Confira 72 atrações gratuitas para curtir o fim de semana

Um guia com programas para se divertir sem gastar dinheiro, com teatro, exposições e muito mais

SHOWS

Arlindo Cruz

Arlindo Cruz faz show gratuito, no sábado (12) em evento do projeto Pedaleiros, no Parque Madureira. O evento começa às 14h, e contará com passeios de bicicleta para deficientes visuais. “Queremos promover um dia especial para todos que comparecerem ao Parque de Madureira, pois o entretenimento e a integração estão no cerne do projeto”, afirma Rafaello Ramundo, idealizador do projeto. Ao longo das quatro edições realizadas do evento 500 deficientes visuais já participaram.

Parque Madureira. Sábado (12), 14h.

Sandra de Sá

Sandra de SáSandra de Sá

 (/)

A cantora faz show gratuito com repertório que inclui os sucessos Olhos coloridos, Sozinha e Bye bye tristeza.

Estrada Velha, Barra de Guaratiba (próximo à Escola Municipal Ana Neri). Sábado (12), 18h.

MC Duduzinho e Pixote

PixotePixote

 (/)

Mc Duduzinho, funkeiro com mais de dez anos de carreira, vai cantar os sucessos Normal Mamãe Passou Açúcar em Mim, Louco Apaixonado e Além da Vida. Há 13 anos na estrada e conhecido por seu pagode romântico, o Pixote vai animar o público com os hits Insegurança, Mande um Sinal e Bateu Levou.

Imperator. Rua Dias da Cruz, 170, Méier. Domingo (13), 18h.

Festival de Shows de Cover

O Downtown promove show do artista Valério Damásio para homenagear Cazuza, grande poeta do rock nacional. A banda Imortais do Rock fará a abertura às 18h. 

Downtown. Av. das Américas, 500, Barra da Tijuca. Sexta (11), 18h.

FESTAS

MAR de Música

MAR de MúsicaMAR de Música

 (/)

O projeto que leva aos pilotis do museu festas e shows gratuitos, em parceria com o Circo Voador, está de volta. Na próxima edição, marca o terceiro aniversário do MAR com o bailão charme do Viaduto de Madureira, além de instalação interativa do artista visual Igor Vidor. A partir das 18h, serão realizadas quatro visitas guiadas gratuitas pelas exposições. Barraquinhas de comes e bebes completam o programa.

Museu de Arte do Rio (MAR). Praça Mauá, s/nº, Zona Portuária, ☎ 3031-2741. Sexta (11), 18h. Grátis.

Choro e samba na Praça

Todo domingo, na Praça São Salvador, acontece a apresentação de choro de ótima qualidade, seguido de um samba. Junto ao chorinho, tem uma feira com diversas barracas que vendem artesanato e outros produtos.

Praça São Salvador, Laranjeiras. Domingos, 11h.

DUO

Projeto V 00Projeto V 00

 (/)

A festa ocupa o 00, na Gávea, a partir das 17h, com uma edição especial em homenagem ao Dia Internacional da Mulher. As DJs Andressa Fleming e Lis Amaral ficam responsáveis pelo som no deck. A partir de meia-noite, a animação é na pista com as DJs Miss Klauss e Raphaella Avena.

00 Gávea. Avenida Padre Leonel Franca, 240, Gávea. Domingo (13), 17h/5h. Grátis (entre 17h e 20h); R$ 30,00 (de 20h às 22h); R$ 50,00 (após 22h); Lista: R$ 30 (22h à 0h).

CINEMA

15ª Mostra do Filme Livre

Mostra do Filme Livre

Mostra do Filme Livre

Começa nesta quata (9) a 15ª edição da Mostra do Filme Livre, no Centro Cultural Banco do Brasil. Com 205 filmes independentes, o evento tem como foco discutir a atual produção do cinema brasileiro, em especial os curtas e longas-metragens fora do circuito comercial. Em cartaz até o dia 4 de abril, a mostra seguirá depois para São Paulo, Brasília e Belo Horizonte. Clique para saber mais.

Branca de Neve e os sete anões

Branca de NeveBranca de Neve

 (/)

Uma rainha má e bela resolve, por inveja e vaidade, mandar matar sua enteada, Branca de Neve, a mais linda de todo o reino. Mas o carrasco que deveria assassiná-la a deixa partir e, durante sua fuga pela floresta, ela encontra a cabana dos sete anões, que trabalham em uma mina e passam a protegê-la. Algum tempo depois, quando descobre que Branca de Neve continua viva, a Bruxa Má disfarça-se e vai atrás da moça com uma maçã envenenada, que faz com que Branca de Neve caia em um sono profundo até o dia em que um beijo do amor verdadeiro a faça despertar.

Arena Dicró. Parque Municipal Ary Barroso, Avenida Brás de Pina, s/nº, Penha. Sábado (12), 10h30.

Os Pinguins de Madagascar

Os Pinguins de MadagascarOs Pinguins de Madagascar

 (/)

Vindos da franquia de animação Madagascar, Capitão, Kowalski, Rico e Recruta, a elite do pinguins espiões, são capturados em uma missão que tinha como objetivo presentear o integrante mais novo da tropa (Recruta) em seu aniversário. Eles caem nas garras do temido Dr. Otavius Brine, que se sentiu prejudicado pelo quarteto em um passado remoto. Agora, eles vão ter que impedir o maléfico plano do vilão de se vingar dos pinguins do mundo todo e, para isso, terão que juntar forças com uma especializada agência de espiões, a Vento do Norte, liderada pelo Agente Secreto. Enquanto isso, Recruta tenta provar seu valor como agente especial do time de pinguins.

Arena Dicró. Parque Municipal Ary Barroso, Avenida Brás de Pina, s/nº, Penha. Domingo (13), 10h30.

CONCERTOS

Mike del Ferro

O pianista holandês Mike del Ferro e os músicos brasileiros André Vasconcellos (bateria) e Márcio Bahia (contrabaixo) se apresentam no próximo no CCBB, no Centro. O trio leva ao palco uma mistura de composições originais, músicas compositores brasileiros e standards de jazz.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro,  3808-2020. Domingo (13), 17h.

Música no Museu

Neste sábado (12), o projeto volta a ser apresentado no Centro Cultural Parque das Ruínas, em Santa Teresa. Na programação, o grupo vocal Amantes da Música apresentará obras clássicas brasileiras. O evento é gratuito e tem classificação livre.

