Clique e assine por apenas 4,90/mês

Bares e restaurantes investem em happy hours musicais

Terças, quartas e quintas são os dias preferidos para harmonizar um bom som com menus especiais

Por Redação VEJA RIO - Atualizado em 5 abr 2017, 19h15 - Publicado em 29 mar 2017, 20h16

Por Isabelle Lindote

Inverso Gávea/Divulgação

Inverso Gávea: Aberto em dezembro, o charmoso bar tem na vista para o Jockey um de seus maiores trunfos. Exatamente por isso a varanda é o lugar preferido para o happy hour regado a cervejas long neck e petiscos. Nesta quinta, 30 de março, será o lançamento da cerveja Dom Haus, ao som deep house e lounge.

Botequim 22: o restaurante tem noite com jazz todas as quintas, com menu do chef André Nogal. Batizado de Bossa, Jazz & Botequim, o evento tem como residentes os músicos Ana Azevedo (teclado) e Lipe Portinho (contrabaixo), que recebem convidados. A partir das 19h30, com couvert artístico de R$ 17,00 (com direito a uma caipirinha ou um mojito).

La Nave Bistrô: Localizado na varanda do Planetário da Gávea, o espaço comandado pelo chef Daniel Pinho tem menu diferenciado com sugestões de harmonização com drinques nas chamadas Quintas Navegantes. Para animar, som do DJ Marcos Meskita.

Continua após a publicidade

Brauhaus Social Wieninger: O espaço, único representante da cervejaria alemã no Brasil, tem jazz ao vivo às quartas, a partir das 17h (até 21h). Rua de Santana 141, Centro. Telefone: 2507-7739.

Teto Solar: O bar recebe shows de jazz às terças, a partir de 21h. O agito acontece no segundo andar com couvert artístico a R$ 15,00.

Publicidade