Clique e assine por apenas 4,90/mês

Escola de coquetelaria vira bar de ares clandestinos no Centro

Às quintas e sextas, o mixologista uruguaio Walter Garin serve drinques criativos na Shake Rio, somente sob reserva

Por Carol Zappa - 10 dez 2016, 17h09

O Centro ganhou um speak-easy (nome dos bares clandestinos da época da Lei Seca americana). À frente da escola de coquetelaria Shake Rio, o mixologista uruguaio Walter Garin vai receber público seleto no balcão da casa, às quintas e às sextas. Sob reserva e senha, apresentada na porta, o passaporte de R$ 100,00 dá direito a três coquetéis autorais e belisquetes, como ceviche de linguado. Entre as criações, o prohibition sand leva uísque, vermute tinto, xarope de ameixa, hibisco e laranja. Cada drinque extra custa R$ 25,00.

Rua Senador Dantas, 117, sala 1728, Centro, ☎ 2524-4971 (12 lugares). Qui. e sex., 18h/22h30. 

Publicidade