Estudo compara índice de lesões do crossfit com outras atividades

De acordo com os resultados da pesquisa, são registrados três casos de lesão a cada 1 000 horas de treino com argolas, barras e burpees

Giovanna Antonelli: adepta da modalidade

Giovanna Antonelli: adepta da modalidade (Felipe Fittipaldi/Veja Rio)

Adotado por celebridades como Giovanna Antonelli, Bruna Marquezine e Bruno Gagliasso para manter o corpo em forma, o crossfit tem fama de ser uma modalidade perigosa no que diz respeito ao índice de lesões. Um estudo publicado recentemente no The Journal of Strength & Conditioning Research, do Reino Unido, provou, porém, exatamente o contrário ao comparar a atividade com outros esportes. De acordo com os resultados da pesquisa, são registrados três casos de lesão a cada 1 000 horas de treino com argolas, barras e burpees. Para se ter uma ideia, no vôlei surgem sete casos no mesmo tempo de prática, no futebol, oito, e no judô, dezesseis. O topo do ranking dos exercícios que mais machucam ficou, por incrível que pareça, com o squash.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s