Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Circo Voador e Renascença se unem em ação por profissionais da música

Mais de um ano após o início da pandemia do novo coronavírus, setor de shows e eventos segue paralisado e falta comida no prato dos trabalhadores

Por Marcela Capobianco Atualizado em 6 abr 2021, 16h41 - Publicado em 6 abr 2021, 12h11

A pandemia do novo coronavírus é uma realidade há mais de um ano, e o setor de shows e eventos culturais segue duramente afetado.

+ A corrida da Fiocruz para oferecer vacinas para metade dos brasileiros

Pensando em músicos, operadores de som, de luz, artistas, roadies que estão sem trabalho e, consequentemente, passando por dificuldades financeiras, o Baródromo, Beco do Rato, Clube Renascença, o projeto Samba Social Clube e o Circo Voador lançaram a campanha A Hora É essa, Porque Quem Tem Fome Tem Pressa.

Através de uma vaquinha on-line, é possível doar qualquer valor em dinheiro – através de boleto ou cartão de crédito – para ajudar quem está necessitado. A ação pretende arrecadar cestas básicas para serem distribuídas para estes trabalhadores.

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

Continua após a publicidade

A meta é arrecadar R$ 50 000,00, que serão distribuídos a profissionais do entretenimento impossibilitados de trabalhar.

+ Grupo Corpo comemora 46 anos com exibições de espetáculos no streaming

A campanha tem o respaldo de artistas como Carlinhos de Jesus, Zeca Pagodinho, Xande de Pilares, Roberta Sá, entre outros.

+ Fechado em 2017, Bar Semente renasce com festival de música na web

Para contribuir, clique aqui.

Continua após a publicidade
Publicidade