Clique e assine por apenas 7,90/mês

Darcy Ribeiro oferece cineclube e curso de documentário gratuitos

Programação faz parte da semana de abertura do novo semestre da Escola de Cinema, que conta ainda com  pré-estreias de filmes e debates

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 5 dez 2016, 11h26 - Publicado em 4 mar 2016, 18h24

A partir desta segunda (7), a Escola de Cinema Darcy Ribeiro promove debates, cineclube e curso de documentário gratuitos. Em parceria com a Rio Filme, o centro de ensino terá em sua programação ainda a exibição de filmes em pré-estreias. Na tradicional Semana de Abertura, na segunda (7), às 18h30, haverá o curso livre de documentário – “O Real Revelado”, com aulas ministradas pelo cineasta e professor da ECDR, Ángel Díez. O curso, de 25 a 29 de abril, terá 30 vagas, a inscrição será gratuita e só poderão concorrer as pessoas que estiverem presentes ao evento.

+ Rio e Niterói terão feiras de moda no fim de semana

Em seguida será exibida pré-estreia do documentário “São Sebastião do Rio de Janeiro – A Formação de uma Cidade”, de Juliana de Carvalho, que conta a história da cidade desde sua fundação. A diretora participa de um bate-papo com o público. Na terça (8),  a partir das 18h30, o filme “Urutau”,  de Bernardo Nabuco, ganha as telas. Na quarta (9), a partir das 18h30, tem Cine- Aula Petrobras, que apresenta pré-estreia do filme “Mundo Cão”, dirigido por Marcos Jorge. Logo após a exibição, tem bate-papo com o diretor  de fotografia, Toca Seabra.

+ Mostra de cinema celebra obra de Ken Jacobs

Sábado, dia 12/3, tem início o Cineclube da Escola de Cinema Darcy Ribeiro, atividade regular e curricular para os alunos, durante todos os sábados do semestre, a partir das 14h, também aberta ao público, com entrada franca. O tema dos filmes do semestre, que tem curadoria da diretora Bia Lessa, é “Brasil Profundo” e o filme de estreia será Lira do Delírio”, deWalter Lima Jr.

+ Programação especial comemora os 451 anos do Rio 

A Escola de Cinema Darcy Ribeiro fica na Rua da Alfândega, 5, no Centro da cidade, no Corredor Cultural do Rio de Janeiro. Recomenda-se chegar a partir das 18h.

Publicidade