Espetáculos se despedem da programação carioca

Última chance para assistir à comédias como "Rita Formiga" e "Nunca Fui Canalha"

 (Julia Rodrigues/Divulgação)

 Minha Vida em Marte. Sequência do fenômeno Os Homens São de Marte… E É pra Lá que Eu Vou, visto por mais de 2 milhões de espectadores no teatro, a montagem com Mônica Martelli discute as agruras do casamento. Na semana seguinte muda-se para o Teatro das Artes (70min). Livre. Teatro dos Quatro. Rua Marquês de São Vicente, 52 (Shopping da Gávea), Gávea. Sexta e sábado, 21h; domingo, 20h. R$ 70,00 a R$ 80,00. Até domingo (30). 

Constelações. Com base no texto do inglês Nick Payne, a dupla Marília Gabriela e Caco Ciocler recorre à física quântica
para apresentar os desdobramentos no relacionamento de um casal (70min). 12 anos. Sesc Copacabana. Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana. Quinta a sábado, 20h30; domingo, 19h. R$ 25,00. Até domingo (30).

 (Caique Cunha/Divulgação)

Contos Negreiros do Brasil. A peça é inspirada no livro Contos Negreiros, de Marcelino Freire, que faz uma releitura moderna sobre o preconceito racial com episódios de homossexualidade e conflitos de classe. Os atores Li Borges e Milton Filho (foto) interpretam os personagens de doze dos quinze contos da obra (60min). 16 anos. Teatro Poeirinha. Rua São João Batista, 104, Botafogo. Terça e quarta, 20h; quinta e sexta, 21h. R$ 40,00. Até sexta (28). 

Perdoa-me por Me Traíres. A tragédia de costumes, escrita por Nelson Rodrigues em 1957, ganha nova montagem dirigida por Daniel Herz. A trama, estrelada por Clarissa Kahane e Ernani Moraes, mergulha em um universo de traição e vingança bem ao gosto do autor (80min). 14 anos. Teatro dos Quatro. Rua Marquês de São Vicente, 52, Gávea. Quarta e quinta, 21h. R$ 60,00. Até quinta (27). 

 (Vinicius Coimbra/Divulgação)

Rita Formiga. Em homenagem aos 80 anos de Domingos Oliveira, o diretor Fernando Philbert apresenta nova versão do monólogo com Priscila Steinman (foto). Com imagens e gravações em off, o escritor participa da peça, sobre as aventuras de uma atriz que ele conheceu em sua juventude (60min). 14 anos. Teatro Poeirinha. Rua São João Batista, 104, Botafogo. Sábado, 21h; domingo, 19h. R$ 50,00. Até domingo (30).

Pescadores de Almas. O livro homônimo da médium brasileira Walkiria Kaminski ganha adaptação estrelada por Tatiana Sobral. O drama autobiográfico conta a trajetória da autora e de personalidades como a pintora francesa Jeanne Hébuterne (55min). 14 anos. Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas. Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa. Sábado, 16h. R$ 40,00. Até sábado (29). 

Salina – A Última Vértebra

Salina – A Última Vértebra (Daniel Barboza/Divulgação)

 Salina (A Última Vértebra). A premiada peça do Grupo Amok Teatro propõe um mergulho na África ancestral por meio de uma história sobre exílio, ódio e perdão. O elenco, que conta com Graciana Valladares (foto), é dirigido por Ana Teixeira e Stephane Brodt (220min). 12 anos. Caixa Cultural. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro. Quinta e sexta, 19h; sábado e domingo, 18h. R$ 20,00. Até domingo (30). 

Precisa-se de Velhos Palhaços. Texto clássico do dramaturgo romeno Matei Visniec, Um Trabalhinho para Velhos Palhaços inspira a montagem dirigida por Anderson Marques sobre o reencontro de três palhaços que disputam a mesma vaga de emprego (60min). 12 anos. Teatro Municipal Café Pequeno. Avenida Ataulfo de Paiva, 269, Leblon. Quinta e sexta, 20h.
R$ 30,00. Até domingo (30). 

Nunca Fui Canalha. Inspirada no livro Canalha: Substantivo Feminino, de Martha Mendonça, a atriz Tatá Lopes interpreta, com humor, quatro mulheres de índole duvidosa em solo dirigido por Victor Garcia Peralta (60min). 12 anos. Teatro Municipal Serrador. Rua Senador Dantas, 13, Centro. Quinta a sábado, 19h30. R$ 40,00. Até sábado (29). 

 (Dalton Valerio/Divulgação)

Solteira, Casada, Viúva, Divorciada. O papel já foi de Lília Cabral e agora está nas mãos de Stella Maria, que assume as personagens Vilma, Do Carmo, Celeste Aída e Catarina, cada uma com um estado civil e muitas questões a partir disso. Alexandre Contini dirige o texto, assinado pela novelista Maria Adelaide Amaral (75min). 14 anos. Teatro Maison de France. Avenida Presidente Antonio Carlos, 58, Centro. Domingo, 18h. R$ 60,00. Até domingo (30). 

A Viagem do Capitão Tornado. Ambientada na França do século XVII, a livre adaptação do romance do poeta francês Théophile Gautier busca retratar a realidade que as trupes teatrais vivem atualmente no Brasil. Clovis Levi assina texto e direção (90min). 14 anos. Sesc Tijuca. Rua Barão de Mesquita, 539, Tijuca. Sexta a domingo, 20h. R$ 25,00. Até domingo (30).

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s