Premiação celebra o melhor da arte contemporânea no Museu Histórico

Três exposições ficam em cartaz no casarão, apresentando mais de vinte artistas de diferentes gerações

Em sua sexta edição, o Prêmio CNI Sesi Senai Marcantonio Vilaça celebra a produção contemporânea em três exposições no Museu Histórico Nacional. A partir de sexta (20), a mostra Artistas Premiados apresenta trabalhos de Daniel Lannes, Jaime Lauriano e Pedro Motta (autor da fotografia Naufrágio Calado #6, acima). Na mesma data, Verzuimd Braziel — Brasil Desamparado, do curador Josué Mattos, reúne outros dezessete artistas; enquanto A Intenção e o Gesto homenageia o cearense Sérvulo Esmeraldo. Praça Marechal Âncora, s/n°, Centro. Terça a sexta, 10h às 17h30; sábado e domingo, 13h às 17h. Grátis. Até 16 de setembro. Abertura na sexta (20).

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s