Atrações gratuitas para curtir o fim de semana

Um guia com programas para se divertir sem gastar dinheiro, com espetáculos, exposições, eventos e outras atrações

 O Mercado

o-mercado-pre-carnaval-2017-3

 (/)

A primeira edição de O Mercado do ano terá clima pré-carnaval. A folia vai invadir o Solar das Palmeiras (Rua das Palmeiras, 35, Botafogo), no sábado (4) e no domingo (5), das 13h às 21h. Como de costume, quem passar por lá vai poder conferir as coleções de diversos designers e estilistas independentes da cidade. Um dos destaques do evento serão as fantasias e adereços para carnaval criados por marcas como Ara e By Nathalia Otero, para quem já está preparando o look para os bloquinhos de rua. No cardápio, hamburguerias artesanais, comida de boteco, comfort food, ceviche e uma variedade de sobremesas para adoçar a vida. Entre os confirmados estão o Chef Gustavo Fonseca, DuSal, Boi Ralado, Ovni Burger, Soloriso, Brada Doçaria e Júlia Mano. Para aquecer o tamborim com muita música brasileira, marchinhas, ritmos latinos e clássicos dos blocos o evento contará com a presença do DJ Galalau e DJ Lili Prohmann. A entrada é gratuita!

Rio Bier Festival

Rio Bier Festival Rio Bier Festival

Rio Bier Festival (Divulgação/)

Em nova edição, o Rio Bier Festival volta ao Città America entre sexta (3) e domingo (5), com mais de 250 rótulos de cervejas artesanais e importadas. Marcas como  Antuérpia, Krug Bier, Haus Bier, Noi , Cidade Imperial, Therezópolis, Saidera e BeerTruck estarão presentes no evento, com entrada gratuita. Outro destaque é a Jacobinus, uma das cervejas mais antigas do mundo, produzida por monges no mosteiro de Eschwege, na Alemanha, desde 1369. Para acompanhar as geladas, food trucks como Skull Burgers, Caracoles e Guten Truck oferecem sanduíches, batatas fritas e outras guloseimas. A programação conta ainda com shows de rock e pop, com as bandas Bed of Roses, que faz um tributo ao Bon Jovi, Lamutes, Outubro69 e a cantora Deia Cassali, além de área infantil. Città America. Avenida das Américas, 700, Barra da Tijuca (área externa). Sexta (3), das 18h às 23h; sábado (4), das 14h às 23h; domingo (5), das 17h às 22h.

Feira do Rio Antigo

Sempre no primeiro sábado do mês, a Feira do Lavradio, programa tradicional na agenda carioca, faz edição neste sábado (4) em clima de Carnaval. Enquanto passeiam por entre quase 400 barracas na Lapa garimpando artigos de artesanato, decoração, vestuário, móveis, CDs, vinis, livros, bijuterias, entre outros produtos, os visitantes poderão aproveitar o show do sambista Darcy Maravilha. O músico já passou por escolas como Portela e gravou sucessos como Razão Brasileira, com Elza Soares, Banda Raiz, com Jorge Aragão e Manda me Chamar, com Noca da Portela. Antes, o grupo Forró Descalço abre os trabalhos com xote e baião. Ainda dá para esticar numa cervejinha ao almoço nos muitos bares e restaurantes das redondezas.

Feira de adoção animal

cão cachorro cão cachorro

cão cachorro (Divulgação/Divulgação)

Neste sábado, 4 de fevereiro, das 11h às 17h, o Uptown Barra receberá mais uma edição da Feira de Adoção de Animais. Gratuito, o evento é uma parceria do projeto fotográfico Celebridade Pet e Petfanato. O projeto Celebridade Pet estará presente mais uma vez, oferecendo ensaios fotográficos com acessórios e roupas aos mascotes por R$ 30. Quem não puder levar um pet, pode ajudar os abrigos que os acolhem com ração, brinquedos e medicamentos veterinários.

Bar Bukowski para funcionários públicos

bar-bukowski.jpeg bar-bukowski

bar-bukowski (Divulgação/)

Uma das classes mais afetadas pela crise financeira que acomete o estado Rio de Janeiro, com salários atrasados, os funcionários públicos terão ao menos um alívio quando quiserem se divertir: a partir deste mês, o Bar Bukowski, em Botafogo, vai oferecer entrada gratuita aos sábados para funcionários públicos que apresentarem o holerite, até às 23 horas. A promoção, segundo a casa, segue “enquanto essa situação vergonhosa durar”. Inaugurado em 1997, o Bukowski é uma das mais antigas casas de rock da cidade, e espalha o melhor do gênero por três pistas, em um casarão de dois andares e um quintal arborizado com dois bares, sinuca e área com narguilé.

Bia Lessa

Diretora teatral que envereda por outras áreas, Bia Lessa assina a concepção de três espaços do Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro para apresentar, na mostra Territórios, o universo dos artesãos de Poço Redondo, cidade sergipana. Uma de suas instalações exibe dizeres pelas paredes grafados com mais de 2 milhões de pregos. Praça Tiradentes, 69, Centro. Terça a sábado, 10h às 17h. Grátis. Até 19 de abril.

