Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Confira 40 atrações gratuitas para curtir o fim de semana

Um guia com programas para se divertir sem gastar dinheiro, com espetáculos, exposições, eventos e outras atrações

Por Redação VEJA RIO Atualizado em 2 jun 2017, 11h53 - Publicado em 23 nov 2016, 20h46

BiciFeira

A Praça Nelson Mandela, em Botafogo, será palco da segunda edição da BiciFeira neste sábado (26), um evento gratuito criado por ciclistas para ciclistas, que tem o objetivo de reunir adeptos do transporte sobre duas rodas e estimular seu uso. Aos sábados, a saída do metrô da praça escolhida para sediar o evento libera o acesso das bikes no último vagão, o que democratiza ainda mais o encontro, que ocorrerá das 15h às 22h.

Rio Beer Experience


rio-beer-festival-2016-citta-america_02
rio-beer-festival-2016-citta-america_02

Os cervejeiros de plantão terão mais uma oportunidade para degustar os rótulos fabricados no estado do Rio: no sábado (26) e no domingo (27), acontece na Barra a primeira edição do Rio Beer Experience, festival que vai reunir cerca de dez marcas de cervejas artesanais locais, como Bella, Cidade Imperial, Overhop, Libertina, Búzios, Therezopolis, Bohemia e Ampolis. Uma das atrações dessa edição será uma réplica do Cristo Redentor de 7 metros de altura, em fibra de vidro. O visitante terá a sensação em 4D de como seria estar no alto do Corcovado, e, através de um óculos especial, assistirá a um filme em 360 graus da vista panorâmica do Rio.

O evento faz parte  do Artes na Barra, evento de artes, gastronomia e artesanato que acontece no último sábado do mês na Avenida Paulo Goulart, entre o Shopping Metropolitano e o Hotel Hilton. Completam a programação food trucks e bikes, com espetinhos, massas, tortas, churros e tapiocas, entre outras opções, além de DJs, shows, performances e grafite. No sábado, a banda Jack Stone interpreta sucessos do grupo britânico Rolling Stones e, no domingo, o músico Guilherme Lemos faz tributo à banda Legião Urbana. Rio Beer Experience – Avenida Paulo Goulart (entre o Shopping Metropolitano e o Hotel Hilton). Sábado (26) e domingo (27), das 10h às 22h.

1° Salão Carioca do Livro


Gregorio Duvivier
Gregorio Duvivier

Com acesso gratuito ao público, o Píer Mauá recebe uma programação que vai celebrar a literatura em toda a sua diversidade, homenageando os autores que escrevem em língua portuguesa. Estão programados debates, mesas redondas, lançamentos, bate-papos e oficinas com autores conhecidos do grande público como Luis Fernando Verissimo, Marcelo Rubens Paiva e o ator e escritor Gregorio Duvivier. O português José Luís Peixoto e a cubana Teresa Cárdenas fazem parte do time estrangeiro que estará no evento. A lista de convidados é bem extensa, integrando atividades em espaços como Talk Show Literário, Café do Livro, Sebo, Espaço Jovem e outros tantos. Além dos bate-papos e leituras – que contarão com atores como Elisa Lucinda, Maitê Porença e Eriberto Leão – serão realizadas oficinas na área da escrita e do desenho. A curadoria é de Julio Silveira, fundador da Casa da Palavra, gerente editorial da Agir e Nova Fronteira e diretor da Ímã Editorial. A parte infanto-juvenil é organizada pela jornalista Marina Vieira. A programação completa está no site oficial do LER. Armazéns 2 e 3 do Píer Mauá. Quinta (24) a domingo (27), 10h às 21h.

Downtown recebe Feira de Adoção Focinhos de Luz

cão cachorro

cão cachorro

O Downtown e a Associação Focinhos de Luz realizam no próximo sábado (26), das 11 às 18h, uma feira de adoção de animais domésticos. Aos interessados em adotar um amigo, é preciso ser maior de 18 anos, estar com documento de identidade com foto e comprovante de residência. Downtown – Av. das Américas, 500 (atrás do Mc Donald, próximo ao bloco 20) – Barra da Tijuca.

