Confira 48 atrações gratuitas para curtir o fim de semana

Um guia com programas para se divertir sem gastar dinheiro, com teatro, exposições e muito mais

FESTAS

LUV 7 Anos/Movimento Cultural PPG

A produtora Nicole Nandes celebra o sétimo aniversário da festa de black music, com foco na cultura hip-hop. O badalo vespertino se soma à terceira edição do projeto social Movimento Cultural PPG. Entre as atrações, o rapper Tony Mariano lança o CD Muleke Abusado em show ao lado de Mr. Catra e Rogê. A entrada é franca, mas a organização do evento sugere a doação 1 quilo de alimento não perecível para a comunidade do Cantagalo.

Quadra Alegria da Zona Sul. Rua Saint Romain, 176, Morro do Cantagalo. Domingo (22), 16h/0h. Grátis.

DUO

DUODUO

 (/)

A festa ocupa o 00, na Gávea, a partir das 17h, com os DJs Marcela Penteado e Menna Barreto, no deck. A partir de meia-noite, Bruno Pacheco e Claudio Macedo são os responsáveis por animar a pista.

00 Gávea. Avenida Padre Leonel Franca, 240, Gávea. Domingo (22), 17h/5h. Grátis (entre 17h e 20h); R$ 20,00 (de 20h às 21h); R$ 30,00 (de 21h às 22h) e R$ 40,00 (após 22h).  

SHOWS

Hermeto Pascoal

SHOWS FOTO 2 Foto - Hermeto Pascoal (07)SHOWS FOTO 2 Foto – Hermeto Pascoal (07)

 (/)

Lenda viva da música brasileira e reconhecido internacionalmente pelo dom de retirar sons de qualquer objeto, Hermeto Pascoal é a atração deste sábado (21), às 17h, no Sesc Tijuca. A apresentação mescla um laboratório musical com o cantor, compositor, arranjador, pianista, sanfoneiro, instrumentista e tocador de bugigangas. Durante o encontro, o músico convida o público a trocar ideias e fazer um som com objetos inusitados, ensinando a plateia a usar a criatividade e transformar objetos simples em instrumentos musicais.

Sesc Tijuca. Rua Barão de Mesquita, 539. Sábado (21), 17h.

Rio é Samba Rock, Meu Irmão!

Sandra de SáSandra de Sá

 (/)

O projeto faz uma homenagem ao samba rock com a cantora e compositora Sylvia Patricia, que recebe Sandra de Sá em um show gratuito.

Arena Carioca Chacrinha. Rua Soldado Elizeu Hipólito, 138, Pedra de Guaratiba. Domingo (22), 19h30.

Dia da Consciência Negra na Biblioteca Parque Estadual

Macau, autor do hino da Consciência Negra, a canção “Olhos coloridos”, comanda shows com vários ícones da música negra contemporânea do Rio de Janeiro, como Augusto Bapt, Aleh Ferreira, Mayla Hadalla, Nanda Fellyx, Tais Feijao, Fabio Negroni, Jander Magalhães, dentre outros.

Biblioteca Parque Estadual. Avenida Presidente Vargas, 1261, Centro. Sexta (20), 14h30 às 18h.

TEATRO

O Rio de João

O Rio de JoãoO Rio de João

 (/)

A partir deste sábado (14), onze praças públicas na cidade recebem o projeto de intervenção urbana O Rio de João, em homenagem ao jornalista e cronista João do Rio (1881-1921). Idealizado pelo coletivo artístico #coletivoeuamoarua, as histórias sobre o cotidiano carioca serão contadas em dois minutos e apresentadas em caixas de teatro lambe-lambe. O projeto foi inspirado no livro A Alma Encantadora das Ruas, de João do Rio, e se insere na cidade não somente como cenário, mas também como personagem principal do evento. O evento termina em 21 de novembro. Clique para saber mais.

CINEMA

Mostra Venezia de Cinema

A partir deste sábado (21), os fãs do cinema italiano poderão assistir cinco obras contemporâneas na quarta Mostra Venezia de Cinema. Na lista, filmes como o clássico La Lupa (1953)de Alberto Lattuada, exibido em cópia restaurada no Espaço Itaú de Cinema. Em cartaz até quarta (25), o programão terá entrada franca. As sessões acontecerão sempre às 19h. Clique para saber mais.

