Clique e assine por apenas 4,90/mês

Aplicativo conecta pessoas que buscam companhia para praticar esportes

Chamado de "Tinder dos esportes", o app Want2Play foi desenvolvido por um carioca que desistiu de tentar marcar partidas de futevôlei com os amigos e colocou a mão na massa

Por Daniela Pessoa - Atualizado em 2 jun 2017, 12h07 - Publicado em 21 Maio 2016, 01h00

Boa companhia pode não ser indispensável para ir ao bar ou ao cinema, mas é sempre bem-vinda. No esporte, o raciocínio é o mesmo. Há quem prefira se exercitar sozinho, mas a verdade é que um amigo, ou parceiro de atividade física, é um baita estímulo. Às vezes, é o empurrão que faltava para deixar o sedentarismo de vez no sofá. Fã de futebol, futevôlei, corrida e skate, o empreendedor Fabio Mendonça, de 25 anos, morador do Flamengo, penava para conseguir montar um time para uma pelada durante a semana. Os horários dos colegas nunca batiam. Até que ele teve uma ideia: criar uma plataforma para conectar pessoas em torno de um interesse comum, no caso, o esporte. Assim nasceu, em dezembro do ano passado, o aplicativo Want2Play, que Fabio apelidou de Tinder dos esportes, uma alusão bem-humorada ao famoso programinha de paquera. “Eu ainda não soube de nenhum casal formado, até porque o objetivo não é esse, mas é legal poder conhecer várias pessoas e fazer amizades enquanto a pessoa se exercita”, diz Fabio.

+ Prancha de equilíbrio faz sucesso entre os adeptos da boa forma

quadro esportes mais procurados no aplicativo want2play
quadro esportes mais procurados no aplicativo want2play

+ Saiba o melhor horário para malhar de acordo com o seu objetivo

Disponível nas versões iOS e Android, de graça, o sistema já ultrapassou 10 000 usuários e concentra mais de 1 000 eventos marcados em 25 modalidades, de vôlei e futebol a beach tênis, badminton e até pôquer. A personal trainer Laís Tavares, 24 anos, adorava bater uma bola com as amigas em Juiz de Fora, sua cidade natal, mas, quando se mudou para o Rio, há um ano, ficou sem ter com quem jogar. Foi assim até conhecer o aplicativo. “Quando eu me cadastrei, há dois meses, vi que uma menina já havia criado um encontro para boleiras no Aterro do Flamengo, e decidi ir. Até pouco tempo, jogávamos uma vez por semana, mas agora já são duas”, comemora Laís, moradora de Copacabana. Sorte delas: segundo uma pesquisa feita pela Universidade de Copenhague, na Dinamarca, os exercícios coletivos elevam o gasto calórico e proporcionam maior queima de gordura do que as atividades individuais. Ou seja, além de ser bem mais divertido, o esporte praticado entre amigos ajuda a emagrecer mais rápido.

Continua após a publicidade
Publicidade