Confira 36 atrações gratuitas para curtir este fim de semana

Um guia com programas para se divertir sem gastar dinheiro, com espetáculos, exposições, eventos e outras atrações

Delícias da Lagoa

Porkoloko: sugestão do Onc Point

Porkoloko: sugestão do Onc Point (Adriana Ferreti/Divulgação)

De sexta (15) a domingo (17), o Parque das Figueiras, na Lagoa, vira cenário de mais um evento reunindo comida, bebida e música. Neste fim de semana acontece a primeira edição do Delícias da Lagoa. No cardápio de comes se destacam pedidas como o burger de linguiça do Dona Sebastiana, os sanduíches de carne de porco do Oinc Point (foto) e as guloseimas de diferentes recheios Quero Churros!. Cervejas artesanais, vinhos e drinques garantem os bebes. Mistura Clássica, NoiAntuérpia e 2 Irmãos são algumas das cervejarias confirmadas.

A programação cultural não fica atrás e inclui até roda de samba do bloco Spanta Neném e show do músico Rogê. Os pais poderão contar ainda com uma área infantil com brinquedos e atividades divertidas para as crianças. Quem quiser aproveitar e praticar uma boa ação, fica a dica: o local terá um ponto de arrecadação de agasalhos que serão doados a instituições de caridade. Confira aqui a programação completa.

Parque das Figueiras – Av. Borges de Medeiros, 1426

Parque das Ruínas

parque das ruinas

 (Parque das Ruínas/Divulgação)

Neste sábado (16), o Parque das Ruínas, em Santa Teresa, receberá a Empodere-se 021, uma feira multicultural com expositoreas de moda, artesanato, reciclagem, gastronomia e customização. O evento, que acontecerá das 10h às 18h, terá painéis de debate e propõe incentivar as produções autorais cariocas. Entre os expositores confirmados estão Favela Art, Ofanilê, Mais Bossa, Céa Ateliê, Ricieri Canivezi, Cerveja Troprica, Art Burguer e Dichava.

Parque das Ruínas. Rua Murtinho Nobre, 169 – Santa Teresa. Sábado (16), das 10h às 18h. Grátis. 

Anita Schwartz Galeria de Arte

 (Eduardo Ortega/Divulgação)

Técnica de pintura que remonta à Antiguidade, a encáustica consiste no aquecimento da mistura de pigmentos com cera de abelha, o que produz um efeito translúcido. Adotado por Nuno Ramos, o método destacou-se na carreira do artista na década de 80 e norteia sua produção recente, que será apresentada a partir de terça (5) na Anita Schwartz Galeria de Arte. A exposição Grito e Paisagem reúne cinco pinturas de grandes dimensões. Produzidas ainda com materiais como vaselina, plástico e metais, as peças pesam cerca de 300 quilos. Anita Schwartz Galeria de Arte.

Rua José Roberto Macedo Soares, 30, Gávea. Segunda a sexta, 10h às 20h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 11 de novembro. Abertura na terça (5).

Festival Cultura.Rj

 (Caru Ribeiro/Divulgação)

Quem não vai ao Rock in Rio tem boas opções de programação com o Festival Cultura.RJ, a partir desta sexta (15). O evento oferece uma ampla programação nos teatros, salas de música, museus, casas de shows e praças localizados entre o Porto e a Lapa, trazendo vida cultural ativa ao centro da cidade, paralelamente ao festival, durante o mesmo período. São mais de 30 pontos culturais dos bairros Lapa, Praça Tiradentes, Cinelândia, Castelo, Praça XV e a região do Porto.

O circuito cultural do Centro Histórico do Rio compreende diferentes roteiros que podem ser realizados a pé pelos visitantes e cariocas – passeios guiados conhecidos como walking tour – que resultam na experiência de conhecer importantes construções e marcos históricos da cidade. Fazem parte programação ícones como o Theatro Municipal e a Sala Cecília Meireles, duas das mais importantes casas de espetáculo da cidade; museus e centros culturais como a Casa França-Brasil, o Museu Histórico-Nacional e o Paço Imperial. Casas de shows da Lapa, famosas pelas noites de samba e agenda cultural diversa, como o Circo Voador, a Fundição Progresso e o Rio Scenarium, espaços culturais como Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), Museu do Amanhã, Teatro Sesi Centro, Escola de Música Villa-Lobos, além de teatros icônicos, como o João Caetano; galerias de arte, bares e restaurantes centenários completam a longa lista de atrativos que colaboram com a iniciativa.

