Confira 25 atrações gratuitas para curtir o fim de semana

Um guia com programas para se divertir sem gastar dinheiro, com espetáculos, exposições, eventos e outras atrações

CONCERTO

Dmitry Masleev

Vencedor do prestigiado Concurso Internacional Tchaikovsky, em 2015, o pianista russo apresenta-se no Brasil pela primeira vez, como estrela do já tradicional concerto de lançamento do Concurso Internacional BNDES de Piano — previsto para começar em 30 de novembro. Com entrada gratuita, Masleev interpreta, entre outros, Bach (Partita Nº 1), Schumann (Sonata Nº 2) e Chopin (Scène Dansante).

Sala Cecília Meireles (680 lugares). Largo da Lapa, 47, Centro, 2332-9223. Domingo (10), 17h. Grátis. Senhas serão distribuídas duas horas antes.

ESPECIAL

CineRua 

O festival de cinema conta com shows ao ar livre em pontos turísticos do Rio pelos próximos domingos, até o dia 17. Neste domingo (10), o agito começa às 17h com a DJ Lili, da festa Disritmia, nos pilotos do Museu de Arte Moderna (MAM), e segue com show às da Mãe Ana, às 21h.

Ato e Efeito


Gregorio Duvivier Ato e EfeitoGregorio Duvivier Ato e Efeito

 (/)

Criação de Rafael Teixeira, Fernando Neumayer e Luís Martino, o projeto celebra o teatro através do registro de cenas em que atores leem trechos de peças marcantes em suas respectivas carreiras. Nos filmes de curta duração, que serão exibidos no térreo do espaço, nomes como Debora Lamm, Gregorio Duvivier, Gustavo Gasparani e Charles Fricks atingem alta voltagem dramática durante suas leituras.

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo,  3131-3060. Terça a domingo, 11h/20h. Grátis. Até 1º de maio.

Badminton na Barra


Badminton Shopping Metropolitano BarraBadminton Shopping Metropolitano Barra

 (/)

Até 24 de abril, no período de meio-dia às 20h, os frequentadores do Shopping Metropolitano Barra poderão praticar badminton na quadra montada por lá, que terá 60 metros quadrados, e ficará instalada no piso L1. Clique para saber mais. 

Biizu Bazar 

A feira que reúne moda, gastronomia, acessórios, cosméticos e artesanato no Méier chega a sua 7ª edição no sábado (9), entre 11h as 19h, com entrada gratuita, é claro. Entre os quarenta participantes estão Mania de Pulseira, Bela Flor, Deniday, Chousa Boutique, Carol Sapatilha, Lótus, Donna Rosa, El Sol Sabonetes, Brigadeiros de mel.  O endereço é Rua Dias da Cruz, 617.

Pôr do Sol na Lagoa


pordosol1pordosol1

 (/)

No sábado (9) e no domingo (10), acontece a terceira edição do Pôr do Sol na Lagoa, feira de gastronomia ao ar livre com a participação de food trucks, chefs de cozinha prestigiados e marcas de cervejas artesanais cariocas. Programa perfeito para uma tarde de outono, o evento se espalha pelo estacionamento em frente ao Clube Monte Líbano, que fica no número 701 da Avenida Borges de Medeiros, das 16h às 23h. Clique para saber mais. 

Celebra Gastronomia de Rua


celebra_gastronomiaderua_alexferro.30032016-3259celebra_gastronomiaderua_alexferro.30032016-3259

 (/)

Primeiro evento da agenda de programações culturais do Comitê Rio 2016, o Celebra Gastronomia de Rua reúne, no sábado (9) e no domingo (10), vinte ambulantes da gastronomia de rua nos pilotis do Museu de Arte Moderna (MAM). Entre os quitutes participantes estão bolinho de bacalhau do Mazzaropi, cocada da Cris, pastel do Bigode (Laranjeiras), tapioca do Arnaldo (Flamengo), sucolé do Claudinho (Ipanema), ateliê Brigadeiro Carioca e o pão de queijo do Carlinhos (Bangu). Clique para saber mais.