Parque das Ruínas. Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa. Sábado (12), 11h30.

ESPECIAL

Babilônia Feira Hype

Babilônia Feira HypeBabilônia Feira Hype

 (/)

Além dos cerca de 150 estandes de artigos de moda, os visitantes encontram programação ligada a arte e design, e também food trucks, bikes e barraquinhas de comida. Para os pequenos, há parquinho e teatro.

Complexo Lagoon. Avenida Borges de Medeiros, 1422, Lagoa, ☎ 2512-3002. Sábado (12) e domingo (13), 14h/22h. Grátis.

Food Truck Festival Jazz Ahead

Los MendozitosLos Mendozitos

 (/)

Os amantes de comida de rua e boa música já têm parada certa esta semana. A partir desta terça (8), o shopping VillageMall, na Barra da Tijuca, promove o retorno do seu Food Truck Festival com várias novidades. Esta edição, que acontece até domingo (13), conta com a participação da Jazz Ahead, tradicional festa da dedicada ao ritmo norte-americano, que transformará os jardins do estabelecimento em um palco a céu aberto. Clique para saber mais.

Rio Bier Festival

Rio Beer Festival 2016 - Città AmericaRio Beer Festival 2016 – Città America

 (/)

Neste fim de semana, o Città America, na Barra, será destino certo para cervejeiros de plantão. De sexta (11) a domingo (20), acontece por lá o 1º Rio Bier Festival,que reunirá cerca de quinze expositores de cervejas artesanais nacionais e importadas na área externa do shopping (em frente ao bloco 6), com entrada gratuita. Clique para saber mais.

Ato e Efeito

Gregorio Duvivier Ato e EfeitoGregorio Duvivier Ato e Efeito

 (/)

Criação de Rafael Teixeira, Fernando Neumayer e Luís Martino, o projeto celebra o teatro através do registro de cenas em que atores leem trechos de peças marcantes em suas respectivas carreiras. Nos filmes de curta duração, que serão exibidos no térreo do espaço, nomes como Debora Lamm, Gregorio Duvivier, Gustavo Gasparani e Charles Fricks atingem alta voltagem dramática durante suas leituras.

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo,  3131-3060. Terça a domingo, 11h/20h. Grátis. Até 1º de maio.

Por dentro do Palácio

Por dentro do palácioPor dentro do palácio

 (/)

As visitas teatralizadas apresentam o Antigo Palácio da Justiça ao público. Os imperadores bizantinos Justiniano, O Grande, e sua esposa Teodora, personagens interpretados pelos atores Andrêas Gatto e Amanda Grimaldi Lerias, voltam a conduzir os visitantes pelas dependências do prédio histórico.

Antigo Palácio da Justiça. Rua Dom Manuel, 29, Centro. Sábado (5), 16h. Distribuição de senhas na entrada 15 minutos antes do início da visita.

Mostra Mundi – Arte e cultura ao alcance de todos.

Mostra MundiMostra Mundi

 (/)

Na Mostra Mundi são comercializadas peças de várias partes do mundo, explorando cada peculiaridade regional. O evento, que já passou por diversas capitais do país, promove um intercâmbio cultural através da arte, cultura e do artesanato. No local, o público poderá conferir peças típicas e exóticas, originárias de diversos países, e disponíveis para exposição e venda.

Riosul. Rua Lauro Müller, 116, Botafogo. Segunda a sábado, 10h às 22h; domingos e feriados, 15h às 21h. Até 14 de março.

Festival de Food Bikes e Trucks

O Fashion Mall promove o evento com opções para todos os gostos como vinhos da Las Chicas, Bike Brownies, Rechearia, Descolado, Caliente, Retro, entre outras. A programação com as atrações de cada semana é divulgada nas redes sociais do shopping.

Fashion Mall. Estrada da Gávea, 899, São Conrado. Diariamente, 12h às 22h. Até 23 de março.

Américas Summer Festival

Pedro Lima

Pedro Lima

Serão quatro dias de música, gastronomia e brincadeiras para agitar pais e filhos. As famílias poderão curtir diversas atrações pós-praia, incluindo shows de Pedro Lima e Gabby Moura, ex-participantes do programa The Voice Brasil. As apresentações musicais acontecem aos sábados (dias 12 e 19), a partir das 19h. Nos domingos (dias 13 e 20), das 17h às 20h, o DJ Dodô comanda a pista do Américas Summer Festival, que será instalada no terraço do shopping.

Américas Shopping fica na Av. das Américas, 15.500, Recreio (esquina com Benvindo de Novaes). Sábado e domingo, 15h às 21h. Até 20 de março.

ESPORTE

Praia Para Todos

O Projeto Praia Para Todos retoma as atividades de acessibilidade neste verão. Das 9h às 14h, de sábado e de domingo, portadores de necessidades especiais poderão participar do banho de mar assistido, vôlei sentado, surf e Stand up paddle adaptado. Até 30 de abril de 2016. Clique para saber mais. 

Campeonato Nacional de Tênis de Mesa

A partir desta terça (8), o público poderá conferir as competições do Campeonato Nacional de Tênis de Mesa, o famoso ping-pong. O torneio acontece até o próximo dia 20 de março e contará com a participação de 56 atletas. As competições acontecerão nos finais de semana, de 14h às 19h, dos dias 12 (categoria Adulto); 13 (categoria Infanto Juvenil); 19 (categorias Feminino e Paralímpico) e 20 de março (categoria Adulto). Clique para saber mais.

Runbase Rio

A casa de apoio da Adidas a corredores amadores recebe os cariocas. Instalado na Lagoa Rodrigo de Freitas, em frente ao Parque da Catacumba, o espaço funcionará diariamente entre 6h e 21h (segunda a sexta) e de 8h às 14h (sábado e domingo). O local oferece ao público empréstimo de diversos modelos de tênis de corrida da marca, vestiários com chuveiros, armários, além do teste de pisada, importante para identificar que tipo de tênis se adequa melhor a cada pessoa. Clique para saber mais.

Krav Maga

No mês de março, 16 endereços na cidade realizam treinamentos gratuitos de defesa pessoal para mulheres. A iniciativa é da Federação Sul Americana de Krav Magá, que espera receber cinco mil mulheres para aprender a modalidade desenvolvida em Israel durante a Segunda Guerra Mundial. Clique para saber mais.

