Clique e assine por apenas 4,90/mês

Crítica: Carol Machado incita reflexões sobre o cotidiano em montagem

"Ouvi Dizer que a Vida É Boa" faz temporada até domingo (1º)

Por Renata Magalhães - 22 jun 2018, 08h00

 

Rai Junior/Divulgação

 Ouvi Dizer que a Vida É Boa. Uma mulher doce percebe que desperdiçou a vida e perdeu oportunidades ao se sentir na obrigação de cumprir papéis familiares e sociais. A partir da premissa simples, o espetáculo, protagonizado por uma expressiva Carol Machado (foto), desenvolve-se sem pretensões, mas com êxito. A comédia leve, assinada pelo diretor João Batista Leite, arranca risadas pontuais, propondo alguma reflexão sobre a importância do cotidiano. Um trunfo mais evidente na montagem da Cia. Dramática de Comédia foi a opção por tornar a trilha sonora parte fundamental da própria narrativa. O elenco, sob a direção musical de Marcelo Alonso Neves, executa ao vivo as canções e assume o papel de um coro que comenta a singela história (60min). 12 anos. Sesc Copacabana. Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana. Quinta a sábado, 20h30; domingo, 19h. R$ 30,00. Até domingo (1º).

Publicidade