Além das atrações culturais, uma ação especial foi criada pelos parceiros. Os 100 primeiros que visitarem 10 espaços ganharão um kit com produtos culturais dos parceiros, a ser retirado na Livraria da Travessa da Rua Sete de Setembro. O público deverá fazer um cadastro no site do evento até o domingo (3) e imprimir o passaporte para buscar os carimbos que comprovam a visitação. Não serão aceitos carimbos repetidos. Acesse para mais informações.

Outras Ideias

Um arranjo de flores no espaço: obra de Makoto Azuma

Um arranjo de flores no espaço: obra de Makoto Azuma (Makoto Azuma/Divulgação)

Com a mostra Outras Ideias, o curador Marcello Dantas propõe um diálogo entre os originais trabalhos de Daniel Arsham e Makoto Azuma. Ao ar livre, um jardim zen do americano Arsham e uma mandala de flores de seu colega japonês Azuma ficarão ao lado do antigo Porcão. No Oi Futuro, o público vai encontrar esculturas e pinturas, além de um vídeo sobre o audacioso projeto de Azuma: ele envia plantas para o espaço (foto). Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 5 de novembro.

Oi Futuro. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo. 

A Invenção da Praia: Cassino

 (Sonia Guggisberg/Divulgação)

Responsável pelo famoso projeto dos cavaletes suspensos no Museu de Arte de São Paulo (Masp), a arquiteta Lina Bo Bardi (1914-1992) chegou a rascunhar desenhos para a criação do Museu à Beira do Oceano, nas areias de São Vicente, no litoral paulista. A edificação nunca saiu do papel, mas inspirou a curadora Paula Alzugaray a convidar doze artistas para ocupar as ruínas do antigo Cassino da Urca com a exposição A Invenção da Praia: Cassino. Videoinstalações de Lula Buarque de Hollanda e Sonia Guggisberg (foto) estão na mostra, que também terá performances diárias de 26 mulheres poetas coordenadas por Katia Maciel. Istituto Europeo di Design (IED).

Rua João Luís Alves, 13, Urca. Segunda a sexta, 16h às 22h; sábado, 12h às 17h. Grátis. Abertura no sábado (9) 

Fábrica Bhering

Bhering Fachada da antiga fábrica.

Fachada da antiga fábrica. (Divulgação/Divulgação)

A segunda edição da mostra anual de arte contemporânea SOMA acontece desta sexta (15) a domingo (17) na Zona Portuária do Rio, na Fábrica Bhering. A programação marca a Semana de Arte do Rio e reúne performances de dança e música, exposições dos mais variados gêneros e food trucks nos seis andares do antigo imóvel. 

O evento acontece das 13h às 20h nos três dias. Destaque para o espaço conceito da fábrica que irá expor obras dos ateliers instalados no local, como a Galeria Meu BB e o .3 Coletivo de Arte, que expõe móveis coloridos e de estilo inovador. Outra atração é o Joialerismo Expo, que terá 15 expositores e designers cariocas de jóias que ocuparão o segundo andar com seus produtos. 

Fábrica Bhering – Rua Orestes, 28 – Santo Cristo

Um Olhar sobre o Retiro

 (Aline Ferraz/Divulgação)

Para festejar os 99 anos do Retiro dos Artistas – espaço assistencial de convivência destinado aos profissionais que trabalharam com entretenimento e moram no lar, o Center Shopping Rio, em Jacarepaguá, promove a exposição fotográfica ‘Um Olhar sobre o Retiro’, até 30 de setembro. O evento terá entrada gratuita e ficará instalado no Center Cultural (3º piso), de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos e feriados, das 11h às 21h. No espaço, estarão expostas cerca de 20 imagens de moradores do Retiro dos Artistas, localizado no bairro de Jacarepaguá, registradas pela fotógrafa Aline Ferraz. A mostra procura evidenciar, junto aos visitantes, atores, artistas plásticos e profissionais do entretenimento, como camareiros, iluminadores, produtores, entre outros, que, em um dado momento de suas vidas, fizeram parte da cena artística brasileira.