Meditação na Praia do Flamengo

O monge Luís Carlos de Mello, do movimento religioso Happy Science (Ciência da Felicidade), faz uma sessão de meditação que dura em média 45 minutos. Mello faz uso de métodos de relaxamento e energização para introduzir os participantes a temas como espiritualização, fortalecimento da mente, controle dos pensamentos, alívio nas doenças, obtenção de curas, conexão e harmonia com universo, busca do ‘eu’ interior, entre outros.

Praia do Flamengo, entre os postos 2 e 3. Todos os domingos, 11h.

CRIANÇAS

Circo da Silva

Circo da SilvaCirco da Silva

 (/)

Para celebrar seus dez anos de existência, a trupe Circo da Silva lança o DVDHumAnimal, com a exibição do filme e um cortejo, no sábado (12). No dia seguinte, haverá apresentação de números circenses e da banda do Circo, que mistura gêneros musicais e brinquedos variados.

Memorial Getúlio Vargas. Praça Luís de Camões, s/nº, subsolo, Glória. Sábado (12), 15h. Grátis. Parque Garota de Ipanema. Avenida Francisco Bhering, s/nº, Ipanema. Domingo (13), 16h. Grátis.

Palavra de Bicho

Um pássaro viaja o mundo com o objetivo de aprender novas histórias para encantar e entreter o povo do reino em que vive. Durante sua trajetória, ele encontrará bichos surpreendentes e personagens de diferentes tradições culturais. Palavra de Bicho é um espetáculo interativo de contação de histórias no qual os atores Bianca Barboza e Sérgio Santal utilizam fantoches, cantigas de roda e técnicas teatrais para contar histórias populares do Brasil, Espanha, Senegal e Inglaterra.

Teatro Municipal de Marionetes Carlos Werneck. Parque do Flamengo (Praia do Flamengo altura do número 300). Sábado (12) e domingo (13), 11h.

Café Pequeno da Silva e Psiu

Café Pequeno 1 - crédito Bruna Prado bxCafé Pequeno 1 – crédito Bruna Prado bx

 (/)

O desengonçado palhaço Café Pequeno da Silva vai aprontar todas na antiga casa da família Real no Rio de Janeiro. O espetáculo será apresentado gratuitamente, na Quinta da Boa Vista. A programação faz parte do projeto Palhaço na Praça, do Grupo Off-Sina e vai estampar o sorriso no rosto de crianças e adultos a partir das 11h. Logo após se apresenta a Turma do Biribinha, com “Magia – O Espetáculo”, com Teófanes Silveira, estreando no Rio de Janeiro.

Quinta da Boa Vista, São Cristóvão. Domingo (13), 11h.

Recreação infantil

A programação traz diversas atividades para as crianças a partir de 2 anos. Os pequenos poderão participar de oficinas em diversos ambientes diferentes: oficinas de máscaras de carnaval, pintura, massinha, argila, desenho e jogos. O evento é gratuito e será realizada na Praça de Alimentação.

Shopping Bay Market fica na Av. Visconde do Rio Branco, 360, Centro, Niterói. Todo domingo, 17h.

Star Wars Experience

NorteShopping - Parque Star Wars ExperienceNorteShopping – Parque Star Wars Experience

 (/)

Os participantes poderão se tornar um verdadeiro Jedi em uma academia de treinamento que ensinará a manusear um sabre de luz. Ao final, quem passar por lá pode mostrar as suas práticas para o arquirrival Darth Vader. Serão de 8 a 12 alunos por vez e é necessário retirar uma senha no balcão de atendimento do evento. O espaço conta ainda com um brinquedo ambientado na floresta “Endor”, em que os participantes terão a missão de ajudar os Ewoks a protegerem suas moradias. Outra atração é a chuva de meteoros, que consiste em um simulador que criará a experiência de atravessar o espaço sem ser atingido pelas rochas.

Shopping Tijuca. Av. Maracanã, 987, Tijuca. Diariamente. Até 26 de março.

Peppa Pig Playground

Peppa PigPeppa Pig

 (/)

O shopping recebe o espaço e promove, até o próximo domingo (6), encontros gratuitos com a personagem e seu irmão, George, das 15h às 21h. Além dos encontros, o Peppa Pig Playground possui uma área de visitação gratuita, incluindo um espaço onde os pequeninos podem se divertir na Casa de Pedra, no balanço do Lago dos Patos e no escorregador da Casa da Árvore.

Plaza Shopping Niterói. Rua Quinze de Novembro, 8, Centro, Niterói. Segunda a sábado, 10h às 22h; domingo, 13h às 21h. Até 28 de março.

Parada de Páscoa

Para abrir a temporada mais esperada pelos chocólatras de plantão, um desfile imperdível com personagens caracterizados de coelhinhos encantará a todos os clientes no Bangu Shopping no próximo sábado, dia 4 de março. A Parada de Páscoa contará com a distribuição de ovinhos de chocolate e orelhas de coelhos.

Bangu Shopping. Rua Fonseca 240, Bangu. Sábado (5), 16h. Até 26 de março.

Páscoa Divertida no Clubinho

Os pequenos vão curtir diariamente oficina de máscara de coelhinho, camarim do coelho e boliche do coelho. De segunda a sexta, as crianças participam ainda de uma divertida oficina de colorir. Aos sábados e domingo a atração especial é a deliciosa oficina de brigadeiro. No dia 27 de março, o evento terá a presença especial do Coelho da Páscoa e a garotada e poderá tirar fotos. A atração é indicada para crianças entre 1 a 12 anos e tem vagas limitadas. As inscrições devem ser feitas no local.

Carioca Shopping. Av. Vicente de Carvalho, 909, Vila da Penha. Diariamente, 14h às 20h. Até 27 de março.

Mulan

A peça  narra as aventuras da jovem menina, dedicada à família, que ao saber  que seu pai está velho e não pode mais guerrear, resolve ajudá-lo.  Para conseguir provar que pode lutar pelo seu país, a menina se passa  por um guerreiro, com cabelos curtos e trajes masculinos. Depois de  muitas aventuras e de mostrar sua força e habilidade, Mullan salva a  vida do Imperador Chinês, que se torna grato a ela por toda a sua  vida.

Shopping Jardim Guadalupe. Av. Brasil, 22.155, Guadalupe. Domingo (13), 17h.

