Garrafas de plástico têm mais germes que a vasilha do cachorro

Quatro modelos foram analisados depois de uma semana de uso sem serem lavados, um hábito comum entre muitas pessoas. Veja o resultado!

As garrafinhas de plástico ganharam cartão vermelho. Quatro modelos foram analisados depois de uma semana de uso sem serem lavados, um hábito comum entre muitas pessoas (veja abaixo o índice de colônia de bactérias em cada um). Conclusão: eles continham mais germes do que a pia, a tábua da cozinha e, pior, a vasilha do cachorro. O ideal é optar pela versão de aço inoxidável, material naturalmente antibacteriano. Mesmo assim, fica a recomendação: lave-a diariamente com água e sabão.

+ Pular corda é uma ótima opção para perder peso

+ Frequentar shows e festivais faz bem à saúde

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s