50 anos depois, nova montagem de O Rei da Vela chega ao Rio

Zé Celso Martinez Corrêa volta a dirigir a icônica peça de Oswald de Andrade

Com texto de Oswald de Andrade, a peça O Rei da Vela ganhou histórica montagem do Teatro Oficina, dirigida por Zé Celso Martinez Corrêa, em 1967. Meio século depois, o encenador decidiu revisitar o clássico (leia a entrevista com Zé Celso na coluna Beira-Mar). Nessa crítica ao capitalismo escrita em 1933, e ainda com o prazo de validade em dia, Marcelo Drummond encarna o desalmado agiota Abelardo I. O tom de sátira é sublinhado pela irreverência da trupe (210min, com dois intervalos). 16 anos. Cidade das Artes. Avenida das Américas, 5300, Barra. Sexta, 20h; sábado e domingo, 19h. R$ 80,00. Até o dia 22. Estreia no sábado (14).

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s