Festival França

Entre os dias 24 e 27 de novembro, o Fashion Mall receberá um festival dedicado à cultura francesa.  Ao todo serão 20 expositores que compreendem culinária tradicional, artesanatos e produtos gastronômicos com influência francesa do projeto Rio Je T`aime. Entre eles a Kombotânica vendendo diversos tipos de temperos frescos, Queijos com sotaque, produzidos no Brasil com técnicas francesas e chefs renomados como Fred Monnier, Rodrigo Kossatz  e Olivier Cozan com o Crepe Nouveau, além de um espaço Rio Je T´aime. Sábado (26) das 10h às 22h e domingo (27) das 12h às 21h.

Raízes Africanas

O Centro Cultura da UNISUAM apresenta a exposição Raízes Africanas, que reúne 29 registros feitos pelo fotojornalista Rui Zilnet. Nas imagens, manifestações da Cultura Popular de Matriz Africana, com grupos de capoeira, danças populares e religiosidade, tomando conta das principais ruas da cidade do Rio de Janeiro e municípios vizinhos da baixada fluminense e Niterói. Todas as atividades do evento, incluindo a visita à exposição, são abertas ao público e gratuitas. Até 30 de novembro, das 9h às 20h. Centro Cultural UNISUAM – Av. Paris, 84 – Bonsucesso.

Lançamento infantil


Arte Brasileira para Crianças
Arte Brasileira para Crianças

Isabel Diegues, Márcia Fortes, Mini Kerti e Priscila Lopes lançam, no sábado (27), Arte Brasileira para Crianças (Cobogó, 224 págs., R$ 85,00). A publicação apresenta obras de 99 artistas nacionais e sugestões de atividades inspiradas por suas criações. No livro, o pequeno leitor aprende mais sobre nomes como Adriana Varejão, Lygia Clark, Candido Portinari e Tarsila do Amaral, entre outros. No dia do lançamento, quem aparecer vai se divertir com oficinas de arte e jogos de pergunta e resposta. Haverá ainda um novo encontro em 11 de dezembro,na Travessa do Leblon. Livraria da Travessa. Avenida das Américas, 4666, loja 220, Barra da Tijuca. Domingo (27), 17h. Grátis.    

Broadway Like Tijuca especial decoração


Broadway Like Tijuca_CAMILA SERPA_divulgação
Broadway Like Tijuca_CAMILA SERPA_divulgação

Neste sábado (26), a Broadway Like Tijuca se transformará em uma Feira de Decoração, com a curadoria da jornalista Antonia Leite Barbosa. Diversos expositores ligados ao mundo da decoração e que fazem parte do guia Casa Carioca, foram selecionados e vão vender artigos escolhidos especialmente para o evento. Entre eles: Ape Store, Cria Verde, Exito Almofadas, HoliHome, Nunca Tecidos, Oficina 021, Pluri, Atelie no Terraço, Bem Verde e Terra Nossa. Em paralelo, vão ocorrer talk shows – abertos ao público – mediados pela decoradora responsável pelo apartamento decorado do Gafisa Like Tijuca, Gisele Taranto e a pela jornalista Antonia Leite Barbosa. Participam dos debates os autores: Gustavo Portela e Lucilla Pessoa de Queiroz (14h) e Ciça Rego Macedo e Luiza Lemgruber (16h), que irão reunir bate papo sobre dicas, truques e tendências na decoração, e ainda, gastronomia, artes e feira de utilidades e acessórios para a casa.

Amigos na Praça

O Amigos na Praça fecha a sua programação com neste sábado (26), das 10h às 13h, na Praça Pio XI, no Jardim Botânico. O evento começa às 10h, com o Sebinho, uma troca de livros infantis e adultos. Depois, entra em cena o grupo Gato Mia com oficinas variadas, como brinquedo de sucata, pipa e espaço para desenhar e para brincadeiras de antigamente: pular corda, brincar de elástico e cabra-cega.  Logo em seguida, é a vez da contação de história com Juliana Franklin. É a  deixa  para  Papai Noel descer a escadaria da Pio XI e abrir oficialmente o Natal no Jardim Botânico.

