Diários históricos de diplomata francês viram tema de livro

Obra Uma Outra Missão Francesa 1917-1918 reúne histórias do diplomata Paul Claudel e seu secretário em terras cariocas após a I Guerra Mundial

Poeta e diplomata, Paul Claudel chefiou a legação francesa no Rio, na Rua Paissandu (na foto), no fim da I Guerra Mundial. Trouxe como secretário o compositor Darius Milhaud, que, impactado pelo Carnaval — desembarcou em pleno fevereiro, com a cidade fervilhando ao som do hit Pelo Telefone —, viveu intensamente as festas populares. A influência do choro é nítida no concerto Le Boeuf sur le Toit (O Boi no Telhado, em português), peça que viria a lançar com pompa em seu retorno a Paris. Os diários de Claudel e Milhaud foram traduzidos pela primeira vez para o português 100 anos depois e reunidos, entre belas ilustrações, no livro Uma Outra Missão Francesa 1917-1918 (Andrea Jakobsson Estúdio, 359 págs., R$ 90,00).

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s