ESPECIAL

Meditação

Em sua primeira passagem pelo Brasil, o mestre espiritual Sant Rajinder Singh Ji Maharaj comanda a palestra Explore os Reinos Espirituais de Amor e Bem-Aventurança. No encontro, o indiano apresenta técnicas e fundamentos de meditação.

Royal Tulip. Avenida Aquarela Brasil, 75, São Conrado, ☎ 3323-2200. → Domingo (22), 17h. Grátis.

Roteiros Geográficos do Rio

Cais do ValongoCais do Valongo

 (/)

O Dia da Consciência Negra será lembrado pelo Projeto Roteiros Geográficos do Rio com uma caminhada cultural gratuita, nesta sexta (20), quando é comemorada a data. Os organizadores prepararam um roteiro em homenagem a Zumbi dos Palmares, com um passeio do Cais do Valongo, por onde chegaram à cidade cerca de um milhão de africanos no período colonial, até a Pedra do Sal, local em que era descarregado pelos escravos o sal importado de Portugal e onde foram fundados os primeiros ranchos carnavalescos, afoxés e pontos ritualísticos da cidade, na segunda metade do século XIX. Clique para saber mais. 

Dia da Consciência Negra na Caixa Cultural

Em comemoração ao Dia da Consciência Negra, celebrado nesta sexta (20), a Caixa Cultural promove uma série de eventos gratuitos durante esta semana. A partir desta terça (17), o centro recebe oficina de dança afro-brasileira, narração de histórias, exposição e mostra de filmes. As atividades são abertas ao público. Clique para saber mais.

Sarau do Escritório

A poesia vai tomar conta da Lapa com o festival Baile de Gala do Sarau do Escritório. Serão mais de 200 atrações ao longo de 12 horas, divididas em quatro palcos localizados na Praça João Pessoa, na esquina das ruas Mem de Sá com Gomes Freire. Além da poesia, que dá o tom da festa, a programação será recheada com apresentações musicais, exibições de filmes, circo, performance, intervenção, teatro, instalações, exposições, libertação e lançamento de livros, debates, oficinas, bazar de roupas, editorial de moda, video mapping, e um circuito gastronômico de comidas artesanais produzidas por coletivos que vendem seus artigos em eventos de rua.  

Praça João Pessoa, s/n°, Lapa. Sábado (21), 11h às 23h.

Expoarte

A Expoarte – Feira Internacional de Artesanato está de volta à Zona Norte do Rio até o dia 24 de novembro, no Norte Shopping, Cachambi. Nesta edição, o evento conta com 37 expositores de diferentes nacionalidades, entre eles: Paquistão, Rússia, Chile, Senegal, Bolívia, Índia e Brasil, onde os próprios artesãos comercializam seus produtos.  

Norte Shopping. Av. Dom Hélder Camara, 5474 – Cachambi. Domingo, de 13h às 22h. Até 24 de novembro.

Por Dentro do Palácio

Palácio da JustiçaPalácio da Justiça

 (/)

As visitas teatralizadas apresentam o Antigo Palácio da Justiçaao público. Neste sábado (21), às 16h, será a vez do jurista Ruy Barbosa e Têmis, a deusa grega das leis e dos juramentos, personagens-guia vividos por Eduardo Diaz e Dulce Penna de Miranda, ciceronear os visitantes através do prédio histórico.

Antigo Palácio da Justiça. Rua Dom Manuel, 29, Centro. Tel: 3133-3366 / 3133-3368. Sábado (21), 16h. Grátis (distribuição de senhas no local, 15 minutos antes do início).

Janelas abertas para a República

Até domingo (22), cariocas e visitantes poderão participar do projeto que oferece visitas guiadas e interpretadas nas imediações do Campo de Santana. São oferecidos sete percursos, com diferentes ênfases, orientados e interpretados por guias formados pelo Curso de Turismo do Colégio Estadual Antônio Prado Júnior. O trajeto inicia na Casa Histórica de Deodoro, nos horários das 10h e das 13 horas. Na próxima sexta, sábado e domingo serão realizadas saídas extras às 11h e às 14horas. Como parte da programação, o público também pode apreciar a exposição de caricaturas “Nasce a República”, na sede da Casa Histórica de Deodoro, na Praça da República, 197, Centro. Segue abaixo a programação detalhada. 

