Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Casa do Choro promove festival on-line com shows e aulas sobre o gênero

Programação gratuita conta com apresentações de Cristóvão Bastos, João Camarero e João Lyra até sexta (23)

Por Marcela Capobianco 19 abr 2021, 14h04

O dia 23 de abril não é só a data em que celebra-se e renova-se a fé no Santo Guerreiro. É, também o dia escolhido para exaltar um ritmo essencialmente carioca: o choro.

Para não passar em branco, a Casa do Choro promove, entre segunda (19) e sexta (23), uma programação on-line com shows e aulas gratuitos.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Ao reunir estudantes, profissionais e amadores num mesmo ambiente virtual, a Casa do Choro não apenas dará continuidade às atividades culturais e de pesquisa que consolidaram o espaço instalado há 6 anos no centro do Rio de Janeiro, mas também ao trabalho de educação – executado há 21 anos pela Escola Portátil de Música, mantida pelo instituto.

Os workshops estão divididos entre aulas de instrumento – na parte da manhã – e prática de conjunto, à tarde. Serão abordados temas como a história da percussão, além de composições e arranjos típicos do gênero.

+ Lições de João Caetano são transformadas em websérie por Claudio Mendes

Continua após a publicidade

Os shows começam com homenagens a Dominguinhos – que completaria 80 anos em fevereiro – e ao compositor, maestro e multi-instumentista Zé Menezes, cujo centenário é comemorado em 2021, nesta segunda (19), a partir das 21h, com mestres da Escola Portátil de Música.

Também há, na programação, apresentações de João Lyra, João Camarero, Cristóvão Bastos e Maurício Carrilho.

Confira a programação completa no site.

+ Semana de Arte Moderna de 1922 é tema de debates on-line do Instituto Moreira Salles

As concorridas rodas de choro serão transmitidas ao vivo pelo Instagram (@casadochoro). “Vai ser interessante ver o festival nesse novo formato, adequado aos tempos de pandemia. Se por um lado os shows e as aulas não podem ser presenciais, por outro a transmissão dos eventos pela internet faz com que as apresentações passem a ter um alcance muito maior que em qualquer edição anterior. Nossa programação poderá ser acompanhada de qualquer canto mundo”, conta o músico e jornalista Pedro Paulo Malta, apresentador das rodas de choro virtuais.

+ Claudio Lins celebra repertório teatral de Chico Buarque em shows on-line

Operando atualmente de forma on-line, a Casa do Choro espera, em breve, lançar a Choro Timeline – uma linha do tempo virtual e interativa sobre o gênero musical.

Continua após a publicidade
Publicidade