Confira 33 atrações gratuitas para curtir este fim de semana

Um guia com programas para se divertir sem gastar dinheiro, com espetáculos, exposições, eventos e outras atrações

No domingo (27), o Parque Madureira será palco de uma série de ações gratuitas promovidas pela Unimed-Rio. As atividades começarão às 11h, com oficinas de skate e patins. Às 15h, será possível conferir alguns profissionais fazendo manobras radicais, e, para fechar a tarde, às 16h, terá aulão de charme. Leia mais.

Orquestra Jovem de Paquetá

 (OJP/Divulgação)

A Orquestra Jovem de Paquetá se apresenta no jardim da Casa Museu Eva Klabin neste sábado (26), às 16h. Com direção artística de Josiane Kevorkian e regência e Bruno Jardim, aOrquestra Jovem Paquetá é resultado do trabalho contínuo de formação do Projeto Bem Me Quer Paquetá, desenvolvido na Casa de Artes Paquetá. No repertório obras deGerra-Peixe, Miguel Wisnik e Tom Zé, Pixinguinha.

Orquestra Jovem de Paquetá – Concertinhos de Eva para Crianças. Sábado (26), às 16h. Entrada gratuita – distribuição de senha às 15h. A partir de 5 anos. Av. Epitácio Pessoa, 2480 – Lagoa

Enquanto a seleção brasileira não estreia na Copa do Mundo, o público aproveita para se divertir com álbum de figurinhas do torneio. Para incentivar, o Fashion Mall inaugura, no primeiro piso, um espaço dedicado para as trocas. O acesso é gratuito e dedicado a crianças e adultos de todas idades.

O ponto de encontro estará aberto diariamente, de acordo com o horário de funcionamento do shopping: segunda a sábado, de 10h às 22h, e domingos e feriados de 15h às 21h.

Fashion Mall – Segunda a sábado, de 10h às 22h, e domingos e feriados de 15h às 21h. Piso L1. Entrada gratuita.

Cartas

A baiana Mabel Velloso, 84 anos, é escritora e tem dezenas de títulos publicados. A atenção das pessoas, em geral capturada por seus irmãos Maria Bethânia e Caetano Veloso, desta vez se volta para ela, ou melhor, para sua obra, nesta videoinstalação montada no Oi Futuro. Vêm do livro Cartas de Dor, Cartas de Alforria (Oiti, 2004) os textos lidos por nomes como o poeta e imortal da ABL Antonio Cícero (na foto), o poeta Jorge Salomão e a coreógrafa Márcia Milhazes. Ao longo da sessão, o visitante acomoda-se em almofadas e acompanha histórias de amores e dissabores, ora amargas, ora espirituosas, exibidas em três telões.

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 27 de junho.

Sobrevoo

 (Marcos Amaro/Divulgação)

O artista multimídia Marcos Amaro, um apaixonado por aviação, apresenta vinte obras de médias e grandes dimensões na individual Sobrevoo. Ele criou esculturas e assemblages (colagens com objetos e materiais tridimensionais) usando partes da fuselagem e outras peças de aviões. Segundo o curador da exposição, Ricardo Resende, Amaro é conhecido por reinventar objetos. Além dos pedaços de aeronaves, como pneus, turbinas e asas, tecidos surgem entre os espaços, formando um ambiente curioso. O curador também destaca a presença da paixão e da morte nas criações. “Amaro dá sobrevida com afeto a essas máquinas agora inúteis, que foram voadoras algum dia”, pontua Ricardo Resende. 

Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Abertura no sábado (5). Até 24 de junho.

Circuito Time Brasil

 (Divulgação/Divulgação)

De 2 a 27 de maio, o Bangu Shopping, na Zona Oeste, recebe o “Circuito Time Brasil”. As arenas esportivas são destaques do espaço, que ficará localizado próximo à livraria Leitura, com a proposta de aproximar o público de esportes olímpicos como Golfe, Tênis de Mesa, Hóquei sobre Grama e Tiro com Arco. A atração conta ainda com uma exposição de manequins em diferentes poses esportivas apresentando os uniformes oficias do Time Brasil usados nos Jogos Rio 2016, painéis exibindo conteúdo informativo sobre o Time Brasil e um videogame com jogos esportivos. Entre as atrações está o bate-papo com perguntas e respostas sobre dois esportes com atletas profissionais, em uma estrutura montada em frente à livraria Leitura. O primeiro deles é o carioca tricampeão brasileiro de hóquei sobre grama Bruno Mendonça. Além do debate, ele fará sessão de fotos com os clientes do Bangu Shopping, no dia 6/5, às 16h. O convidado para falar sobre Karatê é o repórter da TV Globo e também campeão carioca e brasileiro Diego Moraes. O karateca retornou às competições após 11 anos a fim de buscar a vaga olímpica. Diego participará do evento no dia 27/5, às 16h.

