Sociedade dos Cem Bibliófilos do Brasil ganha mostra na Chácara do Céu

Exposição conta com desenhos, documentos e correspondências de nomes como Candido Portinari e Di Cavalcanti

 

 (Jaime Acioli/Divulgação)

Grande entusiasta das artes e propagador da literatura nacional, Raymundo Ottoni de Castro Maya (1894-1968) fundou, em 1943, uma confraria com outros 99 intelectuais. O objetivo era produzir uma série literária de luxo com obras de grandes escritores ilustradas por notáveis artistas plásticos. Em homenagem ao Dia Internacional de Museus (18 de maio), a Chácara do Céu, que funciona na antiga residência do mecenas, apresenta, a partir de quarta (16), a mostra Coleção Castro Maya: a Sociedade dos Cem Bibliófilos do Brasil em Destaque. Em exibição estarão estudos, rascunhos, desenhos, documentos e correspondências referentes ao processo criativo de seis dessas publicações, assinadas por Candido Portinari, Poty Lazzarotto, Darel Valença Lins, Carybé, Lívio Abramo e Di Cavalcanti (foto). Museu da Chácara do Céu. Rua Murtinho Nobre, 93, Santa Teresa. Quarta a segunda, 12h às 17h. R$ 6,00 (grátis às quartas). Até 15 de outubro. Abertura na quarta (16).

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s