Chapeuzinho Vermelho

A menina caminha rumo à casa da sua avó, mas muda o percurso para um mais longo depois de conversar e confiar no conselho do Lobo Mau. Quando finalmente chega ao seu destino, o lobo finge ser a avó da menina e tenta enganá-la novamente. No entanto, nesse momento de grande perigo, o lenhador aparece e garante o resgate das duas. Assim, Chapeuzinho e sua avó ficam em segurança e aprendem uma grande lição.

Downtown. Av. das Américas, 500, Barra da Tijuca. Sábado (12), 19h.  

Aladdin

O jovem simples apaixona-se pela princesa Jasmine, filha do sultão, mas guarda consigo um bem precioso. Trata-se do gênio da lâmpada, que Aladdin encontrara por acaso. Ao deparar-se com a possibilidade de realizar três desejos, o rapaz atrai a inveja de Jafar, conselheiro do pai da sua amada, que vai fazer de tudo para impedir a realização dos sonhos do rapaz.

Downtown. Av. das Américas, 500, Barra da Tijuca. Domingo (13), 19h.

Hora da Criança

No sábado (12), as crianças terão a oportunidade de conhecer o método Kumon e ouvir diferentes e divertidas historinhas infantis. No domingo (13), a história da artista mexicana Frida Kahlo faz parte do ciclo de atividade, em parceria com a Cia. Teatro e Companhia. O mundo da artista será apresentado às crianças através de histórias narradas, desenhadas e pintadas, em uma narrativa baseada na história real de Frida.

Riosul. Rua Lauro Muller, 116, Botafogo. Saraiva Mega Store – 3º Piso. Sábado (12) e domingo (13), 16h.

Oficina de Cake Pop

As crianças que visitarem o shopping no próximo domingo (13) terão a chance de mostrar todo seu talento de mini chefe na Oficina de Cake Pop. Os participantes ganharão uma massa pronta, poderão fazer seu bolo e comê-lo.  

São Gonçalo Shopping. Avenida São Gonçalo 100, Boa Vista, São Gonçalo. Domingo (13), 15h.

Uma Viagem Fantástica

A peça narra a história de um menino que não gosta de ler. Ele conhece o senhor Merlim, um velhinho dono de uma livraria muito especial. Na livraria, o menino será presenteado com um livro mágico que o transporta para dentro das histórias. 

Américas Shopping fica na Av. das Américas, 15.500, Recreio (esquina com Benvindo de Novaes). Sábado (12), 17h.

Clubinho

Neste domingo, para a abertura do Clubinho, a programação será baseada no Folclore Brasileiro. As crianças terão a oportunidade de aprender a cantar e dançar cantigas populares de roda como Escravos de Jó, Alecrim e o Cravo e a Rosa. Além de atividades de colorir e modelar, a garotada irá se divertir, colocar a criatividade pra funcionar e criar o seu próprio instrumento de sucata pra levar pra casa. 

Ilha Plaza. Av. Maestro Paulo e Silva, 400, Ilha do Governador. Domingo (13), 13h às 17h.

Páscoa na floresta

O evento resgata de forma divertida o encantamento da Páscoa e seus personagens levando entretenimento para a criançada e toda a família. 

Shopping Pátio Alcântara. Praça Carlos Gianelli, s/nº, Alcântara, São Gonçalo. Sábado (12), 16h30.

Aladdin

Após o sultão ordenar que sua filha, a princesa Jasmine, ache um marido rapidamente, ela foge do palácio. A bela Jasmine acaba encontrando Aladdin, um tipo meio malandro, que conquista seu coração. Porém, ambos são achados pelos guardas do malvado Jafar e a partir daí muitas aventuras o aguardarão.

Santa Cruz Shopping fica na Rua Felipe Cardoso, 540, Santa Cruz. Domingo (13), 17h.

Mágico Richard Goulart

Richard Goulart, é ator e humorista desde 1993, o que facilita a comicidade do espetáculo. O show mistura truques de mágica com animação e técnicas teatrais para o público. 

Shopping Metropolitano Barra. Av. Embaixador Abelardo Bueno, 1.300, Centro Metropolitano, Barra da Tijuca. Domingo (13), 17h.

Mágico Siskini

O mágico e ventríloquo se apresenta para as crianças somando brincadeiras e interações à uma historinha que encantará a todos. 

Recreio Shopping. Avenida das Américas, 19.019, Recreio dos Bandeirantes. Domingo (13), 17h.

EXPOSIÇÕES

Conversação

Aristides Correa Dutra ConversaçõesAristides Correa Dutra Conversações

 (/)

As belezas naturais do Rio levam a certa injustiça contra a cidade: pouco se fala das maravilhas artificiais locais. Na exposição de fotos Conversação, com abertura prevista para este sábado (5), no Parque das Ruínas, Aristides Correa Dutra propõe um olhar atento sobre a cidade construída. Ele evitou monumentos como o Theatro Municipal, o MAM ou nosso ícone mais recente, o Museu do Amanhã. Nas imagens, ressalta “personagens” raramente notados pelo passante apressado. “Quase todas as fotos têm a figura humana. Há vultos históricos, santos, anjos, alegorias, figuras mitológicas e máscaras”, relata o artista plástico e fotógrafo, que se diz influenciado por Marc Ferrez e Augusto Malta, e pelo fotógrafo de moda alemão Horst P. Horst (1906-1999), devido ao “tratamento escultórico que dava ao corpo humano”. Flanando pela cidade, Dutra trilha caminho oposto ao humanizar esculturas cariocas — a exemplo de Alegoria da Sabedoria, trabalho de terracota que enfeita o topo do Solar do Visconde do Rio Seco, no Centro.

Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas. Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa, ☎ 2215-0621. Terça a domingo, 10h às 18h. Grátis. Até 8 de maio.

Galeria Transparente — Showroom

Em 2014, Frederico Dalton partilhou, via Facebook, uma intervenção sobre a foto de um espaço vazio na Rua da Glória. No retrato do local, preparado para receber uma banca de jornais, inseriu digitalmente a imagem de um trabalho seu. Os amigos acreditaram estar diante de um registro real. Outro artista, Bob N, enviou a foto de um trabalho seu e pediu para expô-la no mesmo espaço urbano. Nascia assim a Galeria Transparente. Agora, com curadoria de seu criador, 25 artistas exibem trabalhos inspirados pela ideia de um espaço, ao mesmo tempo, físico e imaginário. Performances ligadas à original proposta serão apresentadas aos sábados, durante a temporada.