Dia da Consciência Negra na Zona Portuária

A Região Portuária recebe nesta sexta (20) uma programação gratuita e intensa em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra. O chamado Circuito Histórico e Arqueológico de Celebração da Herança Africana terá rodas de samba e de conversa, dança do samba ao passinho, teatro, música, cinema, contação de histórias, visitas guiadas, cortejo, oficinas e apresentações. Clique para saber mais.

Dia da Consciência Negra no Imperator

O Centro Cultural João Nogueira, o Imperator oferece ao público ampla programação cultural no fim de semana em comemoração ao Dia da Consciência Negra. Exposição de fotos, oficina de artes e dança, e atividade para crianças são algumas das atrações, mas o ponto alto do fim de semana são as apresentações de Margarth Menezes, BNegão e Tia Surica e a Velha Guarda da Portela. Clique para saber mais.

Cantata de Natal

O Grupo Onix Precious Stone promete encantar a todos. Formado por treze integrantes, o coral aposta, além das canções natalinas, em uma pegada de jazz no musical.

São Gonçalo Shopping. Avenida São Gonçalo, 100, Boa Vista, São Gonçalo. Sábado (21), 16h.

CRIANÇAS

✪✪✪✪✪ Castelo Rá-Tim-Bum — A Exposição

Divulgacao-2Divulgacao-2

 (/)

Com curadoria de André Sturm, diretor executivo do MIS São Paulo, a imperdível exposição reproduz, em detalhes, doze cenários da premiada série, exibida na década de 90 pela TV Cultura. Depoimentos, fotos, croquis, maquete, bonecos, roteiros e figurinos do programa também estão lá.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis. Até 11 de janeiro de 2016.

O Menino Teresa

Menino-Teresa foto_ANDREA_PEDRO_3 (1)Menino-Teresa foto_ANDREA_PEDRO_3 (1)

 (/)

O musical da premiada Banda Mirim conta a história da curiosa protagonista (Claudia Missura). Determinada a saber como vivem os meninos, ela decide, por uma tarde, transformar-se de brincadeira em um deles. Compositora das canções da peça, Tata Fernandes acompanha a encenação na guitarra. Texto e direção de Marcelo Romagnoli (50min). Rec. a partir de 3 anos.

Caixa Cultural Rio de Janeiro — Teatro de Arena (189 lugares). Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3815, ↕Carioca → Sexta (20) a domingo (22), 17h. Grátis. Ingressos distribuídos uma hora antes da sessão.

Pé de vento cabeça no chão

Pé de vento cabeça no chãoPé de vento cabeça no chão

 (/)

O espetáculo de dança joga uma lente de aumento em situações do cotidiano. Cenas comuns do dia a dia ganham um olhar fantasioso presente no universo infantil: a hora de dormir, os sonhos, as brigas, o afeto e as brincadeiras são apresentadas a partir do ponto de vista da criança.

Quinta da Boa Vista. São Cristóvão (Bacia da Quinta). Sábado (21) e domingo (22), 10h.

Café Pequeno da Silva e Psiu

Café Pequeno 1 - crédito Bruna Prado bxCafé Pequeno 1 – crédito Bruna Prado bx

 (/)

O Grupo Off-Sina faz uma apresentação especial com o intuito de arrecadar água potável e leite em pó para vítimas da tragédia em Minas Gerais. O grupo de circo-teatro apresenta o espetáculo Café Pequeno da Silva e Psiu e, logo após, acontece a Roda de Palhaços. A participação na atividade é aberta para quem tiver uma cena ou número de palhaço, ou quiser experimentar a arte circense.

Largo do Machado. Sexta (20), 17h30.

Museu Naval

Com as obras de demolição da Perimetral na Praça XV, os passeios que antes saíam do Espaço Cultural da Marinha agora partem do Museu Naval, ali perto, onde também se encontra a exposição O Poder Naval na Formação do Brasil. De lá os grupos seguem, aos sábados e domingos, para uma volta de barco pela Baía de Guanabara, passando por dezessete pontos turísticos. De ônibus, a visita é à Ilha Fiscal, local do último baile do Império, em 1889 — cenários com informações sobre a ilha foram reformulados recentemente. Rec. a partir de 2 anos. 

Museu Naval. Rua Dom Manuel, 15, Centro, 2532-5992 (seg. a sex.) e 2104-5506 (sáb. e dom.). Terça a domingo, 12h às 17h. Grátis. Passeio de barco (70 lugares): sábado e domingo, 13h15 e 15h15. R$ 20,00. Ilha Fiscal (60 lugares): sábado e domingo, 12h30, 14h e 15h40. R$ 20,00.