Verão da Tubira no Jeffrey


Jeffrey_1 ano da loja
Jeffrey_1 ano da loja

Em parceria com o Da Roberta e Steak Me, a cervejaria Jeffrey promove o verão da Tubira aos sábado até março de 2017. Neste sábado (26), entre 15h e 21h, a marca preparou um dia inspirado em solo californiano. O Projeto Sublime é uma banda formada em 2011 e traz uma leitura original da homônima banda homônima, formada em 88 por Bradley Nowell, Bud Gaugh e Eric Wilson. A versão carioca, composta por Lucas Mamede (bateria), Iuri Kramer (baixo e voz) e Carlos Lehmann (guitarra e vocal) promete ecoar pela Rua Tubira, no Leblon, os ritmos ska e reaggae, exaltando o alto-astral do surf.

Festival Circuladô


Circuladô
Circuladô

Palcos de fanfarras, chorinhos e bandas tradicionais, e hoje com muitos deles fadados ao ostracismo, os coretos cariocas terão sua vocação musical resgatada no Festival Circuladô de sábado (5) até o fim do mês. O projeto, idealizado por Julianna Sá, curadora junto com o produtor cultural Philippe Baptiste, levará shows gratuitos e inéditos de artistas da nova cena musical carioca – geralmente confinados ao eixo Zona Sul-Centro – a coretos de Paquetá, Saúde, São Cristóvão, Méier, Quintino, Marechal Hermes, Vigário Geral, Realengo, Praça Seca e Sepetiba. A programação começa neste sábado (5), com apresentação da banda Mohandas na Praça da Harmonia, na Gamboa. No dia seguinte, o grupo Pietá se apresenta no Campo de São Cristóvão. Os shows começam sempre às 17h. Até o dia 27 de novembro, passarão por palcos ao ar livre artistas como Mahmundi, Alvaro Lancellotti, Mãeana, Qinho, Ava Rocha e Letuce, que encerra a programação em Paquetá.  

Graffismo

A Jeffrey conta com exposição de Kajaman batizada de Graffismo – conceito que surge da fusão entre o Graffiti e o dadaísmo. Um dos líderes do movimento dadaísta, Tristan Tzara inspira a maneira como o artista atua no seu universo artístico, sendo um dos raros grafiteiros sem blackbook ou sketch. A nostra faz parte do Tubira Summer que a cervejaria está promovendo aos sábados em parceria com o Da Roberta e Steak Me e conta com uma agenda diferente a cada semana, sempre com um DJ ou banda convidado. Rua Tubira. Sábado, 15h às 21h. Grátis. Até 17 de dezembro.

Luiz Áquila

Com curadoria de Luiza Interlenghi, o artista apresenta oito pinturas inéditas e uma série preciosa de antigos desenhos datados de 1979. Galeria Patricia Costa. Segunda a sexta, 11h às 19h; sábado, 12h às 18h. Grátis. A partir de terça (22).

Marcela Gontijo

Inspirada por Hong Kong, onde viveu por quatro anos, e pelo acelerado ritmo das metrópoles, a artista exibe pinturas e colagens de grandes dimensões. Galeria Movimento. Segunda a sexta, 10h às 19h30; sábado, 12h às 18h. Grátis. A partir de terça (22).

Maria Fernanda Lucena


Novíssimos 2016
Novíssimos 2016

Entre telas e objetos, 21 obras mostram o resultado da pesquisa da artista sobre questões da memória e da passagem do tempo. C. Galeria. Terça a sexta, 11h às 19h. Grátis. A partir de quinta (24).

Marcos Duprat

Sessenta criações sobre papel e tela proporcionam um panorama de quatro décadas da carreira do artista carioca. Biblioteca Nacional. Terça a sexta, 10h às 17h; sábado, 10h30 às 14h. Grátis. A partir de terça (22).

