Dez programas imperdíveis neste feriado prolongado

VEJA RIO selecionou dez atrações para deixar seu fim de semana mais animado. Destaque para o show de Wesley Safadão nesta sexta (13), na Barra

Wesley Safadão

Wesley Safadão: show na Barra (Ederson Lima/Divulgação)

Assim que voltou de sua primeira turnê internacional pela Europa, Wesley Safadão partiu rumo a Miami, em abril, para gravar o quinto DVD. Esse trabalho abastece o novo show do cantor, fenômeno do chamado forronejo — mistura de forró eletrônico com sertanejo. Ao vivo, ele mostra novidades como Ressaca de Saudade e Coração Machucado, tema da novela A Força do Querer, sem deixar de lado o hit Camarote e outros sucessos. 

KM de Vantagens Hall. Avenida Ayrton Senna, 3000, Barra (Via Parque). Sexta (13), 23h. R$ 140,00 (pista, 2º lote) a R$ 300,00 (pista premium, 4º lote, e camarote).

Festival Arte Core

(Reprodução/Reprodução)

O Museu de Arte Moderna recebe neste sábado (14) e domingo (15) o festival Arte Core, que une arte, skate e música. A quinta edição do evento gratuito terá diferentes manifestações artísticas que vão ocupar os pilotis, os jardins e a Cinemateca do Museu. Uma praça de alimentação será montada com diversas opções de foodtrucks.

Na programação, se destacam três mostras de gravuras.Expo A3 traz obras de Bruno Big e Marcio SWK (foto), entre outros, enquanto Expo Gravuras 04 contempla o trabalho de mulheres na arte de rua, a exemplo das cariocas Marianna Cersosimo e Paula Gicovate. Por fim, Mateu Velasco apresenta a coleção de múltiplos Visão Dupla. Acesse para ver a programação completa.

Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo. Sábado (14) e domingo (15), 10h às 22h. Grátis.

Desafio Raia Rápida

(Satiro Sodré/Divulgação)

Estrelas da natação mundial como Etiene Medeiros (BRA), Bruno Fratus (BRA), Anthony Ervin (EUA) e Fabio Scozzoli (ITA) estarão participando do Desafio Raia Rápida, neste domingo (15), no Parque Aquático Maria Lenk. A competição conta com disputas mistas nos 50 metros estilo livre, borboleta, peito e costas entre quatro países: Brasil, Estados Unidos, Itália e Argentina.

Com formato único, a disputa promete batalhas acirradas nesta edição. O time brasileiro, composto por Etiene Medeiros, Bruno Fratus, Daynara de Paula e João Gomes Júnior entra na água embalado pelos resultados do último Mundial de natação, disputado em Budapeste. Lá, Etiene conquistou a medalha de ouro nos 50m costas, Fratus foi prata nos 50m livre e no revezamento 4x100m, enquanto João Júnior foi prata nos 50m peito, resultados que deram o topo do pódio ao Brasil. 

Liderado pelo campeão olímpico Anthony Ervin, que coleciona medalhas de ouro, o time dos Estados Unidos é um dos maiores desafios dos brasileiros na piscina. O experiente nadador americano possui três tentos dourados (50m livre, em Sydney 2000, 50m livre e 4x100m livre, no Rio de Janeiro 2016), além de uma prata também em Sydney 2000, nos 4x100m livre. O Desafio terá entrada gratuita e os portões serão abertos às 8h.

Parque Aquático Maria Lenk – Av. Embaixador Abelardo Bueno – Barra da Tijuca. Às 8h. Grátis

Delícias da Lagoa

Roda de Samba do Spanta Neném (Ivanildo Carmo/Divulgação)

A segunda edição do festival Delícias da Lagoa vai agitar o Parque das Figueiras, entre 12 e 15 de outubro, com atrações musicais gratuitas e uma inédita batalha de hambúrgueres. Dez food trucks especializados no sanduíche mais adorado pelos cariocas vão competir pelo prêmio de melhor lanche do evento, com direito a júri especializado para abalizar o vencedor.

Estão confirmados os burgers de Ossos, Larica, Mandala, Meu Nobre, Monstruck, Famintus, Moo Handmade Food, Jacques Burger, Bondinho Carioca e The Marleys. Cervejas artesanais, vinhos e drinques completam o programa gastronômico.

Já na parte musical, o público poderá curtir apresentações de George Israel, Guto Goffi e da roda de samba do Spanta Neném.

Parque das Figueiras (antiga academia Estação do Corpo) – Avenida Borges de Medeiros, 1426 – Lagoa. Quinta, de 12h às 22h; Sexta de 18h às 22h; Sábado e domingo de 12h às 22h.

Passeios Históricos

candelaria.jpg

(Divulgação/Veja Rio)

Durante o feriado, os cariocas serão convidados a conhecer melhor a cidade do Rio. Dois passeios guiados mostram as principais igrejas do Centro histórico e apresentam o Cais do Valongo. Na sexta (13), às 10h, a aula-passeio parte da Igreja Nossa Senhora do Carmo (na Praça XV) e passa pela Lapa dos Mercadores, Cruz dos Militares, Candelária e Monstserrat. Já no sábado (14), às 15h, a caminhada batizada como Soterrem os Testemunhos Geográficos dos Negros promete uma verdadeira aula de história, que passará pelo Largo de São Francisco da Prainha e desembocará na Praça Mauá. Inscrições não são necessárias e, em caso de tempo chuvoso, o roteiro será cancelado. Mais informações em www.roteirosdorio.com.

