Clique e assine por apenas 7,90/mês

Atletas franceses conseguem vir aos Jogos Rio 2016 depois de arrecadarem doações em vaquinha online

Crowdfunding beneficiou cinco esportistas da França, entre eles o campeão europeu no tiro esportivo, Éric Delaunay

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 5 dez 2016, 11h09 - Publicado em 4 ago 2016, 20h26

Sonho máximo dos atletas que competem em alguma das modalidades do maior evento do esporte mundial, participar de uma Olimpíada é, por si só, uma prova e tanto. E, para conseguir alcançar o objetivo olímpico, alguns esportistas franceses recorreram ao financiamento coletivo: a famosa vaquinha.

+ Saiba quais são as 10 menores delegações da Olimpíada

Confira abaixo o levantamento realizado pelo site francês Allo Proud, especialista no assunto, com alguns deles e o quanto cada um conseguiu arrecadar:

+ Rio terá Wi-Fi gratuito durante a Rio 2016

Campeão europeu no tiro esportivo, Éric Delaunay queria arrecadar cinco mil euros no site Fostburit, mas acabou recebendo mais de sete mil euros. No mesmo site, o ginasta Julien Gobaux pediu a mesma quantia, quase 300 euros a mais. A dupla de vela Sofian Bouvet e Jérémie Mion, além da atleta Amandine Lhote, da equipe feminina francesa de canoagem, também conseguiram doações.

 

Publicidade