Rio Academia

Rio Academia Rio Academia

Rio Academia (Rio Academia/Divulgação)

O projeto Rio Academia, iniciativa que acontece nas areias de Ipanema e tem o patrocínio do Santander Brasil, disponibiliza uma academia completa com diversas aulas totalmente grátis para clientes e não clientes. Os clientes têm acesso a aulas exclusivas diariamente, apresentando o cartão do Banco. A Academia funcionará até o dia 10 de fevereiro de 2017, das 6h30 às 15h30 e das 17h às 21h durante a semana e, nos finais de semana e feriados, das 8h às 13h. Neste período, as professoras Renata Mozzini e Marcela Amaral serão responsáveis, respectivamente, pelas aulas de yoga e cross fit.

Ao ar livre

Reformada para a Rio 2016 — e, por isso, com acesso limitado durante os Jogos —a Marina da Glória reabre ao público com uma mostra de esculturas ao ar livre. Monumental — Arte na Marina da Glória leva ao espaço no Aterro criações contemporâneas de dezenove artistas de todo o Brasil. Entre os nomes confirmados estão Artur Lescher, Frida Baranek e Antonio Bokel, autor de Babel (foto). Marina da Glória. Segunda a domingo, 24 horas.

Floresta Protetora

Floresta Protetora Floresta Protetora

Floresta Protetora (Veja Rio/Divulgação)

O Centro de Visitantes Paineiras, novo acesso ao Cristo Redentor, ganha uma exposição permanente que se propõe a mostrar toda a riqueza do Parque Nacional da Tijuca. Unindo arquitetura, design e tecnologia, ela ocupa uma área de 900m² e faz um panorama da biodiversidade da Mata Atlântica. Uma linha do tempo traça a história do importante ponto turístico acompanhada por fatos históricos do país, além de depoimentos de visitantes ilustres como Charles Darwin, Olavo Bilac e Machado de Assis. Uma maquete retrata o parque e instalações interativas permitem que os visitantes simulem ecossistemas e os impactos e consequências das ações do homem. Projeções, fotografias de drones e ilustrações também fazem parte da mostra. Centro de Visitantes Paineiras. Estrada das Paineiras, s/nº, Jardim Paineiras, ☎ 2225-7074. Segunda a domingo, 8h às 19h.

Modernidades Fotográficas, 1940-1964

Depois de estrear em Berlim, em 2013, e passar por Lisboa, Paris e Madri, a mostra chega ao Instituto Moreira Salles. São 160 trabalhos de profissionais que inauguraram a modernidade no campo da fotografia no país. As imagens, sensacionais e muito bem dispostas na galeria onde estão à mostra, vão do fotojornalismo de José Medeiros (1921-1990) ao modernismo de Marcel Gautherot (1910-1996), passando pela abstração de Thomaz Farkas (1924-2011) e a fotografia industrial de Hans Gunter Flieg. Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. →Terça a domingo, 11h às 20h. Até 26 de fevereiro de 2017.

Maria Lynch

Memórias da infância se misturam à potência do desejo em Máquina Devir, individual que celebra quinze anos de trajetória de Maria Lynch. Em nove salas do Oi Futuro Ipanema, a mostra, que abre no domingo (15), oferece experiências inusitadas, como o mergulho em uma piscina de balas e a prova de guloseimas sobre uma mesa cheia. Mas o programa não é tão inocente quanto parece: atores fantasiados em leituras filosóficas e uma rápida sessão de pole dance tornam a visita imprópria para menores de 18 anos. Terça a domingo, 13h às 21h. Grátis.

A Luz que Vela o Corpo É a Mesma que Revela a Tela

Carioca, formado na Escola de Belas Artes da UFRJ em 2009, Bruno Miguel contribui para a cena contemporânea como curador e criador. No primeiro papel, concebeu A Luz que Vela o Corpo É a Mesma que Revela a Tela. Em cartaz a partir de domingo (15), na Caixa Cultural, a coletiva reúne 100 pinturas de 36 nomes surgidos desde o fim dos anos 90 — Bruno incluído. O acervo busca mostrar como, em dias de internet, a pintura ainda dialoga com o pensamento de seu tempo. Entre os artistas estão Marcone Moreira, Gisele Camargo e Caio Pacela, autor de Um. Caixa Cultural. Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis.

Grandjean de Montigny e Rio de Janeiro no Século XIX

Responsável por relevantes mudanças culturais no Brasil, a Missão Artística Francesa trouxe ao Rio, em 1816, um grupo variado, no qual despontaram os pintores Jean-Baptiste Debret e Nicolas Antoine Taunay. Também no time, o arquiteto Grandjean de Montigny (1776-1850) passou o resto da vida no país. Por aqui, ensinou e realizou projetos como o prédio da Alfândega, hoje Casa França-Brasil. Onze ilustrações suas estão em Grandjean de Montigny e Rio de Janeiro no Século XIX, em cartaz a partir de sexta (13), no Museu Nacional de Belas Artes. O monumento à abdicação de dom Pedro I, na foto ao lado, é uma das atrações da mostra. Terça a sexta, 10h às 18h; sábado e domingo, 13h às 18h. R$ 8,00. Grátis aos domingos.

