Clique e assine por apenas 4,90/mês

Crítica: Marcelo Serrado dá vida aos “Vilões de Shakespeare”

Ator acerta a mão no humor em espetáculo dirigido por Sérgio Módena

Por Renata Magalhães - 24 fev 2017, 16h30

 Os Vilões de Shakespeare. Cruéis personagens criados pelo mais conhecido dramaturgo da história são evocados por Marcelo Serrado neste monólogo, uma adaptação do premiado texto do americano Steven Berkoff. A primeira boa surpresa da sessão é proporcionada pelo tom descontraído adotado na montagem. O ator encarna Iago (de Otelo), Macbeth, Coriolano, entre outras figuras de caráter duvidoso, e ganha o público quando narra as tramas usando sua experiência com stand-up comedy. Entre pérolas de humor negro e conversas com os espectadores, Serrado brilha ao exibir com leveza um rol particularmente instigante de tipos inventados pelo bardo inglês. Especialista em Shakespeare, Geraldo Carneiro assina a versão brasileira. Direção de Sergio Módena. Parque das Ruínas. Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa. Sábado, 20h; domingo, 19h. R$ 40,00. Até o dia 26.

Publicidade