Center Shopping Rio – Av. Geremário Dantas, 404 – Jacarepaguá – Rio de Janeiro/ RJ. Tel.: (21) 3312-5000

Xico Chaves

 (Xico Chaves/Divulgação)

Nova representante do artista no Brasil, a Galeria Movimento Arte Contemporânea apresenta uma individual do mineiro Francisco de Assis Chaves Bastos, mais conhecido como Xico Chaves, com trabalhos recentes e marcantes de sua trajetória. A mostra solotranscrição passeia por várias fases do artista, dos famosos poemas visuais da década de 70 ao inédito site specific Anexo Vitrine Política/Fora do Ar. Também é novidade a série de pinturas realizadas com pigmentos retirados dos sedimentos de escavações em minas de ferro do interior de Minas Gerais, a exemplo de Matéria 1 (foto).

Galeria Movimento. Avenida Atlântica, 4240, Copacabana. Segunda a sexta, 11h às 19h30; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até o dia 30. 
CCBB
ROTUNDA

 (Redação Veja rio/Divulgação)

O movimento SOS Municipal busca chamar atenção para a grave situação por que passam profissionais do teatro mais importante da cidade. É esse o mote do projeto Theatro Municipal Visita o CCBB, que levará integrantes do balé, da orquestra e do coro da casa na Cinelândia para o foyer do Centro Cultural Banco do Brasil. Trechos de O Lago dos Cisnes e Don Quixote fazem parte da programação, junto com árias de Carmen, Nabuco e Aída, além de peças de Schubert e Mozart (50min). Livre.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro. Sábado (23), 30 de setembro e 1º de outubro, 15h. Grátis.

Casa França-Brasil

 

 

  (Claude Viallat/Divulgação)

Representante do movimento de arte conceitual francesa conhecido como support/surface — que, surgido em 1969, questionava a pintura tradicional —, Claude Viallat apresenta a exposição Cor a Perder de Vista na Casa França-Brasil, a partir de terça (12). Apoiada pelo Consulado da França, a mostra com 43 obras cobre cinco décadas de trajetória do artista, da efervescência dos anos 60 à fase decorativa que predomina nos dias de hoje. Vela (foto) é da produção mais recente.

Casa França Brasil. Rua Visconde de Itaboraí, 78, Centro. Terça a domingo, 10h às 20h. Grátis. Até 22 de outubro. 

Natureza Concreta. 

Curador da mostra, o professor de história da arte Mauro Trindade reuniu 94 imagens que exploram a relação do homem com a natureza. A variada coleção inclui pacientes psiquiátricos fotografados por Hugo Denizard, uma série inédita de Alexandre Sant’Anna (foto), dedicada à Amazônia, e provocações de Claudia Jaguaribe em torno do conceito de paisagem natural. 

Caixa Cultural. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro. Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 12 de novembro.

ÓRISÁ: Quando o Mito Veste o Corpo

Gilberto Gil: em pose de orixá

Gilberto Gil: em pose de orixá (Daryan Dornelles e Stefano Martini/Divulgação)

Zezé Motta, João Donato e Gilberto Gil (foto)foram alguns nomes convidados por Margo Margot para, representando os principais deuses da religião iorubá, jogar luz sobre a mitologia africana. O trabalho, registrado pelos fotógrafos Daryan Dornelles e Stefano Martini, é apresentado na mostra.

Centro Cultural da Justiça Federal. Avenida Rio Branco, 241, Centro. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 5 de novembro. Abertura no sábado (16).

Espelho d’Água
Luiz Braga: retratos de cenas e personagens da cultura amazônica

Luiz Braga: retratos de cenas e personagens da cultura amazônica (Luiz Braga/Divulgação)

Conhecido pela produção de belas imagens carregadas de luz e cor, o paraense Luiz Braga apresenta ao público inéditos em preto e branco. São trinta fotografias, de tamanhos variados, feitas desde 1980. A mostra, impregnada de elementos da cultura amazônica, marca a inauguração da nova sede da Galeria da Gávea.

