Clique e assine por apenas 4,90/mês

Orgulho na tela

Cinema negro produzido no Brasil e no mundo ocupa duas salas da cidade

Por Thayz Guimarães - Atualizado em 5 dez 2016, 13h47 - Publicado em 14 mar 2014, 21h20

Em cartaz a partir de sexta (21), no Odeon Petrobras e no Centro Cultural Justiça Federal, o 7º Encontro de Cinema Negro Brasil, África e Caribe – Zózimo Bulbul carrega o nome do cineasta brasileiro, um grande incentivador do evento, falecido em 2013, e uma produção de quarenta filmes, entre longas, médias e curtas. No sábado (22), será exibido, às 17h30, no Odeon, Moi – Zaphira, a história de uma mulher que deseja uma vida melhor para sua filha e fará de tudo para a menina se tornar modelo. O drama, estrelado por Mariama Ouédraogo, levou o prêmio de melhor atriz no Fespaço, considerado o Oscar do cinema negro.

Odeon Petrobras. Praça Floriano, 7, Centro, ☎ 2240-1093 (700 lugares). R$ 4,00. Centro Cultural da Justiça Federal. Avenida Rio Branco, 241, Centro, ☎ 3261-2550 (56 lugares). Grátis.

Confira a programação completa em abr.ai/cinema-negro-2014

Publicidade