Crítica: mostra de Victor Brecheret traz importantes obras da Semana de 22

Atração fica em cartaz até julho na Pinakotheke Cultural, em Botafogo

 Victor Brecheret (1894-1955). Nascido na cidade de Farnese, na Itália, ele chegou ao Brasil com 8 anos. Recebeu as primeiras lições de arte em São Paulo, onde faria história como escultor e modernista de primeira hora. Mesmo acomodada em apenas duas salas da Pinakotheke Cultural, em Botafogo, a exposição dedicada ao artista passeia por boa parte de sua trajetória. Estão lá obras exibidas na Semana de 22 (marco inicial do modernismo), a exemplo de Ídolo (foto), escultura de Brecheret, e telas de Anita Malfatti e Di Cavalcanti. As criações do homenageado principal foram dispostas para ser vistas em 360 graus, revelando expressões e outros detalhes. Instrumentos de seu ateliê, um holograma de sua Pietá e um documentário realizado pela TV Cultura completam o programa. Pinakotheke Cultural. Rua São Clemente, 300, Botafogo. Segunda a sexta, 10h às 18h; sábado, 10h às 16h. Grátis. Até 14 de julho.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s