Tom Zé e Francisco, El Hombre celebram a tropicália no Circo

O músico baiano e o contestador conjunto se inspiram nos 50 anos do movimento

As celebrações dos cinquenta anos da tropicália continuam rendendo. Um dos fundadores do movimento (apesar de, modesto, atribuir todo o crédito a Caetano e Gil), Tom Zé mantém a chama acesa. Aos 80 anos e sempre transgressor, o intrépido baiano, que amargou um período de ostracismo até ser (re)descoberto pelo músico David Byrne, comanda a noite dedicada à efeméride no Circo Voador. Quem também sobe ao palco é a provocativa banda Francisco, el Hombre, formada por três brasileiros e dois irmãos mexicanos. O quinteto mistura rock, folk, salsa e outros gêneros latinos nas faixas em português e espanhol do álbum de estreia, Soltasbruxa. Circo Voador. Arcos da Lapa, s/nº, Lapa. Sábado (30), 22h. R$ 80,00 (1º lote).

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s