Clique e assine por apenas 4,90/mês

Bazzar

(Desde 1998)

Tipos de Restaurantes: Cozinha contemporânea, Bar-restaurante

Veja Rio:

Endereço: Rua Barão da Torre, 538 - - Ipanema - Rio de Janeiro - RJ ver no mapa

Telefone: (21) 32022884

Site: http://www.bazzar.com.br

Horário:

segunda-feira 12:00 - 00:00

terça-feira 12:00 - 00:00

quarta-feira 12:00 - 00:00

quinta-feira 12:00 - 00:00

sexta-feira 12:00 - 01:00

sábado 12:00 - 01:00

domingo 12:00 - 19:00

Nas vésperas de feriado, das 12h à 1h

Faixa de preço: De R$151,00 a R$250,00

Informações adicionais: Lugares/Capacidade total (89)

Resenha por Fabio Codeço

Após dez anos de parceria, o chef Claudio de Freitas trocou o comando da cozinha por um período sabático. Passou a batuta para Lira Müller, que segue as diretrizes da restauratrice Cristiana Beltrão. Entusiasmada pesquisadora de sabores, a dona do negócio prioriza ingredientes de qualidade, sempre que possível orgânicos, na casa, em seus dois cafés na cidade e nas linhas de produtos da marca. Criado para o outono, o creme de abóbora com ovo caipira poché e cogumelos puxados em tutano (R$ 39,00) ganhou sobrevida no cardápio. Entre os clássicos, brilha a receita de escalopes de cavaquinha sobre purê de aipim e molho adocicado de amêndoas e avelãs (R$ 79,00). Na ala doce, a torta de maçã (R$ 29,00), uma das melhores da cidade, divide atenções com a goiaba orgânica em calda servida com catupiry de cabra e farofa de pé de moleque (R$ 24,00). A carta de vinhos do sommelier Ivo Arias foi enxugada: na lista, ganharam força rótulos naturais, orgânicos e biodinâmicos com boa relação custo-benefício.

    Após dez anos de parceria, o chef Claudio de Freitas trocou o comando da cozinha por um período sabático. Passou a batuta para Lira Müller, que segue as diretrizes da restauratrice Cristiana Beltrão. Entusiasmada pesquisadora de sabores, a dona do negócio prioriza ingredientes de qualidade, sempre que possível orgânicos, na casa, em seus dois cafés na cidade e nas linhas de produtos da marca. Criado para o outono, o creme de abóbora com ovo caipira poché e cogumelos puxados em tutano (R$ 39,00) ganhou sobrevida no cardápio. Entre os clássicos, brilha a receita de escalopes de cavaquinha sobre purê de aipim e molho adocicado de amêndoas e avelãs (R$ 79,00). Na ala doce, a torta de maçã (R$ 29,00), uma das melhores da cidade, divide atenções com a goiaba orgânica em calda servida com catupiry de cabra e farofa de pé de moleque (R$ 24,00). A carta de vinhos do sommelier Ivo Arias foi enxugada: na lista, ganharam força rótulos naturais, orgânicos e biodinâmicos com boa relação custo-benefício.