Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Crítica: Denise Fraga segue com boas escolhas no teatro

"A Visita da Velha Senhora" faz temporada até domingo (25) no CCBB

Por Renata Magalhães 16 mar 2018, 13h35

 A Visita da Velha Senhora. Depois de dois textos de Bertolt Brecht, Denise Fraga investe no suíço Friedrich Dürrenmatt, outro peso-pesado da dramaturgia no século XX. Em atuação impecável — na qual até surpreende com dotes de cantora —, a atriz encanta a plateia da sessão, um tanto mais longa do que o necessário. Ela encarna Claire Zachanassian, senhora rica, de volta à sua falida cidade natal e disposta a dar o troco ao homem que a abandonou grávida na juventude (qualquer semelhança com Tieta, criação de Jorge Amado levada à TV e ao cinema, não é mera coincidência). Na direção, Luiz Villaça reveste de sutileza a abordagem de temas como justiça, vingança e corrupção, que seguem vivos e relevantes no texto escrito em 1955. Em outro trunfo do espetáculo, os personagens defendidos pelo elenco equilibrado apresentam-se livres de qualquer juízo de valor, ou seja, sem subestimar o espectador. A trupe em cena traz Tuca Andrada e Rafael Faustino, este no delicioso papel do assassino contratado pela milionária para fazer a trilha sonora de sua vida (120min). 14 anos. Teatro Sesc Ginástico. Avenida Graça Aranha, 187, Centro. Quinta a sábado, 19h; domingo, 18h. R$ 30,00. Até domingo (25).

Publicidade