Rosângela Rennó

Conceitos de memória e temporalidade são traduzidos em seis obras de diferentes técnicas e materiais que brincam com os sentidos dos visitantes. Oi Futuro Flamengo. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. A partir de terça (22).

Continua após a publicidade

Arte em versos

Na programação do Oi Futuro Ipanema, versos saltam do papel e invadem a galeria. O projeto Poesia Visual, concebido com a curadoria de Alberto Saraiva, traz obras dos artistas multimídias Jorge Salomão e Marcio-André. O baiano Salomão, também conhecido como inspirado letrista da MPB, celebra 70 anos e faz uma retrospectiva de seus trabalhos (foto) na exposição No Meio de Tudo Isso. Seu colega no endereço reúne, na mostra bug: god, poemas visuais exibidos em loop, produção audiovisual e videoperformances. Oi Futuro Ipanema. Terça a domingo, 13h às 21h. Grátis.

Ao ar livre

Reformada para a Rio 2016 — e, por isso, com acesso limitado durante os Jogos —, a Marina da Glória reabre ao público, a partir deste sábado, 19, com uma mostra de esculturas ao ar livre. Monumental — Arte na Marina da Glória leva ao espaço no Aterro criações contemporâneas de dezenove artistas de todo o Brasil. Entre os nomes confirmados estão Artur Lescher, Frida Baranek e Antonio Bokel, autor de Babel (foto). Marina da Glória. Segunda a domingo, 24 horas. Grátis.

Uma Canção para o Rio

A mostra coletiva inaugura a galeria Carpintaria, do grupo Fortes D’Aloia & Gabriel (antigo Fortes Vilaça) e traz obras de mais de vinte criadores, a exemplo de Nuno Ramos, Jac Leirner, Ernesto Neto e Cabelo. Curadoria de Douglas Fogle e Hanneke Skerath. Até 11 de fevereiro. Galeria Carpintaria. Rua Jardim Botânico, 971 /Jockey Club Brasileiro – Jardim Botânico – Rio de Janeiro – RJ – Tel.: (21) 3875-5554. Terça a sexta, 10h às 19h; sábado, 10h às 18h.

Favelagrafia

Resultado do projeto de mesmo nome, criado pela NBS Rio+Rio, a exposição tem como objetivo trazer um novo olhar sobre as favelas, através de seus moradores. Nove fotógrafos, de nove favelas diferentes, estão fotografando suas comunidades desde julho usando apenas um iPhone. Nas mais de 180 fotos que compõem a mostra, o Morro do Borel, Santa Marta, Morro da Mineira, Complexo do Alemão, Providência, Cantagalo, Babilônia, Rocinha e Morro dos Prazeres são eternizados em diferentes momentos, contando as histórias de seus moradores, suas belezas e paisagens. Até 04 de dezembro. Museu de Arte Moderna (MAM). Avenida Infante Dom Henrique, 85 – Aterro do Flamengo – Rio de Janeiro – RJ – Tel.: (21) 3883-5600. Terça a sexta, 12h às 18h; sábado e domingo, 12h às 19h. Grátis.

Vitoria Frate


Vitoria Frate
Vitoria Frate

Em sua primeira exposição, batizada de Vitoria Frate em 14 capítulos, a artista plástica carioca traz a série Novas Multidões, na qual apresenta a vida nas metrópoles brasileiras. Com traços bastante peculiares, a autora explora a paleta de cores e um característico personagem presente nas catorze criações. Até 20 de novembro. Galeria Dom Quixote. Avenida Ayrton Senna, 2150 (Casa Shopping) – Barra Da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ. Segunda a sábado, 10h às 22h; domingo, 15h às 21h.

Sankofa: Memória da Escravidão na África

Bisneto de uma beneficiária da Lei do Ventre Livre, o fotógrafo Cesar Fraga percorreu países africanos para investigar suas origens. Caixa Cultural. Terça a domingo, 10h às 21h.