CRIANÇAS

Anima Circus


Anima CircusAnima Circus

 (/)

Fundado em 1992 pelo mestre bonequeiro Jorge Hirigoyen, o grupo de teatro e fantoches La Loca Compañía Uruguaya, além de ter se apresentado em sua terra natal, já esteve no Chile, na Argentina e em Cuba. Iniciada pelo Sul, a turnê brasileira inclui o Rio: a trupe faz duas sessões do espetáculo Anima Circus, no sábado (9) e no domingo (10), às 11 horas, de graça, no Teatro de Marionetes Carlos Werneck. Música, dança e bom humor embalam as histórias protagonizadas por curiosos bonecos gigantes, com até 3 metros de altura, manipulados pelos artistas. Ganham vida em cena personagens do picadeiro, como a contorcionista, o atirador de facas, o domador de leões e um encantador de serpentes. A visita da companhia uruguaia integra a terceira edição do projeto de apresentações gratuitas Bonecos no Parque (45min). Rec. a partir de 4 anos. Clique para saber mais.

Quintao

Quintao-cafe

Quintao-cafe

Aos pais que não aguentam mais levar os filhos em shoppings fechados, uma boa notícia: neste sábado (9), o Espaço Itanhangá recebe o trailer do Quintao Café. A programação gratuita destinada à criançada inclui oficina de muffin sem glúten e sem lactose ministrada pela chef mirim Carolina Paradiso, de 12 anos, que falará ainda sobre a intolerância ao glúten, lactose e ovo, e os desafios da chef. Haverá ainda degustação de comidinhas orgânicas para bebês, oficina de sustentabilidade com tecidos e espaço com brinquedos educativos, feitos com papelão, a exemplo de castelo, mesas, bancos e casinha. Clique para saber mais.

Recreação infantil

A programação traz diversas atividades para as crianças a partir de 2 anos. Os pequenos poderão participar de oficinas em diversos ambientes diferentes: oficinas de máscaras de carnaval, pintura, massinha, argila, desenho e jogos. O evento é gratuito e será realizada na Praça de Alimentação.

Shopping Bay Market fica na Av. Visconde do Rio Branco, 360, Centro, Niterói. Todo domingo, 17h.

Bisa Bia, Bisa Bel


Bisa Bia Bisa BelBisa Bia Bisa Bel

 (/)

Vencedor de sete prêmios, o musical, baseado no livro homônimo de Ana Maria Machado, retorna aos palcos cariocas para sua quarta temporada. Com direção de Joana Lebreiro, a trama narra a história de Isabel, que, depois de ler o clássico com os amigos, vivencia um encontro, em seu imaginário, com a bisavó e a bisneta. A partir da viagem no tempo, a personagem reforça a própria identidade. A montagem será encenada também nas Arenas Cariocas Abelardo Barbosa — Chacrinha (Pedra de Guaratiba), em 24 de abril; Jovelina Pérola Negra (Pavuna), em 30 de abril; Fernando Torres (Madureira), em 13 de maio; e Dicró — Carlos Roberto de Oliveira (Penha), em 28 de maio (60min). Rec. a partir de 5 anos.

Cidade das Artes (450 lugares). Avenida das Américas, 5300, Barra da Tijuca, 3325 0102. Sábado e domingo, 16h; quarta, 10h e 16h. Grátis. A distribuição de senhas será feita 1 hora antes do início de cada espetáculo. Estreia prevista para sábado (2). Até 10 de abril. 

 

FESTA 

Choro e samba na Praça

Todo domingo, na Praça São Salvador, acontece a apresentação de choro de ótima qualidade, seguido de um samba. Junto ao chorinho, tem uma feira com diversas barracas que vendem artesanato e outros produtos.

Praça São Salvador, Laranjeiras. Domingos, 11h.