Rua Marquês de São Vicente, 432, Gávea. Segunda a sexta, 11h às 19h. Grátis. Até 17 de novembro. Abertura na sexta (15).

Meia Maratona de Niterói

No domingo, dia 17, acontece a 1ª Meia Maratona de Niterói. Nos dias 15, 16 e 17, a LAFE – Laboratório de Análises Clínicas, apoiadora da competição, realiza um evento gratuito para auxiliar os atletas em sua performance, é o Corra com a LAFE. Nos três dias serão oferecidos serviços de aferição da pressão arterial, balança de bioimpedância (IMC, % de gordura corporal, % de músculos, % de gordura visceral e peso) e medição de circunferência abdominal. No sábado, dia 16, haverá palestras instrutivas sobre corrida. O evento será no Teatro Popular Oscar Niemeyer.

Rua Jornalista Rogério Coelho Neto s/n – Centro

Chichico Alkmim

 (CHICHICO ALKMIM/instituto moreira salles/Divulgação)

Mais de 200 imagens em preto e branco traçam um panorama da cidade mineira de Diamantina no início do século XX. São belos registros capturados por Francisco Augusto Alkmim (1886-1978), conhecido como Chichico Alkmim, em uma alentada exposição que se espalha em ordem cronológica por seis salas do Instituto Moreira Salles. Diferentemente de outros fotógrafos da época, o artista não se limitou a retratar apenas a burguesia, voltando sua câmera para trabalhadores do garimpo, paisagens, casamentos e até mesmo melancólicos funerais de crianças. As imagens, muitas vezes tremidas, acompanham também a evolução da técnica fotográfica.

Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 1º de outubro.

Artesania Fotográfica — A Construção e a Desconstrução da Imagem

 (Francisco Moreira da Costa/Divulgação)

Sete fotógrafos brasileiros levam o público a uma viagem pelo passado ao apresentar criações realizadas a partir de processos alternativos de impressão. Destacam-se Mauro Fainguelernt com suas câmeras artesanais (também expostas) de pinhole e Francisco Moura da Costa, adepto da daguerreotipia, que confere um caráter metalizado ao seu trabalho (foto).

Espaço Cultural BNDES. Avenida Chile, 100, Centro. Segunda a sexta, 10h às 19h. Grátis. Até sexta (22).

Tropicália — Um Disco em Movimento

 (Roberto Pontes/Divulgação)

A mostra faz um apanhado da história, das ideias e da estética do fim dos anos 60 e revisita, por meio de uma abordagem multimídia, todas as faixas do álbum Tropicália ou Panis et Circencis, clássico da MPB que está prestes a completar seu cinquentenário. 

CCBB. Rua Primeiro de Março, 66, Centro. Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis. Até segunda (18).

Festa Brasileira: Fantasia Feita à Mão

 (Marcio Vasconcelos/Divulgação)

Inspiradas por grandes celebrações folclóricas (como o bumba meu boi, do Maranhão, ou o maracatu rural, de Pernambuco), obras de artesãos de todo o país foram selecionadas para a exposição Festa Brasileira: Fantasia Feita à Mão. No Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro (Crab), a mostra apresenta objetos, adereços, máscaras, vestimentas e instrumentos musicais espalhados por nove ambientes. Os destaques incluem um conjunto de pequenas esculturas assinadas por Vitalino Pereira dos Santos, o renomado Mestre Vitalino (1909-1963) — entre elas Casamento a Cavalo.

Praça Tiradentes, 69, Centro. Terça a sábado, 10h às 17h. Grátis. Até 28 de outubro. Confira aqui a programação completa.