Museu Aeroespacial

Do teco-teco a velozes jatinhos, passando por uma réplica do pioneiro 14-Bis, a história da aviação se encontra guardada nesta tradicional e ampla instituição inaugurada em 1976. A principal atração é a exposição permanente de noventa aeronaves, mas também são exibidos motores usados nas duas guerras mundiais, além de objetos e documentos sobre a vida e a obra de Santos Dumont. Completa a visita a mostra Edu Chaves — Época Heroica da Aviação, sobre o piloto Eduardo Pacheco Chaves (1887-1975), aviador civil pioneiro no voo entre as cidades do Rio e de São Paulo. Rec. a partir de 3 anos. 

Museu Aeroespacial. Avenida Marechal Fontenelle, 2000, Campo dos Afonsos, 2108-8955. Terça a sexta, 9h às 15h. Sábado, domingo e feriados, 9h30 às 16h. Grátis.

Toy Story 3

Andy se prepara para ir para a faculdade e, inesperadamente, seus leais brinquedos se encontram no meio de uma creche! As crianças não brincam com cuidado, então os brinquedos unem forças para planejar uma grande fuga. Ken, o namorado da Barbie e um ursinho de pelúcia rosa e com cheirinho de morango, chamado Lotso, fazem de tudo para que os outros brinquedos não consigam escapar.

Santa Cruz Shopping fica na Rua Felipe Cardoso, 540, Santa Cruz. Domingo (22), 17h.

Os Três Porquinhos

Bolão, Bolinha e Prático, os três porquinhos, tomam uma importante decisão: Irão construir suas casas. Tendo cada um uma personalidade distinta, decidem com que materiais irão construí-las. Bolacha que é o mais preguiçoso irá construir de palha. Bolão que quer mais tempo para comer constrói de madeira e Prático que é o mais trabalhador resolve construir sua casa de tijolos, pois será muito mais resistente contra tudo, inclusive contra o Lobo Mau, que está sempre os perseguindo.

Bay Market fica na Av. Visconde do Rio Branco, 360, Centro, Niterói. Domingo (22), 17h.

EXPOSIÇÕES

✪✪✪ James Kudo

James KudoJames Kudo

 (/)

Em 1990, a construção de uma usina hidrelétrica acabou por inundar parte da cidade paulista de Pereira Barreto, terra natal do artista — incluindo a casa de seu avô, onde ele morou até os 9 anos. As memórias do lugar são evocadas em Epítome da Paisagem, enxuta e atraente individual em cartaz na galeria Luciana Caravello Arte contemporânea. Longe de suscitar obras lúgubres, como se poderia supor, o alagamento deu origem a coloridas pinturas em acrílica, de visual quase lúdico. É o caso de Usina (2015), uma visão estilizada da barragem, com o jorro das águas formando vários arco-íris com diferentes tons de azul. A mesma imagem permeia uma série de obras que sugerem jogos de recortar e montar, relacionadas pelo artista a lembranças entrecortadas. No trabalho mais impactante da mostra, a inundação de uma floresta negra parece insinuada em círculos que poderiam ser bolhas de ar no meio da água.

Luciana Caravello Arte Contemporânea. Rua Barão de Jaguaripe, 387, Ipanema, ☎ 2523-4696. → Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 11h às 15h. Grátis. Até o dia 28.

Encontros Carbônicos 2015 — Futuro em Disputa

Criada em 2012 com a intenção de propor diálogos entre pesquisas artísticas e científicas, a revista on-line Carbono deu origem, no ano passado, a uma exposição que desdobra as questões levantadas em suas páginas e chega agora à segunda edição. Encontros Carbônicos 2015 — Futuro em Disputa, com abertura marcada para sábado (21) no Oi Futuro Ipanema, vai exibir 25 trabalhos de Cinthia Marcelle, Daniel Steegmann Mangrané, Tiago Mata Machado, Marina Fraga, Pedro Urano, Milton Machado, Paulo Paes, Simone Cortezão, Rodrigo Amarante (sim, o músico do grupo Los Hermanos) e da dupla Maíra das Neves e Pedro Victor Brandão. A seleção das obras teve como norte a evocação de perspectivas para o futuro, ainda que não de maneira literal. Vídeos, fotografias, instalações e esculturas integram o acervo.

