De volta à Sapucaí, Vera Fischer comenta fama de difícil

Leia na coluna Beira-mar da semana

A fase não poderia ser melhor para Vera Fischer. Em meio a demissões em massa na Globo, a atriz teve seu contrato renovado até 2020, vai lançar programa no YouTube e, depois de quatro anos sem desfilar no Carnaval, está animada para voltar à avenida em 2018, com a Estácio de Sá. “O momento do país é péssimo para as artes, e no Rio isso é ainda mais grave. Retorno para apoiar uma das maiores manifestações culturais do planeta e para protestar contra o desleixo com que estão tratando a nossa cultura”, diz Vera. Ela falou a VEJA RIO sobre as novidades.

Por que ficou tanto tempo afastada da folia?
O tempo foi passando, a idade foi chegando e, nos últimos anos, eu já não achava tanta graça naquela euforia toda. Mas agora estou com muitos projetos e me sentido feliz como havia anos não me sentia. Por que não comemorar?

Como será a sua participação no desfile da Estácio?
Vou sair no carro alegórico que fecha o cortejo, homenageando pessoas que marcaram a história da escola. Eu desfilei em 1991, não me lembrava que haviam se passado tantos anos (risos). Irei com um longo branco, chique e comportado, com decote ousado.

Está dando duro para voltar à avenida com tudo em cima?
Olha, estou numa dieta feia. Não só para o Carnaval, mas quero continuar a me sentir bem e cada vez melhor. Pratico hidroginástica na minha piscina e aula de alongamento; tenho personal e faço uma drenagem milagrosa. Não é para todas chegar aos 66 em cima do alegórico (risos).

Está aberta para um amor de Carnaval?
Estou me namorando. Descobrir-me foi uma das melhores coisas que aconteceram em minha vida. Durmo comigo em uma cama imensa e quando acordo o edredom ainda é só meu (gargalhadas). Essa coisa de estar aberta para o amor nunca funcionou comigo.

E os seus novos projetos, quais são?
Estou na série nova da Globo, Assédio. Voltar a gravar tem feito muito bem para mim. Estou também na expectativa de uma novela. Já escutei passarinhos verdes cheios de boas-novas por aí. No teatro, recebi convite para um monólogo, mas estou digerindo esse desafio.

Por que você ganhou fama de difícil na Globo?
Há muito folclore em cima disso tudo, sabe? Não sou difícil. Se já fui em algum momento, passou. Decoro texto direitinho, chego às gravações na hora certa, não reclamo de nada, cumpro meu trabalho e vou descansar. Seria melhor se as pessoas me julgassem pelo agora.

E do YouTube, você gosta?
Vou lançar um programa de entrevistas, o Vera Fitness, sobre saúde, beleza, felicidade, superação e exercício físico. Gravei o piloto com a Glória Maria, falamos de ioga. A previsão é que vá ao ar no segundo trimestre, vamos torcer.

+ Thaila Ayala é musa de uma cervejaria no Nosso Camarote 

+ Manual de etiqueta criado por Marcelo Crivella gera discórdia

+ Bloco das Gaúchas vira lucrativa atração na noite

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s