Centro Cultural Justiça Federal. Avenida Rio Branco, 241, Centro,  3261-2565,  Cinelândia.  Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 24 de abril.

Agricultura da Imagem

Arbusto-Azul-Rodrigo-Braga-2013Arbusto-Azul-Rodrigo-Braga-2013

 (/)

Com passagens por São Paulo e Fortaleza, a mostra reúne obras do amazonense Rodrigo Braga. Radicado no Rio, ele usa a natureza como matéria-prima para suas obras. Serão exibidas trinta fotografias, três vídeos e uma instalação, além de objetos pessoais e desenhos originais, inspirados pelas paisagens da Floresta da Tijuca, do litoral de Pernambuco e do Rio Negro, no Amazonas. Braga possui trabalhos em acervos importantes no Brasil e no mundo, a exemplo do MAM carioca e da parisiense Maison Européenne de la Photographie.

Espaço Cultural BNDES. Avenida República do Chile, 100, Centro, ☎ 0800 702-6337, ↕ Carioca. → Segunda a sexta, 10h às 19h. Grátis. Até 15 de abril.

Visão Fontana

Para o poeta mato-grossense Manoel de Barros (1916-2014), “visão fontana” é a maneira pela qual os poetas veem o mundo. A visão seria a própria fonte do que se vê, e não uma mera constatação. Em sua primeira individual, o jovem artista plástico petropolitano Bruno Belo se apropria do conceito criado pelo poeta para apresentar um recorte de sua produção recente. Visão Fontana, a mostra, reúne trabalhos em tela e papel, em grandes e pequenas dimensões, executados com tinta a óleo, acrílica, aquarela e pó de grafite, todos inéditos.

Galeria de Arte Ibeu. Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 690, 2º andar, Copacabana, ☎ 3816-9473. Segunda a sexta, 13h às 19h. Grátis. Até 8 de abril.

Outras Portas da Percepção — Um Experimento em Teoria da Imagem

OUTRAS PORTAS-MeninaOUTRAS PORTAS-Menina

 (/)

Desde os anos 70, Arthur Omar marca presença em múltiplas áreas da produção cultural. Atua como cineasta, fotógrafo, ensaísta, artista plástico, muitas vezes fazendo tudo ao mesmo tempo. Pioneiro, no país, na exploração de novas mídias, já expôs na Bienal de São Paulo (1997) e no nova-iorquino MoMA (1999). Em sua mais recente mostra, Outras Portas da Percepção — Um Experimento em Teoria da Imagem, Omar exibe três séries de fotografias acompanhadas de fragmentos de texto. Nas fotos, tenta capturar o momento em que a imagem sem forma começa a se definir. Na Galeria 1 pontificam interferências sobre o quadro A Menina do Brinco de Pérola, do holandês Johannes Vermeer (1632-1675). A Galeria 2 abriga imagens de matéria inanimada transformadas, de maneira bem subjetiva, em seres míticos. Na Galeria 3, formas indefinidas ganham recortes nítidos e imagens coloridas são apresentadas em preto e branco. A ideia é que o visitante saia com a sensação de ter experimentado “uma sucessão de acasos inesperados”, nas palavras do artista.

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, níveis 2, 4 e 5, Flamengo,  3131-3060. Terça a domingo, 11h às 18h. Grátis. Até 1º de maio.

Guilherme Vaz

Ainda que tecnicamente correta, a classificação do mineiro Guilherme Vaz como músico e compositor soa insuficiente. Um dos mais premiados autores de trilhas sonoras do país, com mais de sessenta filmes no currículo, ele introduziu a música concreta no cinema brasileiro, com o filme Fome de Amor (1968), de Nelson Pereira dos Santos. Adepto das experimentações, acabou por fazer parte, entre o fim dos anos 60 e o início da década seguinte, da nascente cena carioca da arte conceitual, tornando-se um pioneiro ao produzir obras que tinham por base o som. Essa rica trajetória é apresentada em Uma Fração do Infinito, mostra que abre na quarta (13) no CCBB. Uma das salas será inteiramente dedicada às investigações de Vaz no campo da música, incluindo instalações sonoras e partituras convencionais e conceituais — entre as últimas, Silêncio, com instruções para uma performance. Vídeos, fotografias, desenhos e pinturas completam o acervo.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro,  3808-2020. Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis. Até 4 de abril.

Múltiplo Leminski

Paulo LeminskiPaulo Leminski

 (/)

A rica trajetória do poeta Paulo Leminski (1944-1989) está contemplada na mostra, que reúne mais de 1 000 itens. São objetos pessoais, livros, originais manuscritos e datilografados, recortes de trabalhos publicados, cartas, documentos, vídeos e filmes.

Caixa Cultural. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro,  3980-3815, Carioca. → Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 20 de março.

Rapunzel

No célebre conto dos irmãos Grimm, publicado em 1812, Rapunzel, linda moça de cabelos dourados, é trancada em uma torre sem porta ou escada. Certo dia, um príncipe a ouve cantar e se encanta. Ele aprende a subir na tal torre agarrado às longuíssimas tranças da jovem. Na instalação que leva o nome da princesa, a artista mineira Flávia Bertinato “aprisiona” em sete carretéis longas tranças feitas de fibra de sisal. Manivelas e tesouras ficam ao alcance das mãos do visitante, mas não é possível mover os “cabelos”: a obra pesa 700 quilos. Rapunzel é o sétimo projeto contemplado com o Prêmio CCBB Contemporâneo, instituído por edital nacional em 2014. Ao todo, foram selecionados dez nomes entre 1  823 inscritos. As individuais, sempre na Sala A, começaram com o Chelpa Ferro. Até julho serão apresentados trabalhos do mineiro Alan Borges, de Ana Hupe e de Floriano Romano, ambos do Rio.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, 2º andar, sala A, 3808-2020. Quarta a segunda, 9h às 21h. Livre. Grátis. Até 28 de março.

