Clique e assine por apenas 4,90/mês

Alunos dançam “quadrilha homoafetiva” contra preconceito

Apresentação dos estudantes do colégio em Laranjeiras será protesto contra violência ao público LGBT

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 5 dez 2016, 12h06 - Publicado em 26 jun 2015, 20h29

Este ano, a festa junina da Escolla Edem, em Laranjeiras, terá algo diferente entre as atrações que compõem os eventos desta época do ano. Neste sábado (27), a coreografia da tradicional quadrilha dos alunos será executada por casais homoafetivos – ou seja, os meninos dançam com meninos e as meninas fazem par com meninas.

+ Calendário de festas juninas no Rio

A formação dos pares não está relacionada, necessariamente, à preferência sexual dos estudantes. A ideia, proposta pelos alunos do Grêmio Estudantil, é uma forma de protestar contra o preconceito e a violência sofridos pela população LBGT. Antes da apresentação da quadrilha, está prevista ainda a realização de um flash mob contra a redução da maioridade penal.

Publicidade