Marcas cariocas optam pela entrega via bike

A “magrela” tem assumido cada vez mais o papel da moto e, em tempos de crise, pode ser a melhor opção 

Cem horas. Esse é o tempo que o carioca perde por ano parado em engarrafamentos, segundo pesquisa elaborada por grupo holandês. 100 horas de praia, 100 horas de descanso, 100 horas de lazer. O serviço delivery é certamente a opção menos estressante na hora de consumir – e não foram apenas os clientes que perceberam isso. Agora é a hora de as marcas investirem em serviços de entrega alternativos, afinal, quando o freguês não vai ao mercado, o mercado vai ao cliente, com menos estresse e, principalmente, com mais sustentabilidade. A simples “magrela” tem assumido cada vez mais o papel da moto e, em tempos de crise, pode ser a melhor opção.

+ Cariocas investem em serviços domiciliares

Nos bairros mais densos, com muitos prédios e comércio local, a bicicleta é a melhor escolha pela facilidade, sem falar dos benefícios para o planeta. Toneladas de gases tóxicos deixam de ser emitidos anualmente com essa troca e, valorizar esse serviço, é incentivar que mais estabelecimentos apoiem a ideia. Por isso, VEJA RIO listou locais que, além de mais descolados que a concorrência, pensam no bem da comunidade.

Atêlie Monica Rose:

Sócia da loja de bijoux, Mônica Rosenweig é surfista e totalmente apaixonada pela natureza, por isso, agregar sustentabilidade à sua marca foi instintivo. Além disso, com a crise, ela viu no delivery um atrativo mais confortável e prático para otimizar as vendas. Como funciona? A cliente liga dizendo que tipo de acessório precisa e para que tipo de ocasião. A partir das informações, a equipe seleciona peças personalizadas e envia para ela em uma bike elétrica. As peças que não forem adquiridas voltam para o ateliê junto ao pagamento.

Freguesa da loja desde a sua inauguração, Denise Sirotsky Katz não abre mão do serviço bike-delivery: “A comodidade faz toda a diferença. É positivo tanto para o cliente, que não precisa sair de casa, quanto para o estabelecimento, que gasta menos com a entrega”, diz. Denise também frisou a pegada sustentável como um motivo a mais para escolher o serviço.

Rua Barão de Jaguaripe 176/ Térreo 101, Ipanema.  

Telefone: (21) 25224644

BrewCicleta:


BrewCicletaBrewCicleta

 (/)

O casal Mari Rodrigues e Leo Araripe decidiram colocar em seu negócio traços do seu estilo de vida. Eles já rodavam o Rio de bicicleta para cima e para baixo e não viram por que não agregar a bike em seu negócio de delivey de cervejas artesanais. Segundo Mari, a ideia barateia o serviço tanto para eles quanto para os clientes, afinal, apesar de a bicicleta também passar por manutenções, eles não gastam com o combustível.

Com duas bikes, que entregam até em Niterói, o casal frisou os benefícios deste tipo de transporte. “Além de poluirmos menos o planeta, estimulamos a atividade física”, disse a empreendedora. Infelizmente, a falta de ciclovias os impedem de fazer o trabalho como gostariam. Os motoristas de carro não respeitam as bicicletas que, quase todo dia, passam por situações de risco. As bikes da BrewCicleta possuem caixas acopladas para levar as garrafas, além de rodas reforçadas para aguentar o trabalho diário. O frete varia entre 5 e 18 reais.

Tel: (21) 2509-7443

Purifica:


purificapurifica

 (/)

O casal Paloma e Rafael é sócio da Purifica, loja ecofriendly de smoothies e leites vegetais. Apesar de já venderem em algumas casas ao redor da cidade, escolheram a magrela na hora de entregar os produtos aos seus clientes da Zona Sul e Niterói. Para Rafael, muitos fatores determinaram a escolha. “Primeiro que a bike tem tudo a ver com a marca, estimulando saúde e sustentabilidade. Depois tem o fator do preço e, é claro, a relação do transporte com o lifestyle carioca”, afirmou o sócio.

A Purifica, que fica no bairro de Laranjeiras, tem uma charmosa Caloi vintage com uma garupinha e uma caixa térmica para conservar os produtos do calor carioca.

Cel: (21) 98102.1817 / (21) 99627.9794

Verdin:


verdinverdin

 (/)

O reduto de comidas saudáveis no Leblon escolheu a bicicleta não só pela sustentabilidade como também por acreditarem nos benefícios de uma entrega mais humanizada, já que o local preza pelo “caseiro”. A novidade do Verdin é que eles terceirizaram o delivery: a empresa EcoBike Courier toma conta das entregas ecológicas do restaurante e já está presente em nove cidades do país. “O que podemos fazer pela natureza a gente faz. O nosso cardápio é sazonal de acordo com a época, nosso lixo é reciclado… Por que não tornar o nosso delivery limpo?” afirmou Marcella, a gerente do empreendimento. O entregador, chamado Torkil, é superamigo dos clientes e leva sempre a comida com um sorriso no rosto. Isso sim é um serviço completo.

Endereço: Avenida Ataulfo de Paiva, 458, Leblon.

Tel:  (21) 3437-4989

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s