Clique e assine por apenas 4,90/mês

Adonis

(Desde 1952)

Tipos de Bares: Bares variados

Veja Rio:

Endereço: Rua São Luiz Gonzaga, 2156 - Loja A - Benfica - Rio de Janeiro - RJ ver no mapa

Telefone: (21) 38901184

Site: http://www.baradonis.com.br

Horário:

segunda-feira - Fechado

terça-feira 08:00 - 23:00

quarta-feira 08:00 - 23:00

quinta-feira 08:00 - 23:00

sexta-feira 08:00 - 23:00

sábado 08:00 - 23:00

domingo 08:00 - 16:00

Feriados 8h/16h

Informações adicionais: Lugares/Capacidade total (100)

Resenha por Carol Zappa

Em movimentada esquina de Benfica, o estabelecimento guarda um verdadeiro tesouro atrás do balcão: a torre de chope antiga, quase septuagenária, do ano em que o bar foi inaugurado. Apesar da aquisição recente de uma chopeira elétrica, há quem só aceite caldeiretas abastecidas pela relíquia — o velho equipamento está conectado a uma serpentina de 90 metros refrigerada a gelo. Da Brahma, a bebida no copo de 350 mililitros custa R$ 7,50 e pode vir acompanhada de bolinho de bacalhau (R$ 6,00 a unidade). Aos cuidados do cozinheiro João Araújo, com trinta anos de casa, os pratos de bacalhau servem até quatro comensais. Escolha entre o preparo à filgueiras, frito (R$ 192,00), com batata, ovo, cebola, azeitona, brócolis e palmito, e o risoto (R$ 185,00), com arroz branco reduzido no vinho branco, tomate, cebola, alho, ovo, louro e salsa. No almoço entram em
cena pratos típicos de botequim, que podem ser divididos por dois: terça é dia de cozido (R$ 84,00) e sexta, de feijoada (R$ 83,00). Uma dica preciosa: a massa do bolinho pode ser encomendada para ser frita em casa (R$ 80,00 o quilo).

    Em movimentada esquina de Benfica, o estabelecimento guarda um verdadeiro tesouro atrás do balcão: a torre de chope antiga, quase septuagenária, do ano em que o bar foi inaugurado. Apesar da aquisição recente de uma chopeira elétrica, há quem só aceite caldeiretas abastecidas pela relíquia — o velho equipamento está conectado a uma serpentina de 90 metros refrigerada a gelo. Da Brahma, a bebida no copo de 350 mililitros custa R$ 7,50 e pode vir acompanhada de bolinho de bacalhau (R$ 6,00 a unidade). Aos cuidados do cozinheiro João Araújo, com trinta anos de casa, os pratos de bacalhau servem até quatro comensais. Escolha entre o preparo à filgueiras, frito (R$ 192,00), com batata, ovo, cebola, azeitona, brócolis e palmito, e o risoto (R$ 185,00), com arroz branco reduzido no vinho branco, tomate, cebola, alho, ovo, louro e salsa. No almoço entram em
    cena pratos típicos de botequim, que podem ser divididos por dois: terça é dia de cozido (R$ 84,00) e sexta, de feijoada (R$ 83,00). Uma dica preciosa: a massa do bolinho pode ser encomendada para ser frita em casa (R$ 80,00 o quilo).