Museu Histórico Nacional

Durante obras do metrô, tesouros arqueológicos foram encontrados no sítio do antigo Matadouro Público de São Cristóvão. Esse material inspira a exposição interativa Achados da Leopoldina: Arqueologia Urbana na Era Digital. Técnicas como holograma, realidade aumentada e impressão 3D foram usadas para retratar as peças, organizadas em seis coleções. A seção Higiene, Beleza e Perfumaria traz uma escova de dentes do século XIX (foto) com cabo de marfim e a inscrição “S M l’Empereur du Bresil” (Sua Majestade, o Imperador do Brasil). Museu Histórico Nacional. Praça Marechal Âncora, s/nº, Centro. Terça a sexta, 10h às 17h30; sábado e domingo, 13h às 17h. R$ 10,00. Grátis aos domingos. Até 5 de novembro. A partir de terça (19).

Center Shopping

Neste domingo (17/09), o Center Shopping Rio apresenta o teatro infantil ‘Escola de Princesas’. A atração faz parte da programação ‘Teatrinho no Center’ – projeto mensal do empreendimento voltado para eventos gratuitos infantis. A peça conta a história de um colégio que ensina boas maneiras para meninas até elas se tornarem princesas. Theodora, uma das alunas da escola, não gosta da ideia de se tornar princesa e conta com a ajuda das princesas Branca de Neve e Bela para fugir do colégio e se tonar livre. O que ela não imagina é que irá encontrar muitas aventuras e mistérios fora do colégio. A peça ‘Escola de Princesas’ tem produção da companhia Nós do Asfalto e será encenada no 3º piso do Shopping, a partir das 17h.

Center Shopping Rio fica na Av. Geremário Dantas, 404 – Jacarepaguá 

Ontem Hoje e Sempre Rock

Para festejar a chegada de mais uma edição do grandioso festival de música, que começa nesta semana, no Rio de Janeiro, o West Shopping, em Campo Grande, promove a exposição fotográfica ‘Ontem, hoje e sempre…Rock’ – uma viagem musical por meio de capas de discos antológicas de cantores e bandas de rock, em especial de ídolos que marcaram presença nas temporadas do megaevento, um dos maiores do mundo. A atração tem entrada gratuita e ficará aberta ao público de 13 de setembro e 01 de outubro, no Espaço Multiuso (loja 287F).

West Shopping – Estrada do Mendanha, 555, Campo Grande

J.Carlos: Originais

Quase 300 originais de José Carlos de Brito e Cunha, o grande desenhista J. Carlos (1884-1950), guiam o passeio pela história da primeira metade do século XX.

Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 22 de outubro.

Cícero Dias — Um Percurso Poético

 (Felipe Fittipaldi/Veja Rio)

O artista pernambucano ganha alentada retrospectiva com 129 trabalhos de diferentes fases. 

CCBB. Rua Primeiro de Março, 66, Centro. Quarta a domingo, 9h às 21h. Grátis. Até o dia 25.

O essencial é invisível aos olhos

 (Reprodução/Reprodução)

A galeria 1 da Caixa Cultural abriga uma floresta encantada. Idealizada pela dupla VJ Suave, formada pelos artistas audiovisuais Ygor Marotta e Ceci Soloaga, a instalação interativa O Essencial É Invisível aos Olhos mistura realidade virtual e animação em 3D, com o objetivo de apresentar ao espectador novas formas de olhar. Munido de óculos especiais, cada visitante poderá se relacionar como quiser com o cenário virtual, pegando objetos e interagindo com os personagens que encontrar pelo caminho (como o índio na foto acima).

Rua Almirante Barroso, 25, Centro. Terça a domingo, 9h às 12h e 13h às 21h. Grátis. Até 15 de outubro.

Consertam-se Imóveis

 (Guga Millet/Divulgação)

O universo do escritor argentino Julio Cortázar, em especial o conto A Saúde dos Doentes, é o ponto de partida para Consertam-se Imóveis, espetáculo assinado por Keli Freitas. O texto flerta com o fantástico ao contar o drama de uma família que gira em torno de sua matriarca. Diante de iminente colapso, todos tentam poupar a mãe, idosa e doente, de sobressaltos que podem ser fatais. Direção de Cynthia Reis (70min). 14 anos. 

Espaço Furnas Cultural. Rua Real Grandeza, 219, Botafogo. Sábado, 20h; domingo, 19h. Grátis. Senhas distribuídas a partir de 19h (sábado) e 18h (domingo). Até 1º de outubro.

