Portela terá samba assinado só por mulheres na disputa interna pela 1ª vez

Iniciativa de grupo de 10 sambistas é inédita em 95 anos de história

 (Rozzi Brasil/Facebook)

A Portela terá pela primeira vez um samba assinado apenas por mulheres no concurso interno que, todos os anos, escolhe o hino a ser entoado pela escola no carnaval seguinte. Assinado por 10 compositoras do grupo Samba das Guerreiras, a obra homenageia Clara Nunes, enredo da azul e branco em 2019.

A obra foi composta em julho
no Cafofo. O reduto de bambas fica na rua Clara Nunes, ao lado da quadra da escola, em Madureira. “Entrar nessa família portelense com a marca indelével de Paulo da Portela – que sempre trabalhou pela inclusão, principalmente das mulheres e pelo respeito aos praticantes do samba – é muito mais que motivo de orgulho. É retribuição ao carinho com o qual fui acolhida”, comentou em seu perfil no Facebook a Rozzi Brasil. A sambista é uma das articuladoras da iniciativa.

As inscrições para o certame que escolherá o samba da Portela de 2019 vão até a próxima quarta (08). A partir de então, os concorrentes se apresentaram a cada domingo na sede da escola até a grande final, em outubro, na qual será o conhecido o vencedor.

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s