Oi Futuro Ipanema. Rua Visconde de Pirajá, 54, Ipanema, ☎ 3131-9333, ↕ General Osório. → Terça a domingo, 13h às 21h. Grátis. Até 20 de dezembro. A partir de sábado (21).

Carla Chaim

Carla ChaimCarla Chaim

 (/)

Em Colapso da Onda, a artista exibe uma instalação de grandes dimensões, criada especificamente para o espaço expositivo, e um livro de artista. O uso de grafite em pó é o elo comum aos dois trabalhos.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis.Até 4 de janeiro de 2016. A partir de quarta (18).

O Campo

O carioca poderá conferir as imagens carregadas de potência cromática do fotógrafo Fábio Seixo. Com larga experiência em fotojornalismo e diversos prêmios, o profissional se vale de apurado olhar estético para desvendar ângulos e formas do campo de golfe olímpico, na região da Barra da Tijuca, o primeiro do gênero no Brasil, construído para as competições dos Jogos Olímpicos de 2016.

Galeria Rampa. Avenida das Américas, 10.001, Barra da Tijuca. Segunda a sexta, 14h às 20h; sábado e domingo, 9h às 21h. Até 30 de novembro.

Cartazes de Viagem, 1910-1970 — Coleção Berardo

Cartazes de Viagem, 1910-1970 — Coleção BerardoCartazes de Viagem, 1910-1970 — Coleção Berardo

 (/)

A mostra reúne quarenta cartazes. São peças criadas ao longo de seis décadas do século XX por companhias aéreas e marítimas (em sua maioria estrangeiras) para levar turistas ao Rio. Clique para saber mais.

Do Outro Lado do Desenho

O artista e escultor mineiro Leo Santana estreia no dia 28 de outubro, na Galeria Scenarium, a exposição ‘Do Outro Lado do Desenho’. Mundialmente conhecido por sua obra Drummond no Calçadão, instalada desde 2002 em Copacabana, o artista escolheu o Rio de Janeiro e a semana de aniversário do poeta para apresentar a diversidade da sua obra em uma nova trajetória.

Galeria Scenarium. Rua do Lavradio, 15, Lapa. Terça a sábado, 13h às 19h. Até 21 de novembro.

Anônimos Famosos

O Rio de Janeiro não chega a ser nenhum conto de fadas, mas é um lugar cheio de personagens. Quem não conhece a mulher de branco de Ipanema? Ou o vendedor de amendoim que bate ponto de terno e gravata todo dia na rua Pinheiro Machado? Esses e outros cidadãos que já fazem parte da paisagem da cidade finalmente ganharam uma homenagem à altura. Clique para saber mais.

Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas. Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa. Até 29 de novembro.

Superatletas

AlanFonteles_DanielZappAlanFonteles_DanielZapp

 (/)

Em cartaz até o dia 26 de novembro, a mostra apresenta mais de 30 fotos, registradas em momentos marcantes de competições, e retrata importantes paratletas brasileiros, como Alan Fonteles, Terezinha Guilhermina e Verônica Hipólito, do atletismo; Daniel Dias, na natação; Fernando Fernandes, da canoagem; e Ricardinho, no futebol de 5. Clique para saber mais.

Olhares Cruzados – 10 anos

O projeto de intercâmbio cultural entre crianças e adolescentes brasileiros, de países africanos, da América Latina e Caribe comemora 10 anos de trajetória com exposição no Espaço Furnas Cultural.  A mostra traz 24 fotografias em preto e branco realizadas pelos fotógrafos brasileiros: Ricardo Teles, Andréa D’Amato, José Bassit, Sérgio Zacchi e estrangeiros: o moçambicano Mauro Pinto, o boliviano Fernando Sória, o senegalês Kane Sy e o etíope Yemane Gebresalassie, que acompanharam de perto as oficinas e se inseriram no processo, para poder retratar as imagens com a sensibilidade necessária. A mostra conta ainda com 24 painéis com fotografias, desenhos, entrevistas e reprodução de objetos produzidos por crianças e adolescentes de Angola, Moçambique, Senegal, Mali, Bolívia, Cabo Verde, Guiné Bissau, Etiópia, República Dominicana do Congo, Haiti e Paraguai.

Espaço Furnas Cultural. Rua Real Grandeza, 219, Botafogo. Terça a sexta, 13h às 18h; sábado, domingo e feriado, 14h às 19h. Até 29 de novembro.

