Clique e assine por apenas 4,90/mês

Segunda sem carne também no jantar

No roteiro inspirado no conhecido movimento surgido nos EUA, sugestões vegetarianas disponíveis até a noite

Por Isabelle Lindote - Atualizado em 30 out 2017, 18h33 - Publicado em 30 out 2017, 18h21

Quem é vegetariano já sabe: as opções para almoços sem proteína animal se proliferam pela cidade, mas as pedidas para jantar continuam escassas. A maioria das casas especializadas não abre a noite e aí é preciso garimpar bons pratos em meio aos muitos restaurantes da cidade. Inspirado no movimento mundial Segunda sem Carne, o roteiro abaixo elenca sugestões que caem bem também para refeições vespertinas e noturnas.

.Org Bistrô: No charmoso espaço na Barra, o horário foi recentemente estendido até às 20h (a ideia é chegar até à 22h, de acordo com a demanda). No menu escrito à mão, as sugestões variam a cada dia, caso do tacacá feito com PANC’s Amazônicas, sagu, jambu e tucupi (R$ 38,00), inspirado no Norte do país. Já o arroz do norte (R$ 61,00), composto por arroz integral,  feijão fradinho, banana, jambu, jerimun, farofa cúrcuma, salsa de pimenta amazônica e molho de maracujá, servido com salada verde, tem origem nos sabores do Nordeste.

Sabor Saúde: a dupla de casas no Centro fica aberta até o início da noite, o que pode valer para quem quiser um jantar mais cedo ou levar um quitute para casa ao sair do trabalho. O restaurante da rua da Quitanda segue funcionando até às 19h30, enquanto o da rua da Assembleia só fecha às 20h. Em ambos é possível encontrar pratos como feijoada vegetariana (R$ 26,90), disponível às quintas. Há receitas também feitas com carne, sempre com pegada saudável.

Laminado mediterrâneo do BioCarioca Filico/Divulgação

BioCarioca: Às segundas e aos domingos, o funcionamento vai só até às 18h, mas fazem sucesso os preparos possíveis de serem levados para casa, a exemplo o laminado mediterrâneo de berinjela, abobrinha, tomate, molho de tomate e muçarela (R$ 12,90). De terça a sábado, o restaurante fica aberto até às 23h, e serve pratos como espaguete de abobrinha ao pesto (R$ 35,90).

Continua após a publicidade

Empório Jardim: A matriz do Jardim Botânico abre às segundas e segue até às 22h com pedidas apetitosas, como a salada de quinoa e lentilha, servida com cebola roxa, brócolis, tomate cereja, nozes pecan carameladas e molho tahini com azeite e limão (R$ 36,50).

DoJour: A loja física fecha à 18h, mas é possível levar pratos frescos ou congelados para degustar em casa a qualquer hora do dia (para entregas, vale consultar a disponibilidade da marca). Receitas mais recentes, a salada vegana de grão-de-bico assado, curry, páprica, berinjela, couve flor, brócolis, hortelã, alho-poró e nozes (R$ 21,00) e a chamada salada sertão (R$ 21,00), com couscous marroquino, feijão-de-corda, carne seca e queijo coalho são deliciosas.

Opção vegetariana do Yámã Burger Divulgação/Veja Rio

Yámã Burger Vibration: Ok, ok, a hamburgueria não abre às segundas, mas em todos os outros dias da semana a casa fica aberta até pelo menos meia-noite. A pedida sem carne é o natural mistyc (R$ 37,00) tem um shiitake inteiro regado por molho pesto de tomate seco e castanhas, além de rúcula, no brioche. Se queijo e ovos não fizerem parte de sua alimentação, é só pedir para que não sejam acrescentados o queijo gouda maçaricado e a maionese de manjericão.

Gaia Art & Café: apesar de não abrir às segundas, oferece menu de jantar em outro dias da semana. Entre as boas pedidas estão os bolinhos de sol , que são bolinhos crocantes de arroz integral com cogumelos, servidos ao molho teriyaki (R$ 24,00, dez unidades), e a trufa vegana, feita com damasco, ameixa e maçã verde (R$ 13,00).

Publicidade