Travesti filmada com ator Alexandre Borges perde processo judicial

Kethelen Myller, identificada como Luciano Vicente, aparece sentada no colo do artista global em vídeo que circulou na internet em 2016

A 14ª Câmara Cível do Rio negou à travesti Kethelen Myller, identificada como Luciano Vicente, uma indenização de 30 000 reais em ação movida contra Nilson Sampaio, administrador de um dos sites que veiculou fotos em que Kethelen aparece no colo do ator Alexandre Borges.

O vídeo em que o artista aparece com duas travestis em um quarto de hotel circulou na internet em 2016. “Não entendi muito bem uma coisa assim ser um escândalo. Era uma coisa de pessoas tomando uma cerveja. Eu estava me divertindo, me descontraindo, uma coisa supernatural. Nada pesado”, afirmou à Folha de São Paulo. “Não me preocupei em saber que gênero era, que raça era, que partido era… Não tem isso (…) Sou um cara humanista, de esquerda, vamos dizer assim, que acredita que cada um tem o direito de fazer o que quiser da vida”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s