Criador do beachboxing dá aulas do esporte para jovens carentes

Após fazer parte do projeto social Meninos do Boxe quando criança, Moacyr Lima criou o Treinando no Beachboxing da Vida, que já reúne 50 alunos

Quando criança, Moacyr Lima fez parte do projeto social Meninos do Boxe, idealizado pelo professor Cláudio Coe­lho na Academia Nobre Arte, situada no Morro do Cantagalo. A passagem pelo ringue foi fundamental para que ele encontrasse seu caminho profissional: em 2010, Lima fo­rmou-se treinador e, em seguida, virou instrutor do projeto. Cinco anos depois, desenvolveu uma nova modalidade do esporte, em que as aulas são realizadas na praia, o beachboxing. Bem-­sucedido na empreitada, que desde 2012 tem até uma federação, deu início ao Treinando no Beachboxing da Vida, para oferecer aulas gratuitas a jovens de comunidades carentes. “Quero ajudar a molecada a encontrar um caminho legal, positivo, como aconteceu comigo. O esporte salvou a minha vida e chegou a hora de retribuir”, explica ele.

Com cerca de cinquenta alunos já matriculados, entre 7 e 17 anos, atualmente o projeto tem dois núcleos: um na Barra (em frente à Avenida do Pepê, 930) e o outro em São Conrado (na altura do Posto 13, próximo à Rocinha). Para tocar tudo, Lima conta com apenas quatro voluntários. Mesmo assim, sonha em expandir a ação. Já obteve o alvará necessário para levar o beach­boxing às praias de Ipanema (voltado para os jovens do Pavão-­Pavãozinho), Copacabana (Morro dos Cabritos), Leme (Babilônia e Chapéu-Mangueira), Botafogo (Dona Marta), Flamengo (Tavares Bastos e adjacências) e ao Parque Olímpico (comunidades de Madureira, Cascadura e Oswaldo Cruz). “Ainda precisamos conseguir apoio para desenvolver os outros pontos”, diz o treinador, que, no último dia 4, promoveu um torneio na Praia da Barra para atrair patrocinadores. “Vou continuar com essa batalha. Meu objetivo é fazer dos meninos campeões na vida, com responsabilidade e respeito. É isso que importa.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s