Múltiplos Olhares de Augusto Malta

 (Augusto Malta/Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro/Divulgação)

A contratação do alagoano Augusto Cesar Malta de Campos (1864-1957) como o primeiro fotógrafo oficial da prefeitura do Rio, em 1903, foi um exemplo de dinheiro público bem investido. Até sua aposentadoria, em 1936, o funcionário dedicado produziu mais de 30 000 imagens que contam a história da cidade na primeira metade do século XX. Na exposição Os Múltiplos Olhares de Augusto Malta sobre o Rio, em cartaz no Museu da Cidade a partir de quarta (20), 48 itens desse rico acervo exploram antigos costumes cariocas e paisagens perdidas, como o Morro do Castelo e um raro registro do Hotel Avenida (foto), no Centro, demolido em 1957 para dar lugar ao Edifício Avenida Central. Outra atração, um retrato de família feito por Malta, será exibida pela primeira vez. 

Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro. Estrada de Santa Marina, s/nº (Parque da Cidade), Gávea. Terça a domingo, 10h às 17h. Grátis. Até 20 de fevereiro de 2018. A partir de quarta (20).

Feito Poeira ao Vento

 (Bruno Veiga/Divulgação)

Não por acaso, a mostra em cartaz no Museu de Arte do Rio abriu as portas no Dia Mundial da Fotografia: 19 de agosto. Um recorte do acervo próprio levou à exibição de 250 registros de 112 autores, imagens que inspiram uma viagem do século XIX aos dias de hoje. Montada em todo o 1º andar do prédio, a exposição aborda temas variados, mas une nomes de épocas distintas em diálogos instigantes — é o que sugere, por exemplo, a aproximação entre a série suburbana de Bruno Veiga (foto) e os flagrantes cariocas do francês Pierre Verger (1902-1996). Obras de Adriana Varejão e Rogério Reis, provavelmente já vistas pelo público em outras ocasiões, completam o agradável passeio. 

MAR. Praça Mauá, 5, Centro. Terça a domingo, 10h às 17h. R$ 20,00. Grátis às terças. Até 1º de julho de 2018.

Banksy: muros são armas

Até o fim de setembro, alunos da unidade da Cultura Inglesa da Tijuca localizada na Rua Almirante Cochrane vão usar obras de Banksy como tema para debates em inglês. O público em geral também poderá participar de uma exposição gratuita que vai reproduzir obras feitas pelo misterioso artista britânico e interagir com cada uma delas, deixando mensagens – de preferência na língua inglesa – em um mural fixado nas paredes do auditório da escola de inglês. O evento acontece de 13 a 30 de setembro.

 Rua Almirante Cóchrane, 23 – Tijuca

Plezi Gourmet no SOMA

Foto: Eduardo Almeida / Estudio Semente

Foto: Eduardo Almeida / Estudio Semente (Plezi Gourmet/Divulgação)

A Plezi Gourmet – especializada em temperos especiais – vai participar do evento “SOMA – Mostra de arte contemporânea” na antiga Fábrica da Bhering, paralelo ao maior evento de Arte do Rio de Janeiro: o ArtRio. O encontro conta com artistas, exposições, oficinas e atrações em todos os seis andares da fábrica e o “Espaço Gastronômico Plezi Gourmet” estará de portas abertas, de sexta (15) a domingo (17), promovendo degustações dos seus produtos de graça. Para apresentar o mix de produtos da Plezi Gourmet, produzidos de forma 100% artesanal e livre de aditivos químicos e conservantes, serão oferecidas provas dos carros-chefe da marca: Manteigas Temperadas – disponíveis em oito sabores -, Azeite Defumado e Gersais Temperados.

