Casa Daros se despede com programação gratuita

Centro cultural abre as portas pela última vez no domingo (13), menos de três anos após a sua inauguração

Neste domingo (13), sete meses após o súbito anúncio do que encerraria suas atividades, a Casa Daros abre as portas pela última vez. Além da entrada franca para a ótima exposição Cuba – Ficción y Fantasia, que reúne cerca de 130 obras de quinze artistas cubanos, o centro cultural preparou uma programação especial de despedida, que inclui brincadeiras no pátio interno e visitas a uma instalação montada no Ateliê de Criação, onde o público pode conferir um pouco do que foi realizado no projeto Arte É Educação. No último dia de funcionamento, os visitantes poderão escrever ou desenhar seus desejos em um papel e soltá-los no ar com balões de gás hélio que estarão espalhados pela instituição (confira a programação completa no fim da matéria).

Inaugurada em março de 2013, a Casa Daros tornou-se rapidamente um dos centros culturais mais relevantes e queridos da cidade, com uma consistente programação de exposições de arte latina.Oficialmente, o discurso para justificar o fechamento é de que a Coleção Daros Latinamerica, comandada pela bilionária suíça Ruth Schmidheiny, vai entrar em uma nova fase, tendo como diretriz a exibição de suas peças em um circuito mais abrangente de museus e galerias internacionais – rumo dificultado pelo enfoque dispensado ao Rio desde a abertura da Casa Daros, a única instituição nos moldes de um museu vinculada à organização. A diretoria, porém, reconhece que sua gestão se tornou demasiadamente cara e logisticamente tortuosa. 

Sábado (12)

Ateliê Aberto, 11h às 19h

Intalação Arquivo de Memórias para Dispositivos Futuros com registros, objetos e espaço interativo para o público conferir o que foi realizado no projeto de Arte É Educação. Local: Ateliê de Criação. Livre.

Brincando no Pátio, 13h às 18h

O pátio será ocupado com brincadeiras ao ar livre para toda a família. Livre.

Exercícios Pedagógicos, 13h às 18h

Exercícios pedagógicos elaborados pelo artista Luis Camnitzer e o coletivo Arte como Educación para a mostra Cuba – Ficción y Fantasia. Local: Espaço de Documentação. A partir de 5 anos.

Domingo (13)

Ateliê Aberto, 11h às 19h

Intalação Arquivo de Memórias para Dispositivos Futuros com registros, objetos e espaço interativo para o público conferir o que foi realizado no projeto de Arte É Educação. Local: Ateliê de Criação. Livre.

Brincando no Pátio, 13h às 18h

O pátio será ocupado com brincadeiras ao ar livre para toda a família. Livre.

Exercícios Pedagógicos, 13h às 18h

Exercícios pedagógicos elaborados pelo artista Luis Camnitzer e o coletivo Arte como Educación para a mostra Cuba – Ficción y Fantasia. Local: Espaço de Documentação. A partir de 5 anos.

Contação de histórias, 17h

A viagem: Viajar é bom antes, durante e depois. Quando a gente menos espera coisas mudam. Mudam a gente por dentro e para fora. Local: Auditório. A partir de 3 anos. 91 lugares. Haverá distribuição de senhas 30 min. antes na recepção.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s