Exposição Otto Stupakoff: beleza e inquietude

 Otto Stupakoff Otto Stupakoff

Otto Stupakoff (Otto Stupakoff/Divulgação)

Moda, costumes, retrato, nada foge ao olhar do fotógrafo, autor das 300 imagens em exposição. Instituto Moreira Salles. Terça a domingo, das 11h às 20h. Até 30 de abril.

Galeria Marcelo Guarnieri

Orientado pela proposta de promover um diálogo entre arte moderna e contemporânea, o local apresenta, no momento, esculturas de animais assinadas pela artista búlgara Liuba Wolf. Curiosidade: as mesmas obras foram exibidas em 1965 no Museu de Arte Moderna. Rua Teixeira de Melo, 31 (lojas C e D), Ipanema. Segunda a sexta, 11h às 18h; sábado, 11h às 15h.

Mercedes Viegas

mercedes-viegas.jpg mercedes-viegas.jpg

mercedes-viegas.jpg (Redação Veja rio/)

Fundada nos anos 2000, representa cerca de vinte artistas. Atualmente, reúne, na coletiva Rosa, trabalhos de nomes como Antonio Bokel e Vânia Mignone. Rua João Borges, 86, Gávea. Segunda a sexta, 11h às 19h; sábados, 15h às 19h. Grátis.

Mul.ti.plo Espaço Arte

Espaço de pesquisa e divulgação de novos talentos, a galeria abriga uma das duas individuais da pintora Marina Saleme em cartaz na cidade — a outra está no Paço Imperial. Rua Dias Ferreira, 417 (sala 206), Leblon. Segunda a sexta, 10h às 18h30; sábado, 10h às 14h. Grátis.

Alegoria às Artes – Leon Pallière

palliere-alegoria-as-artes.jpeg Palliere Alegoria as Artes

Palliere Alegoria as Artes (Divulgação/)

O acervo em exibição, de documentos e esculturas do século XIX, tem como destaque a tela do artista que dá nome à mostra, produzida em 1855 para decorar o teto da biblioteca da Academia Imperial de Belas Artes. A obra de dimensões grandiosas remete à chegada da Missão Artística Francesa, em 1816. Até 12 de março.

Alexandre Sá

Vídeos, performances, objetos e instalações integram a exposição Passagens // Transferências. O artista criou sob a influência de fragmentos de textos que vão da poesia do romano Ovídio ao erotismo do francês Georges Bataille. Até 19 de fevereiro. Paço Imperial. Praça Quinze de Novembro, 48.

Antonia Dias Leite

Na individual Eterno Retorno, a artista, indicada ao Prêmio PIPA de 2012, apresenta dez fotografias e uma videoinstalação que, interligadas, exploram o movimento infinito da impermanência. Até 19 de fevereiro. Paço Imperial. Paço Imperial. Praça Quinze de Novembro, 48, Rio de Janeiro.

Ana Muglia

Inspirada no filósofo Paul Valéry, a mostra traz grandes pinturas sobre madeira e pequenos desenhos, além de folhas do caderno de Ana Muglia e um vídeo sobre semelhanças entre a arquitetura e a música. Até 19 de fevereiro. Paço Imperial. Praça Quinze de Novembro, 48.

Museu do Bonsai

Há pouco mais de um mês, a loja de decoração Espaço Ásia, no Recreio, abriu o Museu do Bonsai, que exibe exemplares da típica árvore anã, obtida por meio da poda de raízes e da condução de galhos, entre outras técnicas usadas em espécimes comuns — e bem maiores. Mundo afora, as árvores mais elaboradas chegam a custar R$ 30 000,00. No museu do Recreio, para quem se animar com a visita, há plantas cotadas a R$ 150,00. Espaço Ásia. Avenida das Américas, 14002, Recreio. Segunda a sábado, 9h às 17h30.

Clarice Lispector

clarice_lispector

Até 10 de março de 2017, os espaços de arte contemporânea do Museu da República estão ocupados pela poesia e obra da escritora na exposição “Somos Todos Clarice”. A mostra pode ser visitada aos sábados, domingos e feriados, das 13h às 18h. Museu da República. Rua do Catete, 153, Catete.

Praia Para Todos

Entre os dias 17 de dezembro e 30 de abril, os cariocas recebem mais uma edição de verão do Praia Para Todos. O projeto torna as praias acessíveis para quem tem dificuldades ou limitações de locomoção. As atividades acontecem das 9h às 14h, em frente ao Posto 3 da Barra da Tijuca e entre os Postos 5 e 6, em frente à Rua Francisco Sá, em Copacabana. As atividades são ministradas por profissionais capacitados.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s