Continua após publicidade

Circuitos artísticos agitam Lapa e Santa Teresa neste fim de semana

O Beco dos Carmelitas ganha novos murais e recebe shows, enquanto o Memo ocupa o Parque Glória Maria com música, oficinas e artes visuais

Por Kamille Viola
Atualizado em 11 jan 2024, 17h33 - Publicado em 11 jan 2024, 14h45

Beco Verde

No sábado (13), será inaugurada mais uma etapa do Beco do Pantera, iniciativa da Tropa da Solidariedade, projeto idealizado pelo rapper Shackal. O local vem sendo revitalizado pelo projeto com murais de grafite, para se tornar um museu a céu aberto, a exemplo do Beco do Batman, de São Paulo. O nome faz referência ao personagem Pantera Negra, uma homenagem à importância da população negra na constituição da região central da cidade. No sábado, além da realização de novos murais, na etapa Beco Verde, acontecem apresentações gratuitas de BNegão, Shackal, Vandal RJ, Akira Presidente, SD9, Baixa Santo Sound System, Bebel do Gueto, Old Dirty Bacon, Slam das Minas, Mixtério, Quase Nada Gang, Bloco da Tropa e DJs Foguinho, Egil e Mohamed. E ainda atrações circenses, batalhas de rimas, recreação infantil, oficina de ioga, feira de artesanato e culinária com expositores locais, flash tattoo, rodas de conversa e e ação social com entrega de alimentos para pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Beco dos Carmelitas, 9, Lapa. Sáb. (13), 10h/22h. Grátis.

Memo — Música, Exibição e Memória

Idealizado por Lu Araújo, do Mimo Festival, o evento gira em torno da importância memória, oferecendo oficinas, rodas de memórias (conversa) e apresentações musicais gratuitas. Nos dois dias, o público poderá conferir a exposição Trote Violante, do artista recifense Lourival Cuquinha, que reflete sobre a liberdade, tanto a do indivíduo perante a sociedade como a da arte frente às instituições. O sábado (13) começa com a oficina Estandartes — Memória e Tradição, com Maristela Pessoa (10h às 13h). Em seguida, Lourival Cuquinha fala sobre Memória e Arte, Lugar de Encontros e Desencontros, com mediação de Mariana Várzea (14h30). Em seguida, Janaína Damaceno participa da roda Memória, Afrovisualidades e Futuros Possíveis, também mediada por Mariana Várzea. Priscila Tossan é a primeira atração musical, com o show A Beleza É Você, Menina (17h). A DJ Tata Ogan comanda o set Memória Afetiva da Música Brasileira. Ana de Oliveira e Sérgio Raz, apresentam o show Armorial (19h), com as participações de Marcos Suzano e Quarteto de Cordas. O domingo (14) começa com a oficina Corpo, Memória e Transcendência, com Priscila Lobianco (11h às 13h). Depois, a cantora Leila Maria leva seu espetáculo Ubuntu ao evento (15h). Dodô Azevedo participa da roda Memória Digital, Entre Apagamentos, Inovações e Combates, com medição de Mariana Várzea (16h). Já Chico Chico apresenta seu novo EP, Espelho (17h), e o Andrea Ernest Dias Quarteto mostra Uma Roda Para Moacir Santos.

Continua após a publicidade

Teatro Ruth de Souza. Parque Glória Maria (antigo Parque das Ruínas). Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa. Sáb. (13), 9h/19h. Dom. (14), 9h/19h. Grátis.

+ Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.