MAST oferece programação especial neste fim de semana

O físico José Abdalla Helayël-Neto vai falar sobre a origem da matéria e da carga elétrica neste sábado (4), às 15h

O Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) preparou uma agenda de atividades gratuitas para o público no mês de agosto. Oficina, palestra, exposições e observação do céu são algumas das atrações para os visitantes conhecerem um pouco de ciência, por meio de conteúdos divertidos e com uma linguagem de fácil compreensão.

O MAST abre as portas às 14h. Os visitantes podem conhecer algumas das exposições em destaque, como “Olhar o Céu, Medir a Terra”, “Visões da Luz” e “As estações do Ano: Terra em Movimento”.

Neste sábado (4), uma das atrações envolve a vasta e profunda história do nosso Universo contada por meio de uma partícula que abriu novas visões para o conhecimento da Natureza. A partir de 15h, o físico José Abdalla Helayël-Neto vai falar sobre a origem da matéria e da carga elétrica na edição do Ciclo de Palestras, que tem como tema “Elétron, o contador de histórias do Universo”. Ao longo do debate, o público vai conhecer o surgimento do conceito de vácuo e como são previstas novas formas de matéria a partir do elétron, partícula descoberta em 1897, que começou a ser compreendida através das leis do mundo quântico e da Teoria da Relatividade.

Às 16h, é a vez da oficina Brincando com a Matemática, com o Quebra-Cabeça Estelar e Tangram. Nesta oficina, os participantes irão construir, montar e colorir os seus próprios quebra-cabeças ou Tangrans, trabalhando de forma lúdica o raciocínio lógico. Os quebra-cabeças montados revelarão figuras mitológicas associadas às constelações como Órion, Escorpião e Pegasus. Será a oportunidade de falar sobre os mitos, estrelas, constelações a sua formação e importância, despertando o interesse por temas de Astronomia.

Com o Programa de Observação do Sol, das 15h às 17h, é possível analisá-lo de forma segura através de filtros, projetores e telescópios especiais que permitem a visualização de manchas solares, protuberâncias e filamentos. Já no final da tarde, a partir de 17h30, acontece o tradicional Programa de Observação do Céu. Por meio de uma luneta construída no início do século XX, é possível observar planetas, estrelas e fenômenos estudados pela astronomia. Além disso, será realizada a palestra “O Céu do Mês”, onde os visitantes vão ter a oportunidade de descobrir o que está visível no céu do Rio de Janeiro neste período e saber um pouco mais sobre a natureza dos corpos celestes.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s