Vértice

Em comparação com colecionadores eméritos brasileiros, do porte de Sérgio Fadel ou Gilberto Chateaubriand, o advogado Sérgio Carvalho, carioca radicado em Brasília desde a infância, poderia passar por um iniciante: seu acervo, atualmente com mais de 1 500 trabalhos, começou a ser amealhado há apenas doze anos. Repleta de nomes consagrados, entretanto, essa coleção já se credencia a ser objeto de exposições como Vértice, que abre na quinta (15), no Centro Cultural Correios. Cerca de 200 trabalhos foram reunidos na coletiva, dividida em três módulos, cada um sob responsabilidade de uma das curadoras (daí o sugestivo nome da mostra): Marília Panitz, Marisa Mokarzel e Polyanna Morgana. Pinturas, esculturas, desenhos, fotografias, vídeos e instalações integram a variada seleção, que inclui mais de sessenta artistas, entre eles nomes como Antonio Dias, Barrão, Farnese de Andrade, Daniel Senise, Berna Reale, Nelson Leirner, José Rufino e Hildebrando de Castro.

Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, 2253-1580. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 13 de dezembro.

Mauricio Bentes

Mauricio BentesMauricio Bentes

 (/)

Formas Incandescentes apresenta 35 obras do artista que iniciou sua carreira em 1981, despontou como um dos expoentes da Geração 80 e morreu precocemente em 2003, aos 45 anos.

Paço Imperial. Praça XV de Novembro, 48, Centro, 2215-2093. → Terça a domingo, 12h às 18h. Grátis. Até 29 de novembro.

Singularidades/Anotações: Rumos Artes Visuais 1998-2013

A mostra reúne trabalhos de 35 artistas brasileiros contemplados pelo programa do Itaú Cultural ao longo de dezesseis anos. Entre os destaques estão obras de Berna Reale, Caio Reisewitz, Laerte Ramos e Rodrigo Braga.

Paço Imperial. Praça XV de Novembro, 48, Centro, 2215-2093. → Terça a domingo, 12h às 18h. Grátis. Até 29 de novembro.

TRIO Bienal

Com obras de 160 artistas de 44 países, o evento acontece até novembro em onze centros culturais e museus da cidade. Entre os muitos nomes de peso reunidos estão Marina Abramovic, Vik Muniz e Anna Bella Geiger. Até 26 de novembro. Confira a programação em triobienal.com/curadoria.

Elifas Andreato, 50 Anos

Elifas AndreatoElifas Andreato

 (/)

Cerca de oitenta trabalhos, entre cartazes de teatro, capas de discos, revistas e outros projetos, estão na mostra que celebra os 50 anos de carreira do artista paranaense.

Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, 2253-1580. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 29 de novembro.

Jardim de Memórias — Parque do Flamengo 50 anos

A exposição comemorativa do cinquentenário da monumental obra de Affonso Eduardo Reidy, Lota de Macedo Soares e Roberto Burle Marx reúne quase uma centena de reproduções fotográficas que registram a construção do Aterro, além de desenhos de Burle Marx, plantas de arquitetura e vídeos, entre outros trabalhos.

Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, 2253-1580. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 29 de novembro.

Cássio Loredano

Habituado a flanar pela cidade — sempre a pé, de táxi ou de ônibus, já que não tem carteira de motorista —, o artista empresta seu ilustre traço a cenas cariocas na mostra Rio, Papel e Lápis, em cartaz no Instituto Moreira Salles. Em 35 belos desenhos, todos em preto e branco, produzidos com grafite, nanquim, esferográfica e aquarela, o conceituado ilustrador retrata o chafariz do Mestre Valentim, o imóvel em Santa Teresa chamado de Casa dos Azulejos, o edifício do Museu de Arte Moderna, a fachada da Confeitaria Colombo, a sede do Botafogo e a do Fluminense, entre tantas outras paisagens. É uma oportunidade rara de ver o superlativo talento de Loredano, colaborador de importantes veículos da imprensa mundial, mais conhecido por suas caricaturas, a serviço de outro tipo de trabalho. Curiosamente, ele foge dos clichês de natureza atribuídos à cidade e investe em obras do engenho humano. Para além da sofisticação do traço, singular em sua harmonia entre detalhismo e despojamento, chama atenção a completa ausência de pessoas nas ilustrações, valorizando ainda maisa beleza das construções.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, 3284-7400 e 3206-2500. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. Grátis. Visitas guiadas na quinta e na sexta, às 17h. Até 9 de janeiro de 2016.

