Estúdios de Pole Dance crescem pela cidade

Aberta a homens e mulheres, a programação inclui vertentes pouco usuais por aqui, como o pole funk, floor e exotic

Mistura de dança com acrobacia, o pole dance vem se popularizando no Rio com a abertura de novos estúdios dedicados à atividade. É o caso do Espaço Amora, inaugurado há menos de seis meses em Ipanema, com aulas que ajudam a fortalecer os músculos e exterminar muitas calorias — estima-se que em uma hora sejam gastas de 300 a 450 calorias. “As turmas vão do método iniciante ao avançado, e trabalhamos de acordo com o desenvolvimento de cada corpo e performance”, explica a sócia e professora Marili Stefany, bailarina profissional há vinte anos e campeã brasileira de pole dance em 2010. Aberta a homens e mulheres, a programação inclui vertentes pouco usuais por aqui, como o pole funk, floor e exotic, além do vogue, estilo de dança performática surgido em Nova York, no Harlem, e popularizado em todo o mundo por Madonna.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s