Marcelo Jeneci

(Marcus Steinmeyer/Divulgação)

Nome da cena alternativa paulistana, Marcelo Jeneci (foto acima) começou a carreira tocando sanfona ao lado do paraibano Chico César (abaixo), aos 17 anos, antes de passar pelas bandas de Vanessa da Mata e Arnaldo Antunes e mergulhar em trajetória-solo. Os dois voltam a se encontrar no Circo Voador para shows individuais. Após um hiato de oito anos longe dos estúdios, Chico César lançou, em 2015, Estado de Poesia, em que mistura xotes, baladas e reggae, e agora roda o país com a turnê do disco. Antes, Jeneci visita seu repertório. Mas uma reunião no palco, para lembrar músicas como Felicidade, parceria entre os dois, não deve ser descartada. 

Circo Voador. Arcos da Lapa, s/nº, Lapa, ☎ 2533-0354. Sexta (13), a partir das 22h. R$ 100,00 (1º lote).

Teresa Salgueiro

Há uma década em percurso-solo, Teresa Salgueiro, notória e cristalina voz do conjunto de barroco pop português Madredeus de 1987 a 2007, mostra seu mais recente trabalho em quatro sessões na Lagoa. O Horizonte, lançado em 2016, é seu segundo álbum inteiramente autoral, lançado quatro anos depois de O Mistério. No Rio, a soprano se reencontra no palco com o maestro mineiro João Cristal, com quem gravou, há dez anos, o disco Você e Eu, dedicado ao cancioneiro popular brasileiro dos anos 30 a 70, que também deve abastecer o show. Acompanhada por Rui Lobato (bateria, percussão e guitarra), Óscar Torres (contrabaixo), Marlon Valente (acordeão) e Graciano Caldeira (guitarra), a cantora exibe ainda arranjos originais para canções lusitanas e sucessos de seu antigo grupo. 

Blue Note Rio. Avenida Borges de Medeiros, 1424, Lagoa, ☎ 3577-4477. Quarta (11) e quinta (12), 20h e 22h30. R$ 90,00 (bar) a R$ 450,00 (lounge premium).

Tempo Festival

(PATRICIA CIVIDANES/Divulgação)

O mais imponente palco da cidade e outras dependências do prédio recebem parte da programação do Tempo Festival, grande evento de artes cênicas que, na nona edição, apresentará vinte atrações nacionais e estrangeiras. No Theatro Municipal, na sexta (13), o palco principal recebe A Tragédia e a Comédia Latino-­Americana (foto), texto de Felipe Hirsch encenado por atores chilenos e argentinos, além dos brasileiros Julia Lemmertz e Caco Ciocler. No dia seguinte, a vez é da leitura gratuita de A Vida Acontece no Pântano, de Ana Abbott, no foyer do balcão nobre, e da peça Aquilo que Mais Eu Temia Desabou sobre Minha Cabeça, no Salão Assyrio, parceria entre Pedro Kosovski e o diretor de ópera e musicais holandês Sjaron Minailo. Parte da programação também vai ocupar o Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto. Ingressos até R$ 20,00.

Espaço Cultural Municipal – Rua Humaitá, 163 – Humaitá, Rio de Janeiro. Ingressos até R$ 20,00

Gata em Teto de Zinco Quente

(Marcelo Faustini/Divulgação)

Em 1998, no antigo Teatro Villa-Lobos, Vera Fischer fez barulho no papel de Maggie, clássica personagem de Tennessee Williams, na montagem de Gata em Teto de Zinco Quente dirigida por Moacyr Góes. Quase duas décadas depois, a atriz reencontra o autor americano em Doce Pássaro da Juventude. No palco, ela interpreta Alexandra Del Lago, artista em crise que tem sua percepção de vida transformada ao conhecer um ambicioso jovem (Pierre Baitelli, na foto com Vera). Ivone Hoffmann, Renato Krueger e Mario Borges também estão no elenco, sob a batuta de Gilberto Gawronski (110min). 14 anos.

Teatro Carlos Gomes. Praça Tiradentes, s/nº, Centro. Quinta a sábado, 19h; domingo, 18h. R$ 60,00. Até 26 de novembro. Estreia na quinta (12).

Erwin Wurm — O Corpo É a Casa

(CAROL QUINTANILHA/Divulgação)

Erwin Wurm cria obras em que, com humor, critica padrões de consumo e o culto à beleza. O prestigiado artista austríaco, neste ano em sua quarta participação na Bienal de Veneza, reúne no Rio, pela primeira vez, vídeos, instalações e outros trabalhos na mostra Erwin Wurm — O Corpo É a Casa. No acervo, sobressaem esculturas corpulentas, a exemplo de Adorno como Oliver Hardy em The Bohemian Girl e o Fardo do Desespero (foto) e Casa Gorda, que pesa cerca de 2 toneladas. Nas comemorações de seu 28º aniversário, o CCBB ficará aberto durante 48 horas a partir da manhã de quarta (11), dia da abertura da exposição.

 CCBB. Rua Primeiro de Março, 66, Centro. Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis. Até 8 de janeiro.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s