Imagem Blog

Solta o som Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Blog
Aqui cabe de tudo: do popular ao alternativo, do clássico ao moderno. Confira as novidades, bastidores e críticas sobre o que acontece no mundo da música dentro e fora do Rio de Janeiro
Continua após publicidade

Flores em vida para Wilson Moreira

Parceiro de Nei Lopes e Zeca Pagodinho, autor de hinos das rodas como "Senhora Liberdade", o bamba, aos 80 anos, aderiu ao crowdfunding

Por Pedro Tinoco Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 10 set 2017, 22h01 - Publicado em 10 set 2017, 21h49
Wilson Moreira: na batalha para lançar seu disco novo (Vivian Ribeiro/Divulgação)

Há muito tempo, o Museu da Imagem e do Som criou um bem intencionado projeto em que nomes da música erudita buscavam ensinar teoria musical a alguns dos nossos bambas. Diz a lenda que o maestro Guerra-Peixe, diante de um aluno ilustre, o craque Wilson Moreira, autor de “Gostoso Veneno”, “Senhora Liberdade” (ambas com Nei Lopes), “Judia de Mim” (com Zeca Pagodinho) e “Peso na Balança”, entre tantos outros clássicos do samba, decidiu suspender a aula. Guerra-Peixe concluiu que o popular Wilson “Alicate” trazia a harmonia no peito, já tinha nascido sabendo e seria até arriscado tentar ensinar o craque. Pois esse grande nome do samba, aos 80 anos, de batucada, entrou nesse negócio de crowdfunding. Quer uma força para gravar “Tá com Medo, Tabaréu?”, seu primeiro disco em mais de quinze anos (o último álbum de inéditas, “Entidades”, é de 2001). O novo disco tem direção musical de Paulão 7 Cordas e precisa de ajuda para ficar pronto, assim como outros projetos que celebram os 80 anos de vida desse grande nome da nossa cultura. Guerra-Peixe ajudaria. E você?

Para aderir, clique aqui, no link da BENFEITORIA.

Para saber o quanto o Zeca Pagodinho admira o Wilson Moreira, clique AQUI

Para tentar dimensionar o tamanho do talento do homem, assista a esse show que ele fez ao lado do compadre Nei Lopes no Instituto Moreira Salles, em 2010. O link vai AQUI

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Tudo o que a cidade maravilhosa tem para te
oferecer.
Receba VEJA e VEJA RIO impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe mensalmente Veja Rio* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de Rio de Janeiro

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.