Matheus Rocha Pitta relembra notícias emblemáticas em exposição

No MAM, três lápides trazem intervenções de recortes de jornais

 

 (Matheus Rocha Pitta/Divulgação)

Marcos que guardam inscrições e remontam aos primórdios da humanidade, as estelas (do grego stela, ou “pedra erguida”) orientam novas criações do mineiro Matheus Rocha Pitta. Ele encostou na parede, nos fundos do foyer do MAM, três lápides verticais que trazem intervenções de recortes de jornais sobre acontecimentos recentes no Rio. Entre as notícias está o emblemático caso de Amarildo Dias de Souza, ajudante de pedreiro que desapareceu na Rocinha após ser detido por policiais militares, em 2013. Museu de Arte Moderna. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo. Terça a sexta, 12h às 18h; sábado e domingo, 11h às 18h. R$ 14,00. Grátis às quartas. Até 22 de abril. Abertura neste sábado (3).

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s