 

SHOW


Nivea Viva Rock Brasil_Pitty_Paula Toller_Nando Reis_Herbert ViannaNivea Viva Rock Brasil_Pitty_Paula Toller_Nando Reis_Herbert Vianna

 (/)

Em edições anteriores, o bem-sucedido projeto de música e marketing celebrou, com apresentações gratuitas ao ar livre, Elis Regina, Tom Jobim, Tim Maia e o samba. No domingo (10), o Nivea Viva Rock Brasil festeja os sessenta anos do gênero no país. Paula Toller, Nando Reis e Paralamas do Sucesso sobem ao palco na areia de Ipanema para passear por fases do rock nacional através de 34 canções. Clique para saber mais.

 

EXPOSIÇÕES

Ocupação Aloísio Magalhães


Ocupação Aloisio MagalhãesOcupação Aloisio Magalhães

 (/)

Quem anda ali pela faixa dos 40 anos — para cima — certamente se lembra do “barão”. Assim ficou conhecida popularmente a finada nota de 1 000 cruzeiros, na qual vinha impressa a efígie do barão do Rio Branco. Lançada em 1977, a cédula é uma das muitas criações do pernambucano Aloísio Magalhães (1927-1982), pioneiro do design moderno no país. Também levam a sua assinatura os primeiros logotipos de empresas como Light, Petrobras e Rede Globo, além das marcas do IBGE, da Bienal de São Paulo e de instituições financeiras, como o Banespa e o extinto Unibanco. Um dos trabalhos mais emblemáticos do artista é o símbolo do IV Centenário do Rio de Janeiro, criado em 1964 — seu sucesso retumbante e sua acolhida pela população são o sonho de qualquer designer. A mostra Ocupação Aloísio Magalhães, que já passou por São Paulo e Recife e tem abertura prevista para sábado (9) na Biblioteca Parque Estadual, exibe essas e outras obras, inclusive as pinturas abstratas do começo da carreira. Trata-se de bela oportunidade de conhecer um artista que contribuiu para dar cara ao Brasil. Clique para saber mais.

Nós

Curto, o nome da mostra diz quase tudo: Nós. A palavra alude tanto ao plural de nó, tipo de amarração, quanto ao pronome da primeira pessoa do plural. O primeiro sentido é usado pela curadora Fernanda Pequeno para definir o entrelaçamento das obras e a forma de composição do ambiente expositivo. O segundo diz respeito à reunião de dez artistas brasileiros na Galeria 4 da Caixa Cultural. Estão expostas obras de Alexandre Sá, Ana Miguel, Anna Maria Maiolino, Arthur Bispo do Rosário, Cristina Salgado, Daniela Mattos, Leo Ayres, Renato Bezerra de Mello, Ricardo Basbaum e Tunga. Foram selecionados desenhos, objetos, instalações, vídeos, bordados, esculturas e pinturas. Dos vinte trabalhos escolhidos, quatro são de Bispo do Rosário (1911-1989), criador inspirado que passou a maior parte da vida como um dos internos da instituição psiquiátrica Colônia Juliano Moreira.

Caixa Cultural (Galeria 4).  Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, 3980-3815, ↕ Carioca. →Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 8 de maio.

Conversação

As belezas naturais do Rio levam a certa injustiça contra a cidade: pouco se fala das maravilhas artificiais locais. Na exposição de fotos Conversação, com abertura prevista para este sábado (5), no Parque das Ruínas, Aristides Correa Dutra propõe um olhar atento sobre a cidade construída. Ele evitou monumentos como o Theatro Municipal, o MAM ou nosso ícone mais recente, o Museu do Amanhã. Nas imagens, ressalta “personagens” raramente notados pelo passante apressado. “Quase todas as fotos têm a figura humana. Há vultos históricos, santos, anjos, alegorias, figuras mitológicas e máscaras”, relata o artista plástico e fotógrafo, que se diz influenciado por Marc Ferrez e Augusto Malta, e pelo fotógrafo de moda alemão Horst P. Horst (1906-1999), devido ao “tratamento escultórico que dava ao corpo humano”. Flanando pela cidade, Dutra trilha caminho oposto ao humanizar esculturas cariocas — a exemplo de Alegoria da Sabedoria, trabalho de terracota que enfeita o topo do Solar do Visconde do Rio Seco, no Centro.

Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas. Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa,  2215-0621. Terça a domingo, 10h às 18h. Grátis. Até 8 de maio.

Manfredo de Souzanetto

Mineiro da cidade de Jacinto, Manfredo de Souzanetto despontou em 1974, no Salão de Arte Universitária de Belo Horizonte. Estudou em Paris entre 1975 e 1979 e, no Rio, formou-se no curso de gravura da Escola de Belas Artes da UFRJ. Por aqui, desenvolveu obra rica, em fases que vão dos trabalhos geométricos em papel, nos anos 70, às telas sobre estruturas de formas diversas, na década seguinte, passando por fotografias, pinturas-relevo, objetos e esculturas. Em boa parte das pinturas, o artista se vale de pigmentos naturais fabricados por ele, com destaque para tipos e tons de terra de seu estado natal. Paisagem Ainda que, retrospectiva aberta para o público a partir de quinta (24), exibe 38 pinturas e cinco fotos de Souzanetto distribuídas por quatro salas. O artista encabeça o novo pacote de exposições do Paço, que inclui, abrindo na mesma data, individuais de Elisa Bracher (desenhos e esculturas, Marco Veloso (desenhos), Regina de Paula (videoinstalações e fotos) e Tatiana Grinberg (videoinstalação e esculturas).

Paço Imperial. Praça Quinze de Novembro, 48, Centro,  2215-5231. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 29 de maio.

Modernidades Fotográficas, 1940-1964

Modernidades Fotográficas

Modernidades Fotográficas

A mostra passou por Berlim — onde estreou, em outubro de 2013 —, Lisboa, Paris e Madri. Foi considerada, pelo site Huffington Post, uma das cinco melhores exposições para visitar em 2015. Pertencente ao acervo do Instituto Moreira Salles, a coleção, com 160 itens, volta para casa: a partir de domingo (20), a sede carioca da instituição abre para visitação pública Modernidades Fotográficas, 1940-1964. Da coleção assinada por quatro autores emerge um rico panorama histórico. Marcel Gautherot (1910-1996), nascido em Paris, tinha origem operária e, ao fixar-se no Brasil, em 1940, batalhou pela formação de uma identidade nacional. O piauiense José Medeiros (1921-1990) é o fotojornalista por excelência, cria da redação de O Cruzeiro, revista na qual trabalhou por mais de quinze anos. Terceiro na lista, o húngaro Thomaz Farkas (1924-2011) chegou ao Brasil com 6 anos e tornou-se um dos principais fotógrafos da construção de Brasília (era o preferido de Oscar Niemeyer). Por último, mas não menos importante, como o visitante vai constatar, Hans Gunter Flieg, nascido em 1923, marca presença com suas imagens de traços futuristas. Vindo da Alemanha e radicado em São Paulo, ele registrou o processo de industrialização do país.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea,  3284-7400. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 26 de fevereiro de 2017. 

Only You


ONLYYOU9ONLYYOU9

 (/)

Ao longo de três anos, o fotógrafo paulistano Leonardo Kossoy registrou em fotos e vídeos cenas dos atores Gilda Nomacce e Germano Melo nus. As poses sugerem situações dramáticas ou formas geométricas com os corpos do casal. No total, são cerca de 140 obras, entre fotos, instalações e vídeos. O título da mostra remete ao hit musical homônimo gravado pelo grupo americano The Platters, nos anos 50, e trata do desejo do artista de falar das relações a dois. A curadoria é do também fotógrafo Fernando Azevedo. 14 anos. Estreia prevista para terça (15).

Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro  2253-1580. ↕ Uruguaiana. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 8 de maio.

Agricultura da Imagem

Com passagens por São Paulo e Fortaleza, a mostra reúne obras do amazonense Rodrigo Braga. Radicado no Rio, ele usa a natureza como matéria-prima para suas obras. Serão exibidas trinta fotografias, três vídeos e uma instalação, além de objetos pessoais e desenhos originais, inspirados pelas paisagens da Floresta da Tijuca, do litoral de Pernambuco e do Rio Negro, no Amazonas. Braga possui trabalhos em acervos importantes no Brasil e no mundo, a exemplo do MAM carioca e da parisiense Maison Européenne de la Photographie.