✪✪✪✪ Zeitgeist A Arte da Nova Berlim

ZeitgeistZeitgeist

 (/)

Desde o fim da Guerra Fria, Berlim atrai artistas de todas as partes do planeta.A queda do Muro, em 1989, refundiu os lados ocidental e oriental da cidade e gerou um sentimento de liberdade propício à experimentação, alimentado por alegre miscelânea de tendências com altas doses de criatividade. De certa maneira, a capital da Alemanha retomou o lugar de destaque entre os principais centros produtores de vanguardas artísticas mundiais que ocupava no começo do século XX. A mostra Zeitgeist — A Arte da Nova Berlim, em cartaz no CCBB, capta essa realidade de modo emocionante, reunindo obras que testemunham processos únicos de destruição, reconstrução e ocupação do espaço urbano. São apresentados os olhares múltiplos de 29 artistas plásticos contemporâneos. Nas fotos de grande formato, ruínas compõem imagens de rara beleza. Há retratos fantasmagóricos da terra de ninguém que partia Berlim ao meio, com passado e presente misturando-se diante dos olhos. É melancólico e bonito. Na sala Clube Berlim, dedicada à cena tecno do bairro de Mitte, iluminada por luz vermelha, o visitante é envolvido pela cultura eletrônica. Trinta anos de flyers, fotos dos clubes que ocupavam imóveis destruídos, fotos das fachadas, música, projeções e sets de DJs recriam com precisão a cena dos anos 80 e 90 — quem viveu os ecos desse movimentopor aqui vai sentir uma ponta de saudade.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro,  3808-2020. Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis. Até 4 de abril.

Depois do Futuro — Daniela Labra

A coletiva faz parte do programa Curador Convidado, em que curadores mesclam trabalhos de alunos da Escola de Artes Visuais (EAV) a obras de artistas conhecidos. A convidada deste ano, que marca a quarta edição da mostra, é a chilena radicada no Rio Daniela Labra. O fio condutor para a escolha das obras é a noção de futuro. Daniela reuniu cerca de sessenta criações de 39 artistas plásticos brasileiros e estrangeiros. Entre os nomes em destaque estão os brasileiros Laercio Redondo e Lia do Rio, a mexicana Teresa Margolles e a espanhola Irene de Andrés. Na programação paralela, o público poderá participar de debates com acadêmicos, ativistas e artistas.

Parque Lage. Rua Jardim Botânico, 414, Jardim Botânico,  3257-1800. Segunda a domingo, 10h às 17h. Grátis. Até 1º de maio.

Exposição de Verão

Há treze anos, a galeria de arte Silvia Cintra + Box 4, na Gávea, realiza sua Exposição de Verão. Funciona assim: as galeristas Silvia e Juliana Cintra, mãe e filha, convidam um(a) curador(a) e deixam o espaço por conta dele(a). Ao longo desse tempo, o evento passou a fazer parte do calendário carioca das artes plásticas. Orientação para a próxima mostra, que entra em cartaz na quinta (18), o tema Portas foi tirado de Para a Hora da Esperança, poema da americana Emily Dickinson (1830-1886), dos versos “Sem saber quando virá o amanhecer / Abro todas as portas”. A curadora convidada é Luiza Teixeira de Freitas, carioca radicada em Lisboa, que já trabalhou na londrina Tate Modern, na Bienal de Marrakesh e no Museu Berardo, na capital portuguesa. Luiza escolheu obras de artistas que, de alguma forma, aludem ou se ligam ao objeto em questão. O paulistano Nelson Leirner comparece com uma obra da série Boa Noite, Cinderela, de 2013, feita com recortes de fotografias em acrílico.

Silvia Cintra + Box 4. Rua das Acácias, 104, Gávea,  2521-0426. Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 12h às 18h. Livre. Grátis. Até 19 de março.

Frida Kahlo: Conexão entre Mulheres Surrealistas no México

El abrazo de amor del universo, mi tierra (México), Diego, yo y el señor XólotlEl abrazo de amor del universo, mi tierra (México), Diego, yo y el señor Xólotl

 (/)

A exposição, que reúne trinta obras de Frida Kahlo (1907-1954), também conta com mostra de filmes sobre a artista e outras representantes das artes plásticas no México.

Caixa Cultural. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro,  3980-3815, Carioca. Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 27 de março.

+ Onze motivos para visitar a exposição sobre Frida Kahlo

✪✪✪✪ Roberto Rodrigues

Amigo de Portinari, com quem dividiu ateliê, e irmão do dramaturgo Nelson Rodrigues, o pintor, escultor e desenhista Roberto Rodrigues (1906-1929) teve seu talento promissor abreviado por uma tragédia: aos 23 anos, trabalhava na redação da Crítica, jornal de seu pai, Mário Rodrigues, quando foi ferido a bala — morreria três dias depois — por Sylvia Thibau, que ele havia retratado na edição daquele fatídico 26 de dezembro. Sob o desenho publicado, a imagem da mulher deixando-se examinar, lânguida, por um médico, a matéria explorava em tom jocoso detalhes de sua separação. Com parte do acervo do artista doado pela família, conforme o desejo de seu filho, o designer Sérgio Rodrigues (1927-2014), foi montada a mostra Roberto, um Certo Rodrigues, no Museu Nacional de Belas Artes. O recorte de trinta desenhos revela um estilo único, capaz de conciliar traços elegantes com imagens mórbidas e sensualidade. Na seleção sobressaem ilustrações feitas para a Crítica, representações de cenas cotidianas e um belo autorretrato.

Museu Nacional de Belas Artes. Avenida Rio Branco, 199, Centro,  3299-0600, Cinelândia. Terça a sexta, 10h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 17h. R$ 8,00 (pelo mesmo valor, o ingresso-família contempla até quatro parentes) e grátis aos domingos. Até 13 de março.

José Oiticica Filho

José Oiticica FilhoJosé Oiticica Filho

 (/)

No início dos anos 40, trabalhando como entomologista no Museu Nacional, José Oiticica Filho (1906-1964) dedicava-se ao estudo de insetos através da técnica da microfotografia. A atividade despertaria o seu entusiasmo pelas possibilidades artísticas do uso da câmera, interesse ao qual ele se devotaria com afinco, tornando-se uma figura proeminente na fotografia moderna brasileira. A relação com a cultura parece vinculada ao seu sobrenome: o pai, José Oiticica (1882-1957), foi um pensador anarquista e filólogo, enquanto seus filhos — Hélio (1937-1980), o mais conhecido deles, César e Cláudio — tiveram ou têm ligação com as artes visuais. Na celebração dos 110 anos de seu nascimento, uma exposição na Galeria Índica, em Ipanema, apresenta trinta obras do fotógrafo. Pinçado de sua produção entre o fim dos anos 40 e 1964, o acervo contempla diversas fases do artista, revelando em muitas delas a verve experimental. Detalhe: um dos curadores da mostra é César Oiticica Filho, neto do fotógrafo e, como cineasta e artista plástico, também herdeiro da tradição artística da família.