Fábrica Bhering – Rua Orestes, 28 – Santo Cristo

Shopping Jardim Guadalupe – Playing for Change Day 2017

Shopping Jardim Guadalupe participará do ‘Playing for Change Day 2017’, no dia 23 de setembro, das 13h às 17h, na Praça de Alimentação. O evento global promete agitar o público com apresentações de dança e música. Entre as atrações confirmadas, estão Fábio Homero, a Cia Ra’idah, a dupla Neyriellen Ferreira e Jonathan Bianchi, o Centro de Movimento Priscilla de Assis, o cantor Sávio Araújo, o grupo Passinho BF e a banda Verbara. O ‘Playing for Change Day’ é um evento global, criado em 2011 para unir as pessoas, promover a paz e mudanças positivas através do poder da música, sendo realizado em diversas cidades do mundo. Trata-se de uma ação voluntária e espontânea de músicos engajados e comprometidos com o próximo.

Shopping Jardim Guadalupe – Av. Brasil, 22155 – Guadalupe

Real Time Exhibition

Uma exposição interativa e que desperte no apreciador as mesmas sensações vividas pela artista plástica durante a produção das suas obras. Essa é a proposta da mostra Real Time Exhibition da carioca Mary Dutra, que acontece entre os dias 13/09 e 10/10, na Gallery Store do Shopping Rio Sul, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Além de admirar as telas pintadas com spray ao som da mesma playlist que serviu de inspiração para a artista, o visitante também terá a oportunidade de acompanhar, em tempo real, o processo criativo dentro do ateliê em que serão produzidos os próximos quadros da coleção – lançados semanalmente ao longo da exibição.

Shopping RioSul – Gallery Store 301 – 3º piso 

Shopping Jardim Guadalupe

 (Encontro de Games/Divulgação)

No próximo domingo, 17 de setembro, o Shopping Jardim Guadalupe promove, das 14h às 20h, o Encontro de Games. Mais de 30 jogos modernos estão entre as atrações, como Zombiedice, Arcadia e Quest. Dardos e tabuleiros tradicionais também estarão disponíveis para o público. O Encontro de Games é um evento em parceria com o grupo Guadalupeças, que promove encontro de fãs de jogos de tabuleiros na região.

Shopping Jardim Guadalupe – Av. Brasil, 22155 – Guadalupe

West Shopping

Para festejar a chegada da Primavera, o West Shopping apresenta, no dia 17 de setembro (domingo), a peça infantil ‘As Quatro Estações’. A atração faz parte da programação ‘West Shopping Kids’ – projeto mensal do empreendimento voltado para eventos gratuitos infantis.  A peça tem produção da Cia Teatro de Bolso e será encenada no 2º piso do Shopping, próximo à loja Polishop, a partir das 17h.

West Shopping – Estrada do Mendanha, 555, Campo Grande

Shopping Jardim Guadalupe – “Alice no País das Maravilhas”

Muita aventura e diversão para os pequenos. É o que promete a peça “Alice no País das Maravilhas”, que será encenada neste domingo, 17 de setembro, às 16h, no Shopping Jardim Guadalupe. A apresentação faz parte do projeto “Teatrinho dos Sonhos” e a entrada é gratuita. O espetáculo é um clássico da literatura americana, que conta a história de Alice, uma menina curiosa e inteligente que, cansada do seu mundo monótono, de estudos e livros sem gravuras, acaba caindo no fantástico País das Maravilhas, após seguir um coelho muito atrasado. Nesse mundo de sonhos, conhece hábitos peculiares, como correr atrás de um coelho de colete e relógio, tomar chá com o Chapeleiro Maluco e jogar baralho com a malvada Rainha de Copas. Juntos, eles embarcam numa incrível e imperdível aventura.

Shopping Jardim Guadalupe – Av. Brasil, 22155 – Guadalupe

 Brincantar

 (Brincantar/Divulgação)

O Américas Shopping traz para os pequenos, no sábado, dia 16 de setembro, o espetáculo infantil “Brincantar”. A atração é gratuita e tem início às 17h. Com muita música e histórias variadas, a criançada vai se divertir ao som de diferentes ritmos. Na atração, o músico e também ator Fábio Campelo faz um passeio pelas brincadeiras cantadas, embaladas em estilos populares como o frevo, coco, samba, reggae, ciranda, maracatu, funk e canções de ninar, estimulando nas crianças o interesse pela cultura popular.

Américas Shopping fica na  Av. das Américas, 15.500 – Recreio (esq. com Benvindo de Novaes)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s