Berlin <> Rio: Trajetos e Memórias

Vencedor do Prêmio Marc Ferrez de Fotografia no ano passado, Andreas Valentin recuperou registros e documentos de sua família na Alemanha. O resultado é a exposição Berlin<>Rio: Trajetos e Memórias. Um dos destaques é uma intimação da Gestapo, datada de 1930, quando seu avô e seu pai foram forçados a deixar o país por causa do nazismo e iniciaram a vida como expatriados no Rio de Janeiro. Durante um ano, Andreas revisitou todos os lugares frequentados por seu pai em uma viagem a Berlim em 1975 e produziu o ensaio que retrata a cidade pelo olhar da memória. Centro Cultural da Justiça Federal. Segunda a sexta, 12h às 19h. Grátis. A partir de quarta (26).

Museu Aeroespacial

Com mais de 100 aeronaves no acervo, entre elas um exemplar do 14 Bis, construído por Santos Dumont, o museu realiza visitas ao submarino (foto). Avenida Marechal Fontenelle, 2000, Campo dos Afonsos. Grátis.

A Máquina do Mundo

A coletiva reúne o trabalho de 24 artistas, dentre pinturas, esculturas, instalações e fotografias, que se propõem a dialogar com o poema homônimo de Carlos Drummond de Andrade e também o capítulo que leva o mesmo nome em Os Lusíadas, de Luís de Camões. A exposição abre um novo espaço cultural na cidade: a casa Z42 ainda serve como ateliê para oito artistas residentes, dentre eles, Maria Lucia Fontainha, Katia Wille, Rona e Sergio Mauricio Manon – este último curador da exposição. Até 23 de dezembro. Z42 Arte. Rua Filinto de Almeida, 42 – Cosme Velho – Rio de Janeiro – RJ – Tel.: (21) 3269-3216. Terça a domingo, 13h às 18h. Grátis.

Mondrian e o Movimento De Stijl


a
a

Em cartaz até janeiro, exposição oferece atividades especiais para crianças. Entre elas, um jogo que reproduz quadros do holandês e um quebra-cabeça magnético (foto) para montar obras inspiradas no trabalho do artista. Rua Primeiro de Março, 66, Centro. Grátis.

Katia Wille

Inspirada na crônica O Poeta e os Olhos da Moça, de Rubem Braga, a artista visual leva suas figuras femininas para a exposição Maria dos Olhos de Piscina. Com curadoria de Isabel Portella, a mostra apresenta dez telas e uma instalação em ladrilhos localizada na parede central do hostel. Contemporâneo Hostel. Rua Bambina, 158, Botafogo. Segunda a domingo, 7h às 23h. Grátis. Até 28 de dezembro.

Amália: Saudades do Brasil

Com a proposta de apresentar a relação da fadista portuguesa Amália Rodrigues com o país, a exposição Amália: Saudades do Brasil traz cartazes, partituras e ainda inúmeros registos inéditos de som e imagem. A mostra reúne também obras inspiradas na diva do fado dos artistas contemporâneos Vik Muniz e Francesco Vezzolli. Até 04 de dezembro. Cidade das Artes. Avenida das Américas, 5300 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ – Tel.: (21) 3328-5300. Terça a domingo, 10h às 18h.

Flora de Morgan-Snell

A dama da alta sociedade paulista, carioca e europeia manteve fértil produção artística que, após quarenta anos, volta ao circuito em retrospectiva com cerca de setenta obras, entre desenhos, esculturas e pinturas em que predomina o estilo figurativo. Centro Cultural dos Correios. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. A partir de quinta (6).

Lentes da Memória — A Descoberta da Fotografia de Alberto de Sampaio

Em alta qualidade, imagens do cotidiano do século passado e do processo de urbanização da cidade surpreendem os visitantes. Trata-se de registros do advogado e fotógrafo amador que viveu em Petrópolis. Centro Cultural dos Correios. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. A partir de quinta (6). Até dia 26 de novembro.

Stefan Zweig


Stefan Zweig
Stefan Zweig

A exposição faz um passeio pela trajetória do literário e suas andanças pelo mundo até chegar ao Rio de Janeiro. Centro Cultural dos Correios. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. A partir de quinta (6). Até dia 3 de dezembro.