Galeria Índica. Rua Visconde de Pirajá, 82, lojas 101 e 117, subsolo, Ipanema, 2523-6493, General Osório. Terça a sábado, 11h às 19h. Grátis. Até 12 de março.

Espaço-Tempo

Em 1972, depois de quatro anos em Nova York, Rubens Gerchman (1942-2008) escreveu e dirigiu o curta Triunfo Hermético, em 35 milímetros. Concebido como um poema visual, o filme mostra esculturas de palavras em relação com os quatro elementos (terra, fogo, água e ar). Tempos depois, a partir do registro fotográfico de algumas cenas, o artista criou uma série de gravuras e a escultura Ar, que formam a Suíte Triunfo Hermético. A exposição Espaço-Tempo, na galeria Mul.ti.plo, reúne essas e outras dezesseis obras de Gerchman raramente vistas em público. Entre as treze gravuras escolhidas sobressai ainda a serigrafia Monalou, exibida pela última vez nos anos 70. Inspirada por uma personagem real, Maria de Lourdes de Oliveira, a Lou, que causou furor naquela década ao matar um ex-namorado, a obra mistura a tela A Negra, de Tarsila do Amaral, e a Mona Lisa, de Leonardo da Vinci. A curadoria da mostra é de Clara Gerchman, filha do artista.

Mul.ti.plo Espaço Arte. Rua Dias Ferreira, 417, sala 206, Leblon,  2259-1952. Segunda a sexta, 10h às 18h30; sábado, 10h às 14h. Grátis. Até 17 de março.

A Viagem das Carrancas

Em 1946, os fotógrafos Marcel Gautherot (1910-1996) e Pierre Verger (1902-1996), este também etnólogo, percorreram o Rio São Francisco documentando a vida das populações ribeirinhas. Parte significativa dos cliques de Gautherot teve como alvo carrancas que adornavam os barcos com os quais a dupla cruzava no trajeto. Em cartaz no Instituto Moreira Salles a partir de domingo (6), a mostra A Viagem das Carrancas apresenta 42 dessas fotografias, pertencentes ao acervo da instituição, além de quarenta esculturas, vindas de coleções públicas e particulares. Entre os destaques está a figura de proa da barca Minas Gerais, a maior embarcação a ter navegado o rio. A mostra inclui ainda trabalhos de Francisco Biquiba Dy Lafuente Guarany (1882-1985), o mais respeitado escultor desse tipo de obra no país — incluindo seis peças “não navegadas”, ou seja, criadas por encomenda de colecionadores, entre os anos 1950 e 1960.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea,  3284-7400 e 3206-2500. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas na quinta e na sexta, às 17h. Até 20 de março.

80/80 – Oitenta Posters dos Anos 80

80/80 - Oitenta Posters dos Anos 8080/80 – Oitenta Posters dos Anos 80

 (/)

Os nostálgicos de plantão têm um programa perfeito para relembrar os saudosos anos 80. A partir desta terça (12), o Imperator – Centro Cultural João Nogueiraabre as portas para mais a exposição 80/80 – Oitenta Posters dos Anos 80. Com entrada gratuita, a mostra, que fica em cartaz até o dia 3 de abril, retrata parte da atmosfera musical da década que marcou toda uma geração. Clique para saber mais.

Antonio Houaiss – Singular, Plural

Mais conhecido do público pelo dicionário que leva o seu nome, o filólogo, diplomata e professor Antonio Houaiss (1915-1999) foi um dos principais intelectuais brasileiros do século 20. Carioca, filho de imigrantes libaneses, toda a sua formação, da escola  à universidade, foi no ensino público, e Houaiss se destacou em diversas áreas, chegando a exercer o cargo de ministro da Cultura, durante 11 meses, no governo Itamar Franco, em 1993. Até 31 de março. Clique para saber mais.

Carvão-Ouro

Dudu Garcia apresenta 120 obras inéditas, divididas em duas séries: Fragmentos e Carvão-Ouro. Na primeira, o artista carioca mostra sessenta trabalhos feitos com fragmentos quadrados de outras pinturas assinadas por ele. Os trabalhos de Carvão-Ouro, que dá nome à exposição, são obras feitas com carvão e folha de ouro. Garcia integra o grupo de artistas da Fábrica Bhering — foi o primeiro ocupante do espaço. A curadoria é de Fernando Cocchiarale.

Mais Um Galeria de Arte. Rua Garcia D´Ávila, 196, Ipanema,  3085-3000. Segunda a sexta, 10h às 19h. Sábado, 10h às 17h. Grátis. Até 16 de abril.

Exposição Inaugural

Adriano Motta Exposição Inaugural CavaloAdriano Motta Exposição Inaugural Cavalo

 (/)

A mostra reúne 25 obras, entre fotografias, pinturas, esculturas, instalações, objetos e vídeos de sete artistas: Adriano Motta, Alvaro Seixas, Felipe Cohen, Marina Weffort, Pedro Caetano, Vijai Patchineelam e Wagner Malta Tavares, todos representados pela galeria.

Cavalo. Rua Sorocaba, 51, Botafogo. Terça a sexta, 12h às 20h; Sábados, 13h às 17h. Até 19 de março.

Trajetórias – Reflexões sobre o ir e vir

A intenção dos artistas urbanos Smael Vagner, Rodrigo Grau e os irmãos Téo e Tito Senna é provocar uma reflexão sobre transporte e o direito de ir e vir do cidadão, seja de ônibus, metrô, trem, bicicleta ou até mesmo a pé. Na área externa da galeria de arte urbana de Botafogo, os quatro artistas se juntam aos três grafiteiros agredidos no Saara, no final de janeiro, para ocupar o muro de 30 metros quadrados.

Espaço GaleRio. Rua São Clemente, 117, Botafogo. Segunda a sexta, 10h às 18h. Até 18 de março.