Bangu Shopping – Rua Fonseca, 240 – Bangu. 1º piso – 2 a 27 de maio de 2018. Sábados, domingos e feriados, das 13h às 20h. 

CCBB – Disruptiva

Com o propósito de apresentar tecnologias que proporcionam inusitadas experiências sensoriais, a mostra Disruptiva, braço do Festival Internacional de Linguagem Eletrônica (File), pretende conduzir o visitante a uma  jornada em que ele se transforme em parte das obras em exibição. O acervo trará um espelho capaz de fundir duas pessoas, combinando o corpo de uma e o rosto de outra, e mais vivências de realidade virtual e interatividade. As três atrações a seguir são dicas dos curadores da exposição, Paula Perissinotto e Ricardo Barreto. Acesse para mais informações.

O Instante Mais Longo

 (Monica Mansur/Reprodução)

Reunião de obras realizadas com a tradicional técnica de pinhole — “buraco de alfinete”, em tradução literal, um pequeno orifício que faz as vezes de lente da câmara escura —, a mostra O Instante Mais Longo, da artista Monica Mansur, apresenta películas de 6 centímetros por até 85 centímetros de comprimento com imagens originais em negativo, posteriormente ampliadas em tamanhos variados e instaladas de formas diversas, dispostas em sinuosas superfícies, como em um labirinto, em carretéis que se desenrolam e vídeos.

 Ateliê da Imagem. Avenida Pasteur, 453, Urca. Segunda a sexta, 10h às 21h; sábado, 10h às 17h. Grátis. Até 17 de junho. A partir de sexta (13).

Alexandre Vogler

A mostra Pintura de Fresnel traz uma instalação composta de dez serigrafias sobre papel, elaboradas com base na observação das lentes desenvolvidas no século XIX para uso em faróis marítimos.

Paço Imperial. Praça XV de Novembro, 48, Centro. Terça a domingo, 12h às 18h. Grátis. Até 27 de maio.

Helena Trindade

 (Helena Trindade/Divulgação)

Assim como as outras 45 escolhidas, a obra A Letra É a Traça da Letra (foto), que não por acaso dá nome à mostra, explora a pesquisa da artista sobre a poesia visual. O acervo traz ainda instalações, fotos, esculturas, vídeos e performance. A curadoria é de Glória Ferreira.

Paço Imperial. Praça XV de Novembro, 48, Centro. Terça a domingo, 12h às 18h. Grátis. Até 27 de maio. 

Geraldo Marcolini

A mostra Fim de Semana em Cabo Frio traz quinze pinturas do artista que tomaram como base fotografias autorais ou apropriações. Os trabalhos selecionados revelam um interesse pela arquitetura e por paisagens inabitadas, em especial piscinas e áreas de lazer de residências e clubes.

Paço Imperial. Praça XV de Novembro, 48, Centro. Terça a domingo, 12h às 18h. Grátis. Até 27 de maio. 

Osvaldo Carvalho

 (Osvaldo Carvalho/Divulgação)

Influências da cultura pop misturam-se a notícias factuais nas telas da mostra Terra Prometida, na qual o artista busca refletir sobre os principais impasses vividos pelos homens na atualidade. Na foto à esquerda, uma das obras da série que retrata manifestações contra o G20, grupo que congrega líderes das maiores potências econômicas do mundo.

Paço Imperial. Praça XV de Novembro, 48, Centro. Terça a domingo, 12h às 18h. Grátis. Até 27 de maio. 

Susana Queiroga

A maior exposição já realizada pela artista na cidade, Miradouroocupa três salas do histórico prédio com obras recentes e inéditas. Pinturas, esculturas, instalações e vídeos traduzem a pesquisa da artista sobre o tempo, a paisagem e a cartografia.

Paço Imperial. Praça XV de Novembro, 48, Centro. Terça a domingo, 12h às 18h. Grátis. Até 27 de maio. 

Marcos Abreu

Pinturas e gravuras compõem o conjunto de 45 obras inéditas presentes na exposição MUROH. Em comum a todas, notam-se influências do grafite, da pichação e da linguagem gráfica de cartazes.

Paço Imperial. Praça XV de Novembro, 48, Centro. Terça a domingo, 12h às 18h. Grátis. Até 27 de maio. 

Dá Licença

Reunião de vinte obras inspiradas na cultura pop de nomes como Evandro Prado, Fernando Ribeiro e Yara Dewatcher. 

Tramas Arte Contemporânea. Avenida Atlântica, 4240, loja 219, Copacabana (Shopping Cassino Atlântico). Segunda a sexta, 10h às 19h. Grátis. Abertura na quinta (26). Até 26 maio.

Acervo na Luciana Caravello Arte Contemporânea

Pinturas e esculturas de artistas como Lucas Simões, Nazareno e Ricardo Villa estão na mostra. 

Rua Barão de Jaguaripe, 387, Ipanema. Segunda a sexta, 10h às 19h. Grátis. Abertura na quinta (26). Até 26 de maio.