Espaço Cultural BNDES. Avenida República do Chile, 100, Centro,  0800 702-6337, ↕ Carioca. → Segunda a sexta, 10h às 19h. Grátis. Até 15 de abril.

Outras Portas da Percepção — Um Experimento em Teoria da Imagem

Desde os anos 70, Arthur Omar marca presença em múltiplas áreas da produção cultural. Atua como cineasta, fotógrafo, ensaísta, artista plástico, muitas vezes fazendo tudo ao mesmo tempo. Pioneiro, no país, na exploração de novas mídias, já expôs na Bienal de São Paulo (1997) e no nova-iorquino MoMA (1999). Em sua mais recente mostra, Outras Portas da Percepção — Um Experimento em Teoria da Imagem, Omar exibe três séries de fotografias acompanhadas de fragmentos de texto. Nas fotos, tenta capturar o momento em que a imagem sem forma começa a se definir. Na Galeria 1 pontificam interferências sobre o quadro A Menina do Brinco de Pérola, do holandês Johannes Vermeer (1632-1675). A Galeria 2 abriga imagens de matéria inanimada transformadas, de maneira bem subjetiva, em seres míticos. Na Galeria 3, formas indefinidas ganham recortes nítidos e imagens coloridas são apresentadas em preto e branco. A ideia é que o visitante saia com a sensação de ter experimentado “uma sucessão de acasos inesperados”, nas palavras do artista.

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, níveis 2, 4 e 5, Flamengo,  3131-3060. → Terça a domingo, 11h às 18h. Grátis. Até 1º de maio.

Depois do Futuro — Daniela Labra

A coletiva faz parte do programa Curador Convidado, em que curadores mesclam trabalhos de alunos da Escola de Artes Visuais (EAV) a obras de artistas conhecidos. A convidada deste ano, que marca a quarta edição da mostra, é a chilena radicada no Rio Daniela Labra. O fio condutor para a escolha das obras é a noção de futuro. Daniela reuniu cerca de sessenta criações de 39 artistas plásticos brasileiros e estrangeiros. Entre os nomes em destaque estão os brasileiros Laercio Redondo e Lia do Rio, a mexicana Teresa Margolles e a espanhola Irene de Andrés. Na programação paralela, o público poderá participar de debates com acadêmicos, ativistas e artistas.

Parque Lage. Rua Jardim Botânico, 414, Jardim Botânico,  3257-1800. Segunda a domingo, 10h às 17h. Grátis. Até 1º de maio.

ESPORTE

Praia Para Todos

O Projeto Praia Para Todos retoma as atividades de acessibilidade neste verão. Das 9h às 14h, de sábado e de domingo, portadores de necessidades especiais poderão participar do banho de mar assistido, vôlei sentado, surf e Stand up paddle adaptado. Até 30 de abril de 2016. Clique para saber mais. 

Runbase Rio

A casa de apoio da Adidas a corredores amadores recebe os cariocas. Instalado na Lagoa Rodrigo de Freitas, em frente ao Parque da Catacumba, o espaço funcionará diariamente entre 6h e 21h (segunda a sexta) e de 8h às 14h (sábado e domingo). O local oferece ao público empréstimo de diversos modelos de tênis de corrida da marca, vestiários com chuveiros, armários, além do teste de pisada, importante para identificar que tipo de tênis se adequa melhor a cada pessoa. Clique para saber mais.

Meditação na Praia do Flamengo

O monge Luís Carlos de Mello, do movimento religioso Happy Science (Ciência da Felicidade), faz uma sessão de meditação que dura em média 45 minutos. Mello faz uso de métodos de relaxamento e energização para introduzir os participantes a temas como espiritualização, fortalecimento da mente, controle dos pensamentos, alívio nas doenças, obtenção de curas, conexão e harmonia com universo, busca do ‘eu’ interior, entre outros.

Praia do Flamengo, entre os postos 2 e 3. Todos os domingos, 11h.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s