Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Criador do beachboxing dá aulas do esporte para jovens carentes

Após fazer parte do projeto social Meninos do Boxe quando criança, Moacyr Lima criou o Treinando no Beachboxing da Vida, que já reúne 50 alunos

Por Heloiza Gomes 23 fev 2018, 10h00

Quando criança, Moacyr Lima fez parte do projeto social Meninos do Boxe, idealizado pelo professor Cláudio Coe­lho na Academia Nobre Arte, situada no Morro do Cantagalo. A passagem pelo ringue foi fundamental para que ele encontrasse seu caminho profissional: em 2010, Lima fo­rmou-se treinador e, em seguida, virou instrutor do projeto. Cinco anos depois, desenvolveu uma nova modalidade do esporte, em que as aulas são realizadas na praia, o beachboxing. Bem-­sucedido na empreitada, que desde 2012 tem até uma federação, deu início ao Treinando no Beachboxing da Vida, para oferecer aulas gratuitas a jovens de comunidades carentes. “Quero ajudar a molecada a encontrar um caminho legal, positivo, como aconteceu comigo. O esporte salvou a minha vida e chegou a hora de retribuir”, explica ele.

Com cerca de cinquenta alunos já matriculados, entre 7 e 17 anos, atualmente o projeto tem dois núcleos: um na Barra (em frente à Avenida do Pepê, 930) e o outro em São Conrado (na altura do Posto 13, próximo à Rocinha). Para tocar tudo, Lima conta com apenas quatro voluntários. Mesmo assim, sonha em expandir a ação. Já obteve o alvará necessário para levar o beach­boxing às praias de Ipanema (voltado para os jovens do Pavão-­Pavãozinho), Copacabana (Morro dos Cabritos), Leme (Babilônia e Chapéu-Mangueira), Botafogo (Dona Marta), Flamengo (Tavares Bastos e adjacências) e ao Parque Olímpico (comunidades de Madureira, Cascadura e Oswaldo Cruz). “Ainda precisamos conseguir apoio para desenvolver os outros pontos”, diz o treinador, que, no último dia 4, promoveu um torneio na Praia da Barra para atrair patrocinadores. “Vou continuar com essa batalha. Meu objetivo é fazer dos meninos campeões na vida, com responsabilidade e respeito. É isso que importa.”

Publicidade