Hilton Berredo

 (Hilton Berredo/Divulgação)

Vinte anos após sua última individual, o artista plástico abre a exposição Hilton Berredo — Dos Anos 80 às Obras Recentes. Entre as 87 peças reunidas estão as telas produzidas para a série FLAT3D (foto), que fazem alusão ao seu trabalho com borracha, realizado no bojo da Geração 80.

Paço Imperial. Praça XV de Novembro, 48, Centro. Terça a domingo, 12h às 18h. Grátis. Até 27 de maio. 

Museu Histórico Nacional

 (Museu Histórico Nacional/Divulgação)

Oficial da Marinha e pintor, o italiano Edoardo De Martino (1836-1912) viveu no Brasil entre 1868 e 1875. Por aqui, foi convidado pelo imperador dom Pedro II a documentar a Guerra do Paraguai, trabalho que o projetou como autor de impecáveis marinhas e retratos detalhistas de embarcações das Forças Armadas. Há mais de dez anos longe da vista do público, parte desse acervo é reunida na exposição Paisagens da Guerra — A Pintura de E. De Martino, em cartaz a partir de quinta (15) no Museu Histórico Nacional. A seleção inclui Naus e Fragatas Inglesas no Ancoradouro (foto).

Museu Histórico Nacional. Praça Marechal Âncora, s/nº, Centro. Terça a sexta, 10h às 17h30; sábado e domingo, 13h às 17h. R$ 10,00. Grátis aos domingos. Até 29 de junho. 

TRIO Bienal — Bienal Tridimensional

 (Arno Beck/Divulgação)

Na segunda edição, a TRIO Bienal — Bienal Tridimensional Internacional do Rio de Janeiro reúne 65 artistas, brasileiros e estrangeiros, para discutir questões urgentes da sociedade. Sob a temática Vestir o Mundo!, o curador Alexandre Murucci convidou nomes como Tunga e Nelson Leirner a apresentar obras que abordem a relação do homem com o planeta (parte das criações também ocupa o arboreto do Jardim Botânico).

Cidade das Artes. Avenida das Américas, 5300, Barra. Terça a domingo, 10h às 18h. Grátis.

Pet Park

 (Divulgação/Divulgação)

Vida de cachorro pode até não ser fácil, mas com certeza ficará muito mais divertida a partir do dia 16 de dezembro. É que nesta data o Recreio Shopping inaugura o primeiro Pet Park gratuito da região. Atendendo as demandas de entretenimento dos peludos do Recreio dos Bandeirantes, o shopping encerra o ano em que comemora 20 anos de atividade com um presente especial para os pets. Com 300m² de muito entretenimento, o novo playground ficará aberto a todo público, durante o funcionamento do shopping, com entrada gratuita. Com obstáculos de madeira, rampa, túneis, bastões e traves com barras, o playground ainda terá uma casinha gigante para completar a brincadeira.

Recreio Shopping – Avenida das Américas, 19.019, Recreio dos Bandeirantes. Grátis.

Feito Poeira ao Vento

 (Bruno Veiga/Divulgação)

Não por acaso, a mostra em cartaz no Museu de Arte do Rio abriu as portas no Dia Mundial da Fotografia: 19 de agosto. Um recorte do acervo próprio levou à exibição de 250 registros de 112 autores, imagens que inspiram uma viagem do século XIX aos dias de hoje. Montada em todo o 1º andar do prédio, a exposição aborda temas variados, mas une nomes de épocas distintas em diálogos instigantes — é o que sugere, por exemplo, a aproximação entre a série suburbana de Bruno Veiga (foto) e os flagrantes cariocas do francês Pierre Verger (1902-1996). Obras de Adriana Varejão e Rogério Reis, provavelmente já vistas pelo público em outras ocasiões, completam o agradável passeio. 

MAR. Praça Mauá, 5, Centro. Terça a domingo, 10h às 17h. R$ 20,00. Grátis às terças. Até 1º de julho de 2018.

Festa Brasileira: Fantasia Feita à Mão

 (Marcio Vasconcelos/Divulgação)

Inspiradas por grandes celebrações folclóricas (como o bumba meu boi, do Maranhão, ou o maracatu rural, de Pernambuco), obras de artesãos de todo o país foram selecionadas para a exposição Festa Brasileira: Fantasia Feita à Mão. No Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro (Crab), a mostra apresenta objetos, adereços, máscaras, vestimentas e instrumentos musicais espalhados por nove ambientes. Os destaques incluem um conjunto de pequenas esculturas assinadas por Vitalino Pereira dos Santos, o renomado Mestre Vitalino (1909-1963) — entre elas Casamento a Cavalo.

Praça Tiradentes, 69, Centro. Terça a sábado, 10h às 17h. Grátis. Até 2 de junho de 2018. Confira aqui a programação completa.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s