Para cantar junto: cinco musicais estrelados agitam o circuito

Confira os espetáculos do gênero que estão em cartaz

 

 (Elisa Mendes/Divulgação)

 Dançando no Escuro. Adaptação do filme de Lars von Trier, a peça, dirigida por Dani Barros, mantém-se fiel à carga emocional e às reviravoltas da obra original. Ótima em cena, Juliane Bodini dá vida à imigrante checa que começa a perder a visão devido a uma doença degenerativa (120min). 14 anos. Teatro do Sesi. Avenida Graça Aranha, 1, Centro. Quinta a sábado, 19h. R$ 40,00. Até o dia 20. 

 Beatles num Céu de Diamantes. Em cartaz há uma década e visto por mais de 700 000 pessoas, o musical ocupa lugar de destaque na carreira da dupla Charles Möeller e Claudio Botelho. No palco, oito atores-cantores e três músicos lembram canções emblemáticas do quarteto de Liverpool (90min). Livre. Teatro Clara Nunes. Rua Marquês de São Vicente, 52, Shopping da Gávea. Sexta e sábado, 21h. Domingo, 19h. R$ 100,00. Até domingo (13). 

 (Barata Comunicação/Divulgação)

Estúpido Cupido. Sob a direção de Gilberto Gawronski, Françoise Forton revive Tetê, personagem encarnada por ela na novela homônima, exibida pela Rede Globo em 1976. A trama, no entanto, traz diferenças: durante uma festa com o tema anos 60, amigos de uma turma de colégio se reencontram (90min). 12 anos. Teatro Vannucci. Rua Marquês de São Vicente, 52, Gávea. Quinta, 20h; sexta e sábado,  21h; domingo, 20h. R$ 80,00 a R$ 90,00. Até o dia 27.

 (Felipe Panfili/Divulgação)

 Romeu e Julieta. Canções de Marisa Monte embalam os altos e baixos de uma das mais famosas histórias de amor. Nesta versão, a obra clássica de William Shakespeare é dirigida por Guilherme Leme Garcia e conta com Bárbara Sut e Thiago Machado nos papéis principais (120min). Livre. Teatro Riachuelo. Rua do Passeio, 40, Cinelândia. Sexta, 20h; sábado, 16h e 20h; domingo, 18h. R$ 50,00 a R$ 160,00. Até o dia 27. 

 Nara — A Menina Disse Coisas. Momentos marcantes da vida da cantora Nara Leão alternam-se com quinze músicas que fizeram parte de seu repertório, a exemplo de Primavera e Se É Tarde Me Perdoa. Hugo Sukman e Marcos França dividem a dramaturgia e Priscila Vidca assina a direção (80min). Livre. Teatro Ipanema. Rua Prudente de Morais, 824. Sábado a segunda, 20h30. R$ 50,00. Até o dia 21.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s