✪✪✪✪✪ Rio: Primeiras Poses — Visões da Cidade a Partir da Chegada da Fotografia (1840-1930)

Rio Primeiras PosesRio Primeiras Poses

 (/)

Cerca de 450 imagens, registros do Rio entre meados do século XIX e o início do XX, compõem esta imperdível exposição. Há fotografias de pioneiros como Marc Ferrez, Augusto Malta e Georges Leuzinger. Recursos multimídia permitem a ampliação de parte das imagens. Até 31 de dezembro.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, 3284-7400 e 3206-2500. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas na quinta e na sexta, às 17h.

Mostra Underground Images

Os amantes de artes visuais tem um programa certo para os próximos dias. Depois de rodar o mundo nos últimos dois anos, chega ao Rio a exposição Underground Images. A mostra, inédita no Brasil, reúne de cartazes assinados pelos maiores nomes do design gráfico internacional, expostos nas estações do metrô de Nova York, desde 1947 até os dias de hoje. A abertura acontece nesta quinta (5), às 19h, no Instituto Tom Jobim, no Jardim Botânico. Até 8 de dezembro. Clique para saber mais.

Cotidiano radical

A CAIXA Cultural Rio de Janeiro apresenta, a partir de 27 de outubro (terça-feira), às 19 horas, a exposição inédita Cotidiano radical, do artista mineiro Marco Paulo Rolla. A mostra revela um amplo espectro do trabalho de Marco Paulo Rolla. São objetos, pinturas e instalações que desafiam o público. Ambientes e situações familiares ao espectador surgem de maneira surpreendente, subvertendo ordens e questionando a dependência moderna de ferramentas, dispositivos, equipamentos e tecnologia. 

Caixa Cultural. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, 3980-3815, ↕ Carioca. → Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 20 de dezembro.

Martin Luther King – Legado & Inspiração

Exposição Martin Luther KingExposição Martin Luther King

 (/)

A exposição reúne fotos e informações sobre a vida do líder pacifista. Em parceria com o Consulado Americano, é composta por 12 telas, nas quais o público poderá conhecer um pouco mais sobre a vida do líder pacifista, ganhador do Prêmio Nobel da Paz de 1964, dos Estados Unidos.

Shopping Grande Rio. Rua Maria Soares Sendas, 111, em São João de Meriti. Terça à sábado, 10h às 22h.

O Corpo na Arte Africana

O Espaço Cultural Correios Niterói recebe a partir deste sábado (14) a exposição “O Corpo na Arte Africana”. Com 120 peças de arte de 20 povos diferentes, a mostra tem entrada gratuita. A exposição termina em 19 de dezembro. Clique para saber mais. 

5 visões Rio 450 anos

Ernani Leiloeiro, empresa tradicionalmente carioca, fundada em 1906, as vésperas de completar 110 anos não poderia faltar no calendário das comemorações dos 450 anos do Rio de Janeiro. Horacio Ernani, atual diretor  do Espaço Ernani Arte e Cultura, localizado no  palacete da família  em Botafogo,  programou para próximo dia 13 de novembro, a exposição 5 visões Rio 450 anos, onde  cinco artistas retratam em seus trabalhos o Rio. São eles : os pintores Eduardo  de Camões, Roberto de Souza, Ricardo Newton, Paulo de Carvalho e Mariana Revelles  que transforma fotos do instagram em telas.

Espaço Ernani Arte e Cultura. Rua São Clemente, 385, Botafogo. Todos os dias, de 14h às 20h. Até 26 de novembro.

Juarez Machado

Saia Justa Juarez MachadoSaia Justa Juarez Machado

 (/)

A Mostra exibe 160 trabalhos do artista plástico Juarez Machado. Entre as obras apresentadas, além de uma série inédita, composta por 24 quadros, podem ser vistas algumas das telas mais representativas do artista – oriundas de algumas exposições consagradas pelo mundo como Le Libertin; La Fete Continue; SoixanteDix; Jazz Danse; Veneza, entre outras. 

Galeria Dom Quixote. Av. Ayrton Senna, 2150, Barra da Tijuca. Segunda a sábado, 10h às 22h; domingos e feriados, 12h às 21h. Até 6 de dezembro.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s