Clique e assine por apenas 4,90/mês

Três exposições apresentam fotografias em preto e branco no Rio

Instituto Moreira Salles e Museu Histórico Nacional são alguns dos endereços em destaque

Por Renata Magalhães - 6 Maio 2017, 11h15
Chichico Alkmim/Divulgação

Chichico Alkmim, Fotógrafo. Depois de rodar por Minas Gerais vendendo joias com o pai, Francisco Augusto Alkmim (1886-1978) estabeleceu-se em Diamantina em 1913. Chichico, como era conhecido, acompanhou as transformações da cidade de câmera na mão, em seu estúdio e na rua. Na mostra que ocupa o Instituto Moreira Salles a partir de sábado (13), uma cenografia esmerada vai abrigar mais de 200 de suas fotos, além de uma centena de negativos de vidro e de uma máquina de fole semelhante à usada pelo fotógrafo. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 1º de outubro.

Flávio Damm/Divulgação

Flávio Damm, um Fotógrafo. Recolhido no Rio Grande do Sul, em 1948, depois de deposto, Getúlio Vargas permitiu que um fotógrafo fizesse sua primeira imagem naquela circunstância. Cinco anos depois, o mesmo profissional foi o único brasileiro a registrar a cerimônia de coroação da rainha Elizabeth II, na Inglaterra. Com uma trajetória de mais de sete décadas, o porto-alegrense Flávio Damm ganha mostra com 36 fotografias na Galeria Marcelo Guarnieri a partir de quinta (11). O acervo vai dos anos 50 aos 2000, caso dos grafismos flagrados em 2013, no Leme (foto). Rua Teixeira de Melo, 31, Ipanema. Segunda a sexta, 11h às 18h; sábado, 11h às 15h. Grátis. Até 17 de junho.

Zhong Weixing/Divulgação

Face a Face com Grandes Fotógrafos. Ricos personagens se encontram por trás das lentes de bons fotógrafos. Movido por essa crença, o chinês Zhong Weixing procurou retratar os principais nomes da fotografia contemporânea — entre eles os brasileiros Sebastião Salgado, Miguel Rio Branco (foto) e Vik Muniz. Um recorte de seu projeto, que vem sendo desenvolvido desde 2006, apresenta 39 retratos, a partir de quinta (11), no Museu Histórico Nacional. Praça Marechal Âncora, s/nº, Centro. Terça a sexta, 10h às 17h30; sábado e domingo, 13h às 17h. R$ 10,00 (grátis aos domingos). Até 16 de julho.

Publicidade