Ricardo Siqueira

Os visitantes percorrem a foto-instalação O Casulo, munidos de lanternas, entre imagens que pendem do teto inspiradas pela beleza natural das cavernas brasileiras. Centro Cultural dos Correios. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. A partir de quinta (6). Até dia 4 de dezembro.

Guido Boletti

Radicado em Tiradentes, o pintor italiano expõe suas obras pela primeira vez no Rio. A mostra O Canto da Vida é resultado de uma pesquisa de mais de 25 anos em busca do equilíbrio entre figurativo e abstrato. Espaço Furnas Cultural. Rua Real Grandeza, 219, Botafogo, ☎ 2528-3112, ↕ Botafogo. Terça a sexta, 14h às 18h; sábado e domingo, 14h às 19h. Grátis. Até 27 de novembro.

Thera Regouin

Holandesa radicada no Rio, a artista estreia em uma galeria carioca exibindo a série Escapando do Caos, na qual apresenta nove pinturas inéditas e outras 21 de diversos períodos, todas de arte abstrata. Galeria CorMovimento. Rua General Urquiza, 67, loja 7, Leblon, ☎ 2239-5693. Segunda a sábado, 13h às 18h. Grátis. Até 26 de novembro.

Floresta Protetora

O Centro de Visitantes Paineiras, novo acesso ao Cristo Redentor, ganha uma exposição permanente que se propõe a mostrar toda a riqueza do Parque Nacional da Tijuca. Unindo arquitetura, design e tecnologia, ela ocupa uma área de 900m² e faz um panorama da biodiversidade da Mata Atlântica. Uma linha do tempo traça a história do importante ponto turístico acompanhada por fatos históricos do país, além de depoimentos de visitantes ilustres como Charles Darwin, Olavo Bilac e Machado de Assis. Uma maquete retrata o parque e instalações interativas permitem que os visitantes simulem ecossistemas e os impactos e consequências das ações do homem. Projeções, fotografias de drones e ilustrações também fazem parte da mostra. Centro de Visitantes Paineiras. Estrada das Paineiras, s/nº, Jardim Paineiras, ☎ 2225-7074. Segunda a domingo, 8h às 19h.

Quem é o Homem do Sudário


Quem É o Homem do Sudário?
Quem É o Homem do Sudário?

Depois de passar por várias cidades do Brasil ao longo de quatro anos, a exposição internacional retorna ao Rio de Janeiro. A mostra reconstitui a trajetória do Sudário de Turim, o pano que supostamente teria envolvido Jesus Cristo, por meio de réplicas de elementos datados da Antiguidade. De segunda a domingo, das 9h às 17h. Catedral Metropolitana: Avenida República do Chile, 230 – 245 – Centro. Até 26 de novembro.

Ciência Interativa

Em cartaz desde o dia 7 de abril, a exposição “Descubra e Divirta-se” integra a programação comemorativa de 21 anos da Casa da Ciência. Entre as atrações oferecidas, o público pode conferir experimentos de ótica, além de aprender como controlar os movimentos de uma bola sem tocá-la, congelar a própria sombra, flutuar em espelhos e sentar-se em um banco de pregos sem se machucar. Casa da Ciência da UFRJ. Rua Lauro Müller, 3, Botafogo, ☎ 3938-5444. Terça a sexta, 9h/20h; sábado, domingo e feriados, 10h/20h.  Até 18 de dezembro.

Modernidades Fotográficas, 1940-1964

Depois de estrear em Berlim, em 2013, e passar por Lisboa, Paris e Madri, a mostra chega ao Instituto Moreira Salles. São 160 trabalhos de profissionais que inauguraram a modernidade no campo da fotografia no país. As imagens, sensacionais e muito bem dispostas na galeria onde estão à mostra, vão do fotojornalismo de José Medeiros (1921-1990) ao modernismo de Marcel Gautherot (1910-1996), passando pela abstração de Thomaz Farkas (1924-2011) e a fotografia industrial de Hans Gunter Flieg. Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. →Terça a domingo, 11h às 20h. Até 26 de fevereiro de 2017.

 

Continua após a publicidade
Publicidade