para um almoço a seis mãos. O serviço tem causa nobre: toda a renda com as vendas será revertida para o Lar Luz e Amor, uma instituição de acolhimento para crianças de até 4 anos vítimas de violência e maus-tratos. A partir das 13h, o trio de mestres-cucas vai servir uma sequência de seis etapas harmonizadas (R$ 850,00), como a carne assada com feijão, caldo de legumes tostados e broto de mostarda, criação do anfitrião.

AquaRio

Alexandre Macieira/Divulgação

O Aquário Marinho do Rio será fonte de inspiração para o que já é considerado o “maior complexo de graffiti do mundo”. Até o dia 11, o artista paulistano Felipe Yung — o Flip — e o produtor de street art Pagu estarão no AquaRio, a fim de começar a pesquisa e os primeiros rascunhos da obra Aquário Urbano. Trata-se de um painel feito com 14 empenas de larga escala e seis fachadas menores, que será criado na cidade de São Paulo, e está destinado a três recordes no Guinness Book: Maior Graffiti Mural do Mundo, Maior Obra em Freestyle e Maior Instalação de Realidade Virtual.

Continua após a publicidade

Com previsão de lançamento para dezembro de 2018, o processo de criação da arte urbana poderá ser acompanhado de perto pelos visitantes que estiverem no oceanário. Ao fim do passeio pelo circuito, as pessoas terão a oportunidade de descer pela rampa para apreciar o traço de Flip, que também esteve em aquários no Japão, Estados Unidos e Portugal. O motivo da escolha do AquaRio não foi por acaso: considerado um marco da retomada do turismo na cidade, a atração — que acaba de completar um ano de funcionamento — tem números grandiosos: mais de 1,4 milhão de pessoas já passaram pelo local e viram de perto os 28 recintos com mais de 4,8 mil animais da fauna marinha, dentre eles 47 tubarões de nove espécies diferentes.

MAM

Gianni Toyota/Divulgação

Radicado no Brasil desde o fim da década de 50, o japonês Yutaka Toyota resgata o desejo de transformar o público em cocriador de suas obras na mostra O Ritmo do Espaço. Dentro de uma área de 1 000 metros quadrados, o artista de 86 anos revisita instalações apresentadas na X Bienal de São Paulo, em 1969, e outras oitenta obras pertencentes a museus e coleções particulares. Nesses casos, a principal matéria-prima é o metal, com seu poder reflexivo, como mostra Espaço Reflexo Infinito, 1994 (foto). MAM. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo. Terça a sexta, 12h às 18h; sábado e domingo, 11h às 18h. R$ 14,00. Grátis às quartas. Até 18 de fevereiro de 2018. Abertura prevista para sábado (9).

Rio na Rua

Continua após a publicidade
Rafael Silva/Divulgação

Projeto da cervejaria Itaipava, que levou shows e eventos de arte gratuitos a praças da cidade durante seis meses, o Rio na Rua chega ao fim neste domingo (10), com uma maratona musical. Seis palcos, montados entre o Arpoador e o Leblon, vão abrigar 24 apresentações de nomes da cena carioca. Matheus VK exibe gingado e repertório irreverente às 11h, no Posto 12. O grupo de rap Oriente toca às 17h no Posto 9, em Ipanema. Atração de abertura, o cantor Toni Garrido encerra a programação, às 19h, no Posto 7 (Arpoador). Ao longo da orla, uma exposição a céu aberto exibe o trabalho de 24 grafiteiros, como Felipe Guga, Marcelo Ment e Rafo Castro.

Festival Novas Frequências

Acid Arab: o duo francês se apresenta em local secreto no sábado (9) Novas Frequencias/Divulgação

De segunda (4) a domingo (10), a sétima edição do festival Novas Frequências, dedicado à música experimental, espalha dezoito atrações de dez países por oito endereços. Entre os destaques, o compositor americano William Basinski manipula fitas de rolo em uma missa-tributo a David Bowie na Igreja do Carmo da Lapa na sexta (8), às 20h30, e o duo francês Acid Arab funde house e tecno com música árabe em local-surpresa no sábado (9); ambas as apresentações são gratuitas. Baterista do Arcade Fire, Jeremy Gara usa sintetizadores para criar densas texturas melódicas na Audio Rebel, na quinta (7), 20h
(R$ 30,00). Programe-se: www.novasfrequencias.com.

Publicidade