Crítica: Marcelo Serrado dá vida aos “Vilões de Shakespeare”

Ator acerta a mão no humor em espetáculo dirigido por Sérgio Módena

 Os Vilões de Shakespeare. Cruéis personagens criados pelo mais conhecido dramaturgo da história são evocados por Marcelo Serrado neste monólogo, uma adaptação do premiado texto do americano Steven Berkoff. A primeira boa surpresa da sessão é proporcionada pelo tom descontraído adotado na montagem. O ator encarna Iago (de Otelo), Macbeth, Coriolano, entre outras figuras de caráter duvidoso, e ganha o público quando narra as tramas usando sua experiência com stand-up comedy. Entre pérolas de humor negro e conversas com os espectadores, Serrado brilha ao exibir com leveza um rol particularmente instigante de tipos inventados pelo bardo inglês. Especialista em Shakespeare, Geraldo Carneiro assina a versão brasileira. Direção de Sergio Módena. Parque das Ruínas. Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa. Sábado, 20h; domingo, 19h. R$ 40,00. Até o dia 26.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s