✪✪✪✪ Cartazes de Viagem, 1910-1970 Coleção Berardo

Cartazes de Viagem, 1910-1970 — Coleção BerardoCartazes de Viagem, 1910-1970 — Coleção Berardo

 (/)

Com sua indiscutível vocação de cartão-postal do Brasil, o Rio sempre teve primazia na divulgação do país como destino turístico atraente para o público estrangeiro. Em cartaz no Museu Histórico Nacional, esta surpreendente mostra reúne quarenta pôsteres criados por companhias aéreas e marítimas de várias partes do mundo, todos exaltando a cidade. O recorte cronológico, iniciado em 1910, ano da abertura do Porto do Rio, revela ao visitante imagens com um Corcovado ainda sem a estátua do Cristo Redentor. O morro em questão, aliás, o Pão de Açúcar e a Baía de Guanabara são símbolos recorrentes. A evolução dos cartazes exibidos, todos de enorme beleza, espelha transformações na arte e na publicidade. Além disso, a exposição traz uma sériede textos que fornecem um ótimo panorama histórico sobre o hábito de viajar, relacionando o Brasil e o Rio com o que acontecia no mundo. Cardápios de transatlânticos e aviões, selos e outros objetos de companhias de viagem completam o acervo. Clique para saber mais.

Museu Histórico Nacional. Praça Marechal Âncora, s/nº, Centro,  2550-9220. Terça a sexta, 10h às 17h30; sábado, domingo e feriados, 14h às 18h. R$ 8,00 (ter. a sáb.). Grátis aos domingos. Até 20 de março.

Patrizia D’Angello — Kitinete

No agradável endereço na Urca, a artista, que trabalha no cruzamento da fotografia com a pintura, mostra cerca de vinte obras inéditas com foco na rotina da vida doméstica e familiar. Em vídeo, Patrizia registrou uma performance realizada com amigos em torno de uma mesa de jantar, aos quais propôs uma experiência sensorial que envolveu aromas, sabores, sons e texturas de alimentos.

Atelier da Imagem Espaço Cultural. Avenida Pasteur, 453, Urca,  2541 3314 . Segunda a sexta, 10h às 21h; sábado, 10h às 17h. Grátis. Até 8 de abril.

Paris-Rio Plages

Paris-Rio PlagesParis-Rio Plages

 (/)

A mostra da fotógrafa francesa Marich Devise, ativista da fotografia social que usa a mídia fotográfica e o humor para criar laços entre membros das comunidades urbanas periféricas e abrí‐las à sociedade de consumo. A exposição apresenta 22 fotografias realizadas em Paris e no Rio de Janeiro.

Galeria Aliança Francesa Botafogo. Rua Muniz Barreto, 746, Botafogo. Segunda a sexta, 14h às 20h; sábado, 9h às 13h. Até 28 de maio.

Arte na Construção

Quem passar pela Estação General Osório, em Ipanema, vai descobrir que há muita beleza por detrás dos tapumes da Linha 4 do Metrô (Barra da Tijuca – Ipanema). A mostra itinerante reúne fotografias artísticas que apresentam etapas importantes da maior obra de infraestrutura urbana em execução na América Latina, de uma maneira diferente. A exposição gratuita já passou pelo Jockey Club, na Gávea, pelo edifício Cidade do Leblon e pela galeria Quartier, em Ipanema.

Estação General Osório, próximo ao acesso da Rua Teixeira de Mello. Até 18 de março.

Panorâmicas do Rio por Henrique Jordan

Panorâmicas do RioPanorâmicas do Rio

 (/)

Durante todo o mês de março o Carioca Shopping vai celebrar o aniversário do Rio de Janeiro com uma exposição de fotos panorâmicas da Cidade Maravilhosa feitas pelo fotógrafo e designer Henrique Jordan. A mostra reúne 30 imagens que revelam ângulos diferenciados de pontos turísticos e arquitetônicos da cidade como Corcovado, Pedra da Gávea, Prainha, Arpoador, Praia de Copacabana, Arcos da Lapa, Ilha Fiscal, Baía de Guanabara, Aterro do Flamengo, Fortaleza de Santa Cruz e Ponte Rio Niterói entre outros.

Carioca Shopping. Av. Vicente de Carvalho 909, Vila da Penha. Até 3 de abril.

Abre Alas

Vitrine para a divulgação de novos artistas, a coletiva Abre Alas, iniciativa da galeria A Gentil Carioca, chega à 12ª edição. Lançado no segundo semestre de 2015, o edital de convocação teve cerca de 550 inscritos. A dura tarefa de chegar aos vinte nomes, presentes cada um com um trabalho, coube a três especialistas: a jovem curadora paulistana Paula Borghi e os artistas plásticos Adriana Varejão e André Sheik. “Foi difícil escolher, mas nossos debates nem foram tão acirrados assim”, brinca Sheik, de quem muitos vão se lembrar como baixista da banda Biquíni Cavadão. A concorrida convocação atraiu de nomes sem projeção a artistas consagrados nos principais circuitos de arte do país. “Procuramos escolher criadores com linguagem contemporânea, voz própria e coerência entre a proposta e o portfólio”, conta Sheik. “Houve casos em que preterimos gente com grande inserção em função de outros com tempo de trabalho, mas sem tanta notoriedade”, explica. Entre os escolhidos estão o grupo mineiro Indigestão, que une culi­nária e audiovisual, e o jovem pintor ca­rioca Victor Mattina.

A Gentil Carioca. Rua Gonçalves Lêdo, 11 e 17, Centro,  2222-1651. Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, sob agendamento. Livre. Grátis. Até 19 de março.

Retratos

RetratosRetratos

 (/)

A mostra reúne 19 fotografias em preto e branco e 57 cliques coloridos feitos pelo fotógrafo Helcio Peynado em seu estúdio, durante dois anos.  A maioria dos personagens são pessoas conhecidas e representativas culturalmente em Campo Grande, bairro em que se localiza o estúdio. O olhar do fotógrafo e a expressividade dos personagens é o grande destaque já que todas as fotos foram realizadas usando a mesma luz e a mesma objetiva. Para cada convidado, Helcio apresentou o projeto, deixando os personagens livres para escolher a roupa, a maquiagem e até a fantasia com a qual gostariam de ser clicados. Na sala de exposição, além das fotos, um espelho chama a atenção dos visitantes.

Passeio Shopping fica na Rua Viúva Dantas, 100, Campo Grande. Segunda a quinta, 9h às 20h; sexta e sábado, 9h às 21h. Até 31 de março.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s