Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Depois de BR-TRANS, Silvero Pereira apresenta seu primeiro texto

Em cartaz no Teatro Poeira, "Uma Flor de Dama" convida o público a passar uma noite com uma travesti

Por Renata Magalhães 12 fev 2017, 16h01

 Revelado no circuito carioca em 2015, com BR-TRANS, o cearense Silvero Pereira apresenta no Rio uma peça anterior, responsável pelo início de sua pesquisa sobre questões de gênero. Em cartaz no Teatro Poeira, o monólogo Uma Flor de Dama estreou em Fortaleza há quinze anos e inspirou a criação do Coletivo Artístico As Travestidas. Com desenvoltura, o ator convida o público a passar uma noite no bar, na companhia de uma travesti, ouvindo, entre copos de cerveja, relatos que levam do riso ao choque em segundos. Quem viu BR-TRANS percebe uma clara evolução entre as montagens, sem demérito para o primeiro texto. Sobressai em cena a bela luz desenhada por Silvero e Renato Machado (60min). 16 anos. Rua São João Batista, 104, Botafogo. Quinta a sábado, 21h; domingo, 19h. R$ 40,00. Até domingo (19).

Publicidade