Clique e assine por apenas 4,90/mês

A emoção toma conta da entrega do prêmio COMER & BEBER

Nos salões do Copacabana Palace, 500 convidados se reuniram para conhecer os melhores endereços da gastronomia carioca

Por Jana Sampaio - Atualizado em 2 jun 2017, 12h02 - Publicado em 30 jul 2016, 01h00

A duas semanas do início da Olimpíada, o Copacabana Palace foi o palco da principal premiação da gastronomia da cidade. Para orientar cariocas e turistas durante a Rio 2016, VEJA RIO antecipou o lançamento do guia COMER & BEBER, que, em sua vigésima edição, chega às bancas com 600 estabelecimentos subdivididos em 34 categorias — três a mais que a edição de 2015. Nos salões do hotel, 500 convidados assistiram a uma noite emocionante, comandada pela mestre de cerimônias Ana Furtado. A atriz teve a companhia de um time de personalidades como o surfista Pedro Scooby, o cantor Toni Garrido, a escritora Thalita Rebouças e artistas como Regiane Alves, Cris Vianna, Monique Alfradique e Josie Pessôa, responsáveis pela entrega dos troféus. O grande vencedor da festa foi o chef Felipe Bronze, que, em meio à gravação de três programas de TV, trabalhou duro para reabrir o Oro em abril em novo endereço, no Leblon. Além do título de melhor restaurante contemporâneo, ele abocanhou o prêmio de chef do ano, e o de melhor sommelière foi para sua esposa e parceira, Cecília Aldaz. “Recomeçamos com o pé direito! Equipe campeã, parabéns!”, disse Bronze ao reunir seus funcionários em um brinde, em um vídeo comemorativo postado em sua conta no Instagram para seus mais de 80 000 seguidores na rede social.

Carolina, Thomas e Claude Troisgros
Carolina, Thomas e Claude Troisgros

+ Os melhores restaurantes de VEJA RIO COMER & BEBER 2016

O momento de maior vibração da torcida, porém, se deu na hora da premiação dos melhores bares. Ganhadores pela segunda vez do título de melhor boteco, os donos do Bar do Momo foram ovacionados ao subir ao palco e receber a placa das mãos da escritora Thalita Rebouças. Estreantes no seleto grupo de melhores da cidade, os proprietários da Hopfen Artesanal, na Tijuca, endereço com a carta de cervejas mais votada pelos jurados, não esconderam a empolgação. “Esse prêmio é um selo de qualidade para o nosso trabalho. Ficamos muito felizes com o reconhecimento”, disse Tom Salomão, um dos sócios do estabelecimento tijucano. Um dos mais emocionados da noite, Fernando Modenesi, da Frites, chorava copiosamente ao receber o prêmio de melhor food truck, uma das categorias estreantes. “Não esperava por isso, estava contente só de estar entre os indicados. Mal posso acreditar”, celebrava, ao lado da sócia Raquel Marins. No fim da festa, como já virou tradição, os premiados se reuniram para uma foto e depois continuaram a comemoração no bar eleito como a melhor saideira do Rio, o Galeto Sat’s, em Copacabana.      

Cecília Aldaz e Felipe Bronze
Cecília Aldaz e Felipe Bronze

+ COMER & BEBER 2016: tudo que rolou desde a última edição

Comer e Beber